skip to Main Content
6 de agosto de 2020 | 10:20 pm

A MENSAGEM DA ÁGUA E A OBSESSÃO DO MOSQUITO HOMICIDA

Tempo de leitura: 2 minutos

Efigênia OliveiraEfigênia Oliveira | ambiente_educar@hotmail.com

 

As populações, em tímida mobilização no combate ao inimigo, ávidas estão pelo consumismo, pelo uso das tecnologias, e pela competitividade em ritmo acelerado, mas desatentas estão à alta produção de resíduos expostos no meio ambiente.

 

O cientista japonês Masaru Emoto comprova por meio de minuciosos experimentos, que “a água está profundamente conectada à consciência individual e coletiva dos seres humanos, fornecendo uma nova luz à evolução humana”. Suas experiências dão conta de que a água submetida a palavras amenas ou grosseiras apresenta características próprias a essas situações.

Essa constatação sugere que patologias mentais, individuais e/ou coletivas, como a violência diversificada e exacerbada, emitida pelos humanos, estariam contaminando os mananciais. Não seria esta a causa de epidemias, como dengue, chicungunya, zika e outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, cujo suporte de reprodução é a água?

Verdade é que, em igual proporção ao recrudescimento dos distúrbios sociais – corrupção e outras inúmeras ferocidades humanas contra a própria espécie, nas últimas décadas, doenças provenientes do mau manuseio da água tem se proliferado e se tornado cada vez mais invasivas e resistentes.

Considere-se que um simples mosquito existe desde que o mundo é mundo, como elemento transmissor da malária, da febre amarela e de outras doenças, em muitos casos letais, mas passíveis de tratamento e cura. A preocupação com suas larvas, popularmente conhecidas como cabeças-de-prego, sempre houve. Nada mais do que isso, até elas se replicarem em batalhões de mosquitos que voam da água parada e limpa, prontos para o ataque.

Leia Mais

ANATEL PROÍBE OPERADORAS DE BANDA LARGA FIXA DE LIMITAR FRANQUIA DE DADOS

Tempo de leitura: 2 minutos

internet

Da Agência Brasil

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) resolveu proibir, por 90 dias, as operadoras de serviços de internet em banda larga de restringir a velocidade, suspender serviços ou cobrar excedente caso seja ultrapassado limites da franquia. Segundo a determinação, publicada no Diário Oficial da União de hoje (18), fica estabelecida uma multa diária de R$ 150 mil em caso de descumprimento, até o limite de R$ 10 milhões.

Durante os 90 dias da suspensão, as operadoras devem comprovar à agência que há, à disposição do consumidor, ferramentas que o permitam, por exemplo, identificar seu perfil de consumo, ser alertado sobre a possibilidade de esgotamento da franquia, além de acompanhar de maneira clara o tráfego de dados.

A medida exige também que, antes que possam comercializar contratos de internet com restrição de franquia, as empresas deixem claro em materiais de publicidade a existência de limitações na navegação.

A decisão da Anatel atende também a uma solicitação feita pelo ministro das Comunicações, André Figueiredo. Ele enviou ofício, na semana passada, à Anatel para que intercedesse no assunto em favor dos consumidores.

Este ano, algumas operadoras de telefonia fixa e banda larga começaram a adotar a prática de restringir o tráfego de dados permitido aos usuários, à semelhança do que é praticado no mercado de telefonia móvel.

A atitude das empresas causou indignação nos usuários, que apontam que os limites propostos muitas vezes se mostram irreais diante do volume de dados trafegados numa navegação normal pela internet.

As restrições podem penalizar aqueles que usam serviços de streaming de vídeos, por exemplo, que exigem uma transferência mais robusta de dados.

PRO-TESTE

Para a Proteste Associação de Consumidores, a determinação da Anatel de obrigar as operadoras a dar ferramentas para os consumidores acompanharem o consumo de dados dos planos antes de esgotar a franquia da internet fixa não resolve o problema. “Na realidade, a Anatel está dando aval à anunciada mudança de prática comercial quanto à franquia de dados, desde que as operadoras deem três meses para o consumidor identificar seu perfil de consumo. Como algumas estavam prevendo iniciar a cobrança só em 2017, obtiveram aval para começar a cobrar até antes a franquia de dados”, avalia a entidade. A Proteste está fazendo uma mobilização na internet contra a limitação.

ARRANJO JURÍDICO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Emasa tem mais de 300 funcionários concursados (Foto Edmilson Barbosa/Arquivo).

Emasa tem mais de 300 funcionários concursados (Foto Edmilson Barbosa/Arquivo).

O Governo Vane busca meio legal de incorporar os mais de 300 funcionários concursados da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) ao quadro de servidores da prefeitura. Esta foi uma das propostas apresentadas para garantir direitos dos concursados, já que a empresa municipal deverá ser assumida pela iniciativa privada.

A proposta chegou a ser apresentada aos funcionários. Prepostos do prefeito Vane do Renascer até argumentaram que haveria redução do número de vagas no concurso público deste ano já prevendo a incorporação dos emasianos.

NÃO É NADA DO QUE VOCÊS ESTÃO PENSANDO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Juvenal descarta retorno à Ceplac

Juvenal descarta retorno à Ceplac

O ex-superintendente regional da Ceplac, Juvenal Maynart, gerou burburinho hoje (18), ao ser visto na sede do órgão, na rodovia Ilhéus – Itabuna. Não faltou quem especulasse que a presença tinha a ver com um possível retorno ao cargo que ele deixou em setembro de 2015, mesmo diante do bom trabalho realizado, mas por não ter resistido às pressões decorrentes do rompimento entre o PMDB da Bahia e o Governo Federal.

Questionado pelo PIMENTA, Juvenal diz que a especulação é furada e vai logo avisando, com bom humor: “figurinha repetida não preenche álbum”. O ex-superintendente afirma acreditar que já deu sua contribuição e elogia o atual comando da Ceplac, destacando a parceria entre o órgão ligado à cacauicultura e a Universidade  Federal do Sul da Bahia (UFSB), especialmente em projetos dos Núcleos de Agroflorestais e de Tecnologia e Inovações.

Sobre a ida à superintendência, o ex-gestor esclarece que foi até lá para assumir, como membro titular, uma das cadeiras no Conselho Fiscal do Parque Tecnológico, projeto tocado em conjunto por Ceplac e UFSB. “A presença foi restrita à UFSB”, insistiu.

“DEMOCRACIA FOI GOLPEADA”, DIZ GERALDO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Geraldo: "democracia golpeada".

Geraldo: “democracia golpeada”.

O ex-deputado federal Geraldo Simões usou as redes sociais para comentar o resultado da votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Geraldo, que é pré-candidato a prefeito de Itabuna, considera que a Câmara errou ao “admitir a abertura do processo de impeachment da presidenta Dilma, que não cometeu crime algum.”

Para ele, “a democracia foi golpeada, mas a luta continua”.

O processo seguirá para o Senado, onde será votada a denúncia. Se aceita, o processo segue e Dilma poderá ser afastada por 180 dias, enquanto o processo é analisado. Do contrário, é arquivada.

Para o ex-deputado, o apoio das ruas será fundamental para barrar o avanço do impeachment no Senado.

PRÉ-CANDIDATOS PROGRAMAM LANÇAMENTO PARA MAIO

Tempo de leitura: 2 minutos
Augusto, Mangabeira e Roberto José  lançam pré-candidaturas em maio

Augusto, Mangabeira e Roberto José lançam pré-candidaturas em maio

Maio será um mês de intensa movimentação política em Itabuna, com a previsão do lançamento de  novas pré-candidaturas a prefeito. Tirando Davidson Magalhães (PCdoB), que abriu os trabalhos no dia 7 de março, e Fernando Gomes (DEM), que realizou seu evento no dia 23 , pelo menos outros três pré-candidatos devem colocar oficialmente o bloco na rua no próximo mês.

O deputado Augusto Castro (PSDB) anunciou o lançamento da pré-campanha para o dia 5 de maio, às 18h30, no Grapiúna Tênis Clube. O tucano anuncia que irá receber lideranças estaduais e nacionais do seu partido, como os deputados federais Jutahy Magalhães Jr., João Gualberto e Antônio Imbassahy, e o senador José Serra.

O médico Antônio Mangabeira (PDT) programou uma sequência de eventos, que começa amanhã (19), com a eleição do próprio Mangabeira para a presidência do diretório municipal da legenda. Ainda sem data definida, mas com previsão para a primeira quinzena de maio, acontecem a inauguração da sede do PDT e o lançamento da pré-campanha.

O ex-presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc), Roberto José, do PR, disse ao PIMENTA que pretende agendar o lançamento da pré-candidatura para a segunda quinzena do mês que vem. Segundo ele, o planejamento leva em conta a agenda de lideranças nacionais do partido, que ele ressalta estar complicada no momento em função da crise em Brasília.

AINDA SEM DATA – O ex-prefeito José Nilton Azevedo (PTB) ainda está sem data para o lançamento oficial da pré-campanha. Essa é também a situação do ex-prefeito e ex-deputado Geraldo Simões (PT). Consultado pelo blog, o presidente do diretório municipal do PT, Flávio Barreto, declarou que o grupo do pré-candidato está trabalhando no cronograma e no momento se dedica à discussão do programa de governo.

O blog não conseguiu contato com outros pré-candidatos, mas deixa aberto o espaço para a divulgação das pré-campanhas.

CÂMARA DE BUERAREMA VOTA CONTAS DE GUIMA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Elinho: análise na Câmara é política

Elinho: análise na Câmara é política

A Câmara de Vereadores de Buerarema vota nesta terça (19), às 19 horas, as contas do prefeito Guima Barreto (PDT) referentes a 2013. Apesar de terem sido aprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), existe o risco de rejeição no legislativo.

“Na Câmara, a análise é política”, afirma o vereador Elinho Almeida, do PTN. Ele lembra que as contas do prefeito foram aprovadas pelo TCM com ressalvas, pois os conselheiros do tribunal identificaram irregularidades e aplicaram multa ao gestor.

A situação do prefeito é delicada. Dos 11 membros da Câmara, ele conta com apenas dois votos garantidos. Na terça-feira passada (12), a Câmara realizou sessão na qual o prefeito deveria ter apresentado defesa de suas contas, mas Guima não compareceu nem enviou representante.

Antes de colocar as contas em votação amanhã, o presidente José Raimundo (Pros) irá verificar se o prefeito indicou defensor. Com ou sem defesa, Raimundo – mais conhecido como “Raimundo Cabeleireiro” – deve submeter a matéria ao plenário.

Em jogo, está a possibilidade de Guima disputar a reeleição em outubro, já que a rejeição pela Câmara pode deixá-lo inelegível. Além dessa possibilidade com relação às contas de 2013, o prefeito já teve as de 2014 rejeitadas pelo TCM, mas pediu reconsideração.

RUI LAMENTA DECISÃO DA CÂMARA E RESSALTA VOTAÇÃO DA BANCADA BAIANA

Tempo de leitura: 2 minutos
Rui lamentou derrota da presidente e definiu decisão como "triste" (Foto Mateus Pereira).

Rui lamentou derrota da presidente e definiu decisão como “triste” (Foto Mateus Pereira).

A bancada baiana votou majoritariamente contra o avanço da denúncia que pode resultar em impeachment da presidente Dilma Rousseff. Dos 39 parlamentares, 22 votaram pelo não e dois se abstiveram, sacramentando uma negociação conduzida diretamente pelo governador Rui Costa e o secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes. Hoje (18), o governador Rui Costa lamentou a decisão da Câmara dos Deputados na noite deste domingo (17).

Rui manifestou-se solidário à presidente Dilma Rousseff e agradeceu o apoio da bancada federal da Bahia. “É um momento muito difícil para o país. É triste ver uma sessão na Câmara dos Deputados presidida por alguém como Eduardo Cunha, numa trama orquestrada ao lado do vice-presidente Michel Temer, que soube liderar uma verdadeira conspiração”, comentou o governador.

– É hora de continuar trabalhando muito, pois só desta maneira reencontraremos o caminho para a retomada do desenvolvimento e geração de emprego – disse Rui.

Por meio de sua assessoria, o governador reafirmou que continuará sendo intransigente na defesa dos interesses da Bahia e do povo baiano: “mesmo quem apoia a presidenta Dilma Rousseff, como eu, sabe que há várias questões a serem resolvidas no Brasil. A desintegração da nação não interessa às pessoas de bem e significará, para todos, a derrota. O País não pode parar. Não vamos deixar as disputas políticas desviar nosso principal objetivo: melhorar a vida das pessoas”.

Nesta segunda-feira (18), Rui estará em Camaçari entregando mais 400 unidades do programa Minha Casa, Minha Vida. “Nosso esforço não para, porque as pessoas mais necessitadas não podem esperar. Vamos trabalhar, vamos produzir, gerar renda e empregos. O Brasil está acima de tudo”.

CÂMARA DE ITABUNA FAZ HOMENAGEM AO LIVRO DOS ESPÍRITOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Como acontece todos os anos, a Câmara de Vereadores de Itabuna presta hoje, dia 18 de abril, às 20 horas, homenagem ao Livro dos Espíritos. A obra do precursor da doutrina, o francês Hippolyte Léon Denizard Rivail, mais conhecido pelo pseudônimo Allan Kardec, completa hoje 159 anos de sua primeira edição.

Em função da reforma do plenário da Câmara, a sessão será realizada no auditório do Instituto de Cultura Espírita de Itabuna (Icei), no Jardim Italamar, em frente ao Colégio Josué Brandão.

A sessão especial em homenagem ao Livro dos Espíritos é uma iniciativa do vereador César Brandão (PPS) e sempre reúne representantes de diversos centros espíritas de Itabuna e outras cidades do sul da Bahia. Para o vereador, o evento “traz uma proposta de educação espiritual”.

CUNHA PEDE CELERIDADE AO SENADO NA APRECIAÇÃO DO IMPEACHMENT

Tempo de leitura: 2 minutos
Eduardo Cunha envia hoje o processo ao Senado

Eduardo Cunha envia hoje o processo ao Senado

O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), defendeu celeridade, por parte do Senado, na apreciação do processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, que teve a admissibilidade aprovada ontem (17) pela Câmara. Na avaliação de Cunha, o Brasil estará paralisado a partir de hoje. Ele disse que pretende levar amanhã, pessoalmente, para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o parecer pela admissibilidade do afastamento de Dilma.

“O desfecho é muito importante, seja o [caso do] Senado aprovar ou não. O que não vai poder permitir é uma incerteza dessas. Quanto mais tempo se levar para decidir no Senado, a situação vai piorar. A máquina vai parar a partir de amanhã. O Brasil vai parar a partir de amanhã. Por isso, é importante que esse processo tenha um desfecho com maior celeridade, qualquer que seja o resultado. Fizemos a nossa parte”, disse o peemedebista logo após encerrar a sessão.

Segundo Cunha, Dilma perdeu as condições de governar e o país chegou ao fundo do poço. “O país passa por sérias dificuldades, a presidente perdeu as condições de governabilidade já faz tempo, perdeu todo e qualquer escrúpulo nesse feirão que foi feito para tentar comprar votos de toda a maneira e chegou ao fundo do poço. Agora, o Brasil precisa sair do fundo do poço. É preciso que a gente resolva politicamente essa situação o mais rápido possível”. Da Agência Brasil

Back To Top