skip to Main Content
25 de novembro de 2020 | 07:25 am

EXPECTATIVA NA CEPLAC

Tempo de leitura: < 1 minuto
Sérgio Murilo fez promessa ousada em sua posse (Foto Águido Ferreira).

Sérgio Murilo fez promessa ousada em sua posse (Foto Águido Ferreira).

O engenheiro agrônomo Sérgio Murilo Menezes, diretor-geral da Ceplac, assim que assumiu o cargo, em 15 de janeiro, contou aos seus pares que soube, no Ministério da Agricultura, dos planos reservados para o órgão que estava assumindo. Eram planos terríveis, disse.

Por isso, fizera questão de reunir colegas, produtores, imprensa, políticos e sociedade para dizer parte do que soubera e para transmitir uma mensagem: iria lutar para mudar o destino do órgão traçado no caderninho de maldades da ministra Kátia Abreu e sabido por ele nas conversas de gabinete.

Na cerimônia, ele bradou, do alto de sua sinceridade, como é sua característica, segundo os colegas: “Se for para implantar o que me disseram, não contem comigo. Não serei o coveiro da Ceplac. Mas, se puder mudar o que está planejado, me coloco à disposição, e quero apoio de todos”.

Foi ovacionado.

Na sexta-feira (1º), um decreto surpresa(?) fez aquilo que o diretor Sérgio Murilo se comprometeu a não aceitar. E fez mais. Pelo que se viu no decreto, até a extensão – a menina dos olhos do extensionista Murilo – foi extinta. (Fora a administração, só fala em “Pesquisa”)

Homem de palavra, certamente o diretor não vai deixar barato. Vai retaliar essa injustiça com a Ceplac imediatamente. Com sua carta de exoneração…

Esta publicação possui 6 comentários
  1. Não entendo o porquê dessa comoção em torno de um cadáver insepulto que se tornou a CEPLAC. O correto seria substituí-la pela EMBRAPA, órgão que traria mais benefícios para a região na atual conjuntura econômica. Atualmente, a CEPLAC é um mausoléu que abriga velhos servidores com o cérebro impregnado e apodrecido pelas idéias do comunismo caviar. A CEPLAC só trouxe desgraças para a região: A VASSOURA DE BRUXA e GERALDO SIMÕES. Façam um favor pra gente e fecha essa bodega de uma vez!

  2. Caro Sergio Murilo,

    “Traidor Cacau” – o coveiro da Ceplac.
    Você foi indicado por João Martins, presidente da FAEB e substituto da Ministra[Katia Abreu]na CNA, e portanto esta ate o pescoço envolvido no esquema e nos “planos terríveis” da Ministra da Agricultura para a CEPLAC. Ficam as questões:
    1]Você entrou para dá legitimidade as mudanças, a turma da CNA o escolheu justamente por ser funcionário da casa, optou-se por um obcecado inocente útil, e você embarcou;
    2]Como se desvencilhar dessas responsabilidades ao se comprometer com o grupo de poder que encaminhava o rebaixamento da CEPLAC?,sera que você é ingenuo a este ponto, ou vendeu a alma por um cargo, por vaidade; o esquema já estava montado e você desempenhou o seu papel conforme a encomenda, o seu interesse pessoal foi maior do que a Ceplac;
    3]Como foi surpresa? você fez o jogo deles, e achou que podia jogar o jogo que não sabia jogar. Agora fica difícil essa posição ridícula de “desinformado, eu não sabia”, que não combina com a sua tão sonhada pretensão de assumir “o cargo” que para o qual não tinha nenhum preparo; fica a lição, procure outra função compatível com você, pois não é capaz de elaborar mentalmente neste nível. Por isso entendo que o velho slogan cabe perfeitamente à você “Traidor Cacau”.

  3. Observador:
    Não entendo o porquê dessa comoção em torno de um cadáver insepulto que se tornou a CEPLAC. O correto seria substituí-la pela EMBRAPA, órgão que traria mais benefícios para a região na atual conjuntura econômica. Atualmente, a CEPLAC é um mausoléu que abriga velhos servidores com o cérebro impregnado e apodrecido pelas idéias do comunismo caviar. A CEPLAC só trouxe desgraças para a região: A VASSOURA DE BRUXA e GERALDO SIMÕES. Façam um favor pra gente e fecha essa bodega de uma vez!

    ESTAMOS ENVIANDO SUA FALTA DE RESPEITO A POLICIA FEDERAL.O IP VAI INDENTIFICAR A SUA POSTURA DE BANDIDO.

  4. Quem acabou a CEPLAC, foi a própria CEPLAC; conforme o leitor “observador” comentou, “Façam um favor pra agente e fecha essa bodega de uma vez”; mas, devolve ao cacauicultor os milhões de dólares de cada caroço de cacau que foram investidos nesse elefante branco que acolitou terroristas que vieram a levar toda nossa região a derrocada.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top