skip to Main Content
5 de julho de 2020 | 12:15 am

DIA MUNDIAL DO RIM É MARCADO POR MOBILIZAÇÃO EM ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos
As irmãs Ívia e Yuni participaram das ações do Dia Mundial do Rim.

As irmãs Ívia e Yuni participaram das ações do Dia Mundial do Rim.

O Dia Mundial do Rim, anualmente lembrado no dia 10 de março, este ano foi marcado por uma mobilização e panfletagem no Centro de Itabuna. Trabalhadores da saúde que atuam no Serviço de Nefrologia da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna e na OPO (Organização para Procura de Órgãos) realizaram orientação a pessoas que circulavam na avenida do Cinquentenário e nas imediações da praça Otávio Mangabeira (Camacã). Com o tema “A Prevenção da Doença Renal começa na Infância”, a principal dica foi manter bons hábitos de vida e alimentação desde a primeira idade.

Ívia e Iuny Betyar são irmãs e estavam na mobilização realizada nesta quinta-feira (10). Filhas da enfermeira Patrícia Betyar, as crianças são conscientes da necessidade de cuidar do corpo. “Elas bebem muita água, o tempo inteiro e também controlo ao máximo os hábitos, principalmente os alimentares”, declarou a mãe das crianças que é também enfermeira do Serviço de Transplante da Santa Casa de Itabuna.

A Doença Renal Crônica em crianças afeta o crescimento, o desenvolvimento cerebral e a expectativa de vida, além de demandar um tratamento complexo e bastante oneroso. “Aqui em Itabuna realizamos a assistência emergencial para Doenças Renais Crônicas em crianças, mas o tratamento precisa ser regulado para Salvador, já que não é disponibilizado em clínicas no interior do Estado”, relatou a Coordenadora de Enfermagem da Unidade de Diálise, Valéria Lopes.

Banner chama atenção para ações preventivas já na infância.

Banner chama atenção para ações preventivas já na infância.

Segundo a médica nefrologista e coordenadora do Serviço de Nefrologia da Santa Casa de Itabuna, é preciso que a aferição da Pressão Arterial da criança seja uma rotina dentro das avaliações médicas, bem como a solicitação de exames específicos quando necessário.

“O avanço da doença renal pode ser retardado, desde que o diagnóstico seja feito a tempo de permitir a adoção de medidas terapêuticas apropriadas”, afirmou. A médica concluiu destacando as principais dicas: “alimentar-se de forma saudável evitando o consumo excessivo de açúcar e sal, evitando assim o diabetes e a hipertensão arterial, que são as principais causas da insuficiência renal crônica na fase adulta”, diz a médica.

Ainda como parte da programação, estão sendo vendidas camisetas do Dia Mundial do Rim, que podem ser compradas ao custo de R$ 20,00, na própria Unidade de Diálise, no Hospital Calixto Midlej Filho. Toda a renda com a venda das camisas será revertida ao GAPO (Grupo de Apoio ao Paciente Oncológico). Mais informações pelo telefone 3214-9167.

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top