skip to Main Content
14 de julho de 2020 | 09:40 pm

CONSELHO DA PETROBRAS ANALISA INDICAÇÃO DE PEDRO PARENTE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Parente foi indicado para assumir a petroleira (Foto Agência Brasil).

Parente foi indicado para assumir a petroleira (Foto Agência Brasil).

O Conselho de Administração da Petrobras apreciará, na próxima segunda-feira (23), a indicação do engenheiro Pedro Pullen Parente para a presidência da estatal. A pauta estará em debate em uma reunião extraordinária do conselho.

A indicação de Parente para a presidência da estatal foi feita ontem (19) pelo presidente da República interino, Michel Temer.

Em entrevista ontem, Parente elogiou a gestão do atual presidente da estatal, Aldemir Bendine, nomeado em fevereiro do ano passado após a renúncia de Graça Foster.

Na entrevista, Parente disse que não haverá indicações políticas para a estatal. Segundo ele, a ausência das indicações vai facilitar sua própria vida e a dos demais executivos da empresa. “Se for o caso, e não será, certamente elas [indicações] não serão aceitas. Isso foi um dos pontos que me fez decidir [aceitar o convite]”, afirmou, depois de admitir que o “desafio” não estava em seus planos.

Pedro Parente foi ministro do Planejamento, da Casa Civil e ministro interino de Minas e Energia no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso.

Este post tem um comentário
  1. Este Pedro Parente tem um processo no STF engavetado pelo “direito” (prá não dizer torto)Gilmar Mendes há 14 (quatorze anos)….por crimes, lavagens e outras coisitas mais….

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top