skip to Main Content
10 de julho de 2020 | 06:31 pm

PREFEITURA DESMENTE BOATOS SOBRE GASTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

tocha olímpica rio 2016A tocha olímpica passará amanhã (21) por Itabuna e a prefeitura local tem feito um esforço olímpico para desmentir boatos de que teria investido R$ 180 mil para custear o evento. Mais rápido que corredor dos 100 metros rasos, o boato percorreu as redes sociais e e deixou o Comitê Organizador Local indignado.

Por meio de nota, a Prefeitura assegura que todas as despesas são pagas pelos patrocinadores dos jogos e o município arca somente com os custos de melhorias – como tapa-buracos e pintura de meios-fios – nos trechos por onde a tocha será conduzida.

O governo afirma que os boatos têm objetivos “político-eleitorais”.

Esta publicação possui 4 comentários
  1. quem fez esse projeto foi professora júvia. ela sabe quanto isso vai custar p/ o municipio. a professora é uma pessoa seria. só esses cachorros que ñ a reconheceram isso. e até que prove ao contrario eu tenho certeza que o gasto é de 180 mil.

  2. Nada desse “dezgoverno” é verdade. Veja a nota do Site o Tabuleiro de Ilhéus:

    Em entrevista ao comunicador Vila Nova, durante a edição de hoje (sexta, 20) do programa O Tabuleiro, o secretário de turismo e esportes de Ilhéus, Josenaldo Cerqueira, confirmou a informação de que o revezamento da tocha olímpica na cidade custa, no mínimo, R$ 150 mil aos cofres municipais.

    Josenaldo não informou o valor total do investimento feito pela Prefeitura, já que ainda não teria uma “planilha fechada”.O montante estaria relacionado com a infraestrutura (banheiros químicos, palco, sonorização, disciplinadores) do evento.

    Segundo um levantamento (clique aqui), em outras cidades brasileiras o valor médio do custo para sediar o evento olímpico é de R$ 20 mil. O levantamento aponta ainda que, em Minas Gerais, algumas cidades optaram por não sediar o evento, já que o valor chegaria a R$ 180 mil.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top