skip to Main Content
3 de agosto de 2020 | 09:00 pm

OS PREFEITURÁVEIS E AS PESQUISAS

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

 

Os outros postulantes, quando comparados com os integrantes do “trio incendiário”, como é chamado por alguns petistas, demistas e tucanos, são “mauricinhos”. O pega-pega fica mais eletrizante nos debates ao vivo.

 

São vários critérios para a definição do nome que vai encabeçar a chapa majoritária, entre eles o do pré-candidato que tem mais facilidade de atrair aliados, coligações e diferentes forças políticas.

Pesa também na escolha, quase sempre feita pelo comando estadual da legenda, de maneira unilateral e impositiva, o aspecto financeiro. Se o pretendente tem facilidade de arrumar o dinheiro da campanha.

Mas o critério, digamos, mais robusto, é o das pesquisas de intenções de voto. E quando a consulta é realizada por um instituto de credibilidade, a metodologia fica fortalecida.

Essa é a regra. As exceções ficam por conta das legendas que lançam seus candidatos para marcar posição, independente de avaliações. São favas contadas Pedro Eliodório (PCB), José Roberto (PSTU) e Zem Costa (PSOL).

Os outros postulantes, quando comparados com os integrantes do “trio incendiário”, como é chamado por alguns petistas, demistas e tucanos, são “mauricinhos”. O pega-pega fica mais eletrizante nos debates ao vivo.

Nos bastidores do processo sucessório, longe do povão de Deus e dos holofotes, o que se comenta é que o prefeiturável precisa passar dos 5% para continuar sonhando com a candidatura. O prazo limite é o final de abril.

Dos vinte e poucos pré-candidatos que juram que vão disputar o comando do cobiçado centro administrativo Firmino Alves, apenas seis, no máximo oito, serão candidatos de verdade, já incluindo aí a “tríade incendiária”.

Tudo caminha na direção de que governo e oposição tenham um só candidato, como deseja o governador Rui Costa (PT) e como quer o prefeito ACM Neto (DEM).

Davidson Magalhães (PCdoB), Geraldo Simões (PT) e Roberto José (PSD) disputam a indicação pelo situacionismo. Fernando Gomes, o capitão Azevedo, ambos do DEM, e o tucano Augusto Castro pelo oposicionismo.

Dos que sobressaem nas pesquisas, o pré-candidato pelo PDT, o médico Antônio Mangabeira, é o único que pode afirmar, de maneira incisiva, que vai levar sua candidatura até o dia 2 de outubro.

Mangabeira não tem nenhuma ligação com as velhas raposas da política de Itabuna. Tem a garantia do deputado federal Félix Júnior, presidente estadual do PDT, de que sua campanha vai até o fim.

Portanto, aposto em seis candidatos na sucessão do prefeito Claudevane Leite: Pedro Eliodório, Zem Costa, José Roberto, um da oposição, um da situação e o doutor Mangabeira.

O leitor atento perguntaria: Por que no máximo oito? É que deixo mais duas vagas para uma possível rebeldia por parte do Capitão Azevedo e de Roberto José. Os dois, sentido o forte cheiro da fritura, iriam atrás de outro abrigo partidário.

Muitos pré-candidatos – e de legendas expressivas – não chegarão a 5% nas pesquisas de intenções de voto. É bom lembrar que os senhores dirigentes partidários não gostam de balançar os “Mateus” da política.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Mangabeira sobressai kkkkkkkkkkkkkkk. Desconhecê a realidade de Itabuna. Não aceita oa humildes na sua clinica/butique. Cheira a riqueza. Sobressai kkkkkkk

  2. -RODRIGO, PELO VISTO QUEM TEM TOTAL DESCONHECIMENTO DA CLÍNICA DO DR, MANGABEIRA É VOCÊ, POIS PARA SEU CONHECIMENTO A ONCOSUL APESAR DE PARECER UMA BUTIQUE E CHEIRAR A RIQUEZA, É CONVENIADA COM O SUS E PORTANTO MEU CARO ATENDE SIM A DIVERSAS CAMADAS SOCIAIS, INCLUSIVE EU JÁ FIZ UM EXAME PELO SUS NESTA CLÍNICA. E DIGO MAIS, AI DESSA POPULAÇÃO REGIONAL SE NÃO HOUVESSE ESSA CLÍNICA AQUI EM ITABUNA, GRAÇAS AO ARROJO DE DR. MANGABEIRA E DR. URANDI RIELA, QUE NÓS CIDADÃES DE ITABUNA E REGIÃO NÃO PRECISAMOS SAIR DE ITABUNA PARA IR A OUTROS LUGARES FAZER EXAMES E TRATAMENTOS ESPECIALIZADOS NA ÁREA CARDÍACA E DE ONCOLOGIA.
    -QUANTO A POLÍTICA EU ACHO QUE DR.MANGABEIRA TEM TODO O DIREITO DE COLOCAR O SEU NOME COMO OPÇÃO PARA PREFEITO, E É UMA ÓTIMA OPÇÃO, POIS REÚNE QUALIDADES QUE OS OUTROS NÃO AS TEM. EMBORA EU PESSOALMENTE, ACHO UMA LOUCURA DA PARTE DELE, POIS DEIXAR SUA ZONA DE CONFORTO DE MÉDICO EMPRESÁRIO BEM SUCEDIDO, PARA SE METER NUM ANTRO DE BANDIDOS QUE É A POLÍTICA BRASILEIRA, É PROCURAR SARNA PARA SE COÇAR.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top