skip to Main Content
28 de outubro de 2020 | 01:59 pm

AGROPECUARISTAS PROPÕEM “VAQUINHA” PARA BOMBARDEAR NUVENS E ACELERAR CHUVA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Bombardeamento é esperança para acelerar chuvas (Foto Mundo Geográfico).

Bombardeamento é esperança para acelerar chuvas (Foto Mundo Geográfico).

Agropecuaristas e empresários sul-baianos correm contra o tempo para fechar a contratação de empresa especializada em aceleração de chuva por meio de bombardeamento – ou nucleação – de nuvens. Não chove em parte do sul da Bahia há mais de 130 dias. A medida é uma esperança para atenuar os graves efeitos da seca na Região Cacaueira.

Hoje, líderes da campanha têm reunião na sede da Associação Comercial de Itabuna, no auditório do Edifício União Comercial, às 19 horas, para discutir a possibilidade de contratação do serviço, que pode sair por R$ 180 mil.

Águido Muniz, do Instituto Pensar Cacau, diz que a reunião abordará propostas contra a seca e, claro, “a arrecadação de fundos para custear a nucleação de nuvens para provocar chuvas artificiais”. Os produtores já apresentaram a proposta a líderes regionais e também ao prefeito de Itabuna, Claudevane Leite.

Esta publicação possui 3 comentários
  1. É ilusão este tipo bombardear nuvens,é rasgar dinheiro,o que este valor,era o preço de construir a Barragem!

    O que vale é uma procissão,é o clamor a Deus,pedido que o nosso Pai Celestial,nos perdoem por votar na seita do PT e tenha misericórdia de nós e mande chuva aos Taboquenses,em nome do Sr.Jesus,amém! O milagre desse!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top