skip to Main Content
18 de fevereiro de 2020 | 12:09 am

ZONA AZUL: CÂMARA DEVE DERRUBAR VETO DO PREFEITO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Prefeito vetou projeto do próprio Executivo (Foto Pimenta).

Prefeito vetou projeto do próprio Executivo (Foto Pimenta).

A Câmara de Vereadores de Itabuna deverá derrubar o veto do prefeito Claudevane Leite (PRB) ao projeto que disciplina o sistema de estacionamento rotativo no município (Zona Azul). O gestor vetou a proposta de autoria do próprio Executivo, após ela ter sofrido emendas que a alteraram significativamente.

Entre as emendas, está a que atribui a gestão do sistema à própria administração municipal, diferentemente do que ocorre hoje, com o serviço terceirizado. Outra modificação introduzida durante a tramitação do projeto pela Câmara é a que prevê a garantia do emprego dos atuais agentes da Zona Azul.

Diante dessas alterações, o prefeito optou por vetar a matéria, mas hoje (24) boa parte dos vereadores demonstrou que está disposta a peitar o chefe do Executivo. Um parecer elaborado pelo vereador Gegéu Filho foi aprovado em sessão das Comissões Técnicas e amanhã  haverá manifestação do plenário, havendo grandes chances de que o veto seja derrubado.

A sessão das Comissões foi mais uma vez prestigiada por trabalhadores da empresa Dom Parking, que hoje opera a Zona Azul em Itabuna. Há 40 dias, quando da discussão do mesmo tema, registrou-se um bate-boca entre uma funcionária da empresa e o vereador Ronaldo Geraldo, o “Ronaldão”, do PMN. O clima esquentou quando a moça acusou, de modo genérico e sem citar nomes, vereadores de exigir propina da Dom Parking (relembre).

Esta publicação possui 4 comentários
  1. Como pode o serviço ser administrado pela prefeitura sem recursos e ter também uma emenda para garantir os empregos dos atuais funcionários sem concurso ? Em 2015 o MP determinou com base a lei de responsabilidade fiscal a demissão de vários contratados, justamente por falta de recursos e agora o os senhores vereadores querem o que com esta votação ? O prefeito esta correto em vetar esta lei descabida e nos eleitores saberemos dar a resposta nas urnas aos vereadores que estão contra os trabalhadores e seus familiares. No minimo estranho este interesse do presidente da câmara em derrubar o veto do prefeito, sabendo que a prefeitura não tem dinheiro para contratar mais 100 funcionários públicos.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top