skip to Main Content
6 de maio de 2021 | 04:45 am

BEBETO COBRA COMANDO-GERAL DA PM SOBRE EXCESSOS CONTRA REPÓRTER EM ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Bebeto cobra comando geral da PM quanto a denúncia de excesso contra repórter.

Bebeto cobra comando geral da PM quanto a denúncia de excesso contra repórter.

O deputado federal Bebeto Galvão (PSB) emitiu comunicado oficial para manifestar solidariedade a todos os membros da imprensa de Ilhéus que se sentiram atingidos com o episódio em que o repórter do Blog do Gusmão, Thiago Dias, foi vítima de excessos por parte de dois oficiais da 70ª Companhia da Polícia Militar de Ilhéus, segundo denunciou o site e outros veículos da cidade.

Bebeto disse entender que o papel da imprensa na prestação de serviço e acesso à informação é fundamental para o exercício da democracia e para a construção de uma sociedade mais justa, onde não pode haver espaço para coação e censura à liberdade de expressão. “E o jornalismo é um dos principais instrumentos que nos garante esse direito constitucional”, declara o parlamentar.

O deputado disse ter encaminhado ofício ao comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, e para o comandante do Policiamento da Região Sul, coronel Luiz Brandão Teixeira, cobrando um esclarecimento da corporação a respeito dos possíveis excessos cometidos pelos oficiais, o major Rivas Júnior e o subtenente Rômulo Rego.

No ofício, o parlamentar reitera a confiança na instituição Polícia Militar pelos serviços prestados à população baiana e, nesse sentido solicita uma manifestação da PM sobre o episódio e medidas em caso de confirmadas as denúncias de que houve tentativa de intimidação por parte dos oficiais, pois tais medidas relatadas não estão em consonância com o estado democrático de direito.

Este post tem um comentário
  1. O nosso Historiador Bebeto,no momento,deputado federal,credenciado pelo povo do sul da Bahia,diante da manifestação de um fato gravíssimo de um soldadinho da milicia de bravo atentar não contra um jornalista,é um atentado contra a humanidade.

    A imprensa são os olhos e ouvidos da humanidade,ninguém pode se quer constranger,ameaçar,impedir que o povo em geral permanecê cego e surdo numa civilização,por isso que a imprensa é os olhos e ouvido do povo em geral.

    Existem leis no Brasil que,se algo for calunia notificada pela imprensa,a própria lei pune a imprensa,através de danos morais,usar o mesmo espaço em esclarecer à verdade,em fim,o poder judiciário corrigem exemplarmente e até a própria imprensa sem ser obrigada sobre vara reconhece o erro e se desculpa, que fatos desta natureza são divulgados pela própria imprensa.

    Entretanto, manifestação do deputado Bebeto,faz com que o mesmo,seja legítimo e
    único homem do Sul da Bahia credenciado como candidato à governador da Bahia,são
    ações e gestos que dignifica o homem ou mulher.

    Neste caso especifico que um soldadinho de polícia, humilha,coage,ameaça,tortura
    e tenta calar e cegar os olhos e ouvidos da humanidade,que ali representa o jornalista,se Bebeto fosse governador da Bahia,este soldadinho já estaria no corredor do quartel do comando geral sem funções.

    “Uma punição justa,muito justa,justíssima.” Coronel Jesuíno.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top