skip to Main Content
6 de julho de 2020 | 04:51 am

SAÚDE TIRA LEAHY DA DISPUTA PELA PREFEITURA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Leahy deixa política para cuidar da saúde.

Leahy deixa política para cuidar da saúde.

Carlos Leahy, ex-secretário de Indústria e Comércio de Itabuna, anunciou há pouco que não mais disputará a sucessão municipal. Ele era pré-candidato a prefeito de Itabuna pelo PSB. Leahy afirmou que sai do páreo para cuidar da saúde. Exames vão revelar se o tumor diagnosticado por médicos é benigno ou não.

A decisão política foi anunciada em coletiva na qual Leahy estava acompanhado do marqueteiro Josias Miguel e de dirigentes do PSB, como João Carlos e Aurélio Macedo. Leahy, antes da desistência, já sofria desgaste interno com a pré-candidatura do médico Edson Dantas.

ACM NETO E A “GUERRA DE SELFIES” EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Fernando aparece com Neto e ACM em disputa de "selfies" com Augusto.

Fernando aparece com Neto e ACM em disputa de “selfies” com Augusto.

Os prefeituráveis itabunenses Augusto Castro (PSDB) e Fernando Gomes (DEM) travam um duelo particular para ver quem melhor aparece na foto com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

Após Fernando Gomes fazer andança por Salvador, onde participou de inaugurações ao lado de Neto, Augusto e sua trupe não tardaram a colar no prefeito da capital baiana.

Em grupos de WhatsApp de política grapiúna, o que se vê é uma guerra de imagens de seguidores de ambos para mostrar quem mais grudado no sovaco do gestor soteropolitano.

Para mostrar que Zé de Cuma é “da casa”, fernandistas recorreram ao passado. Postaram foto do ex-prefeito itabunense abraçado com o finando ACM. Castristas dizem que o tucano é amigo de Neto. A tréplica fernandista recorre ao partido do prefeito “da Bahia” e de FG: o DEM.

Com a guerra dos aliados da base oposicionista em Itabuna, também veio o questionamento quanto à possibilidade real de Fernando Gomes disputar a prefeitura. Duas pesquisas feitas em maio mostram Fernando liderando a disputa. Porém, Augusto aparece colado e em um cenário em que Geraldo Simões (PT) e Capitão Azevedo (PTB) aparecem mais atrás.

O “TIRO DE 100” DA ODEBRECHT

Tempo de leitura: < 1 minuto

Coluna Tempo Presente, d´A Tarde

A notícia de que a Odebrecht formalizou com o Ministério Público um acordo de delação premiada e leniência agitou o mundo político, ontem, em Brasília. Se Marcelo Odebrecht, que está preso há um ano, e o pai, Emílio Odebrecht, contarem tudo, a República vai tremer. Ou, como diz o ex-presidente José Sarney, será ‘um tiro de calibre 100’.

Fato concreto só há este, o acordo foi firmado. Mas no ti-ti-ti político alguns nutrem a esperança de fisgar em definitivo Lula e Dilma e carimbar de vez o passaporte de Aécio Neves para a Lava Jato. No frigir dos ovos, nenhum dos lados terá nada a festejar.

Entre os baianos há também grande expectativa. O que se diz: poucos sobreviverão.

Aliás, fala-se que será o xeque-mate da Lava Jato na representação política.

Leia a íntegra aqui.

GOVERNO ESTÁ IMPEDIDO DE NOVAS CONTRATAÇÕES PARA A SEGURANÇA, DIZ RUI

Tempo de leitura: 2 minutos
Rui alega que Estado ultrapassou limite prudencial (Foto Pimenta).

Rui alega que Estado ultrapassou limite prudencial (Foto Pimenta).

O governador Rui Costa disse hoje (1º) que o Estado se encontra impedido de fazer novas contratações para a área da segurança pública. Segundo ele, isto se deve ao fato de o governo ter ultrapassado o limite prudencial de 46,17% e atingido 48% de comprometimento da receita com o pagamento da folha de pessoal.

Rui observou que 2 mil policiais militares foram incorporados este ano e 639 novos policiais civis, convocados no dia 14 de maio, já estão em processo de admissão, a depender apenas da perícia da Junta Médica Oficial do Estado. A convocação dos que ficaram na lista de espera, de acordo com o governador, dependerá da evolução das finanças do Estado.

Os convocados da civil têm reclamado do ritmo lento das perícias médicas, já que a Secretaria da Administração limitou em no máximo 25 o número de atendimentos diários e a expectativa é de que a “via crucis” dure até o início de agosto. Até mesmo os médicos da junta têm manifestado estranheza com a lentidão, mas alegam que apenas cumprem determinação da Saeb.

Há suspeita, entre os convocados, de que a perícia em ritmo de tartaruga seja um artifício para retardar as nomeações. Os futuros policiais, que fizeram o concurso há mais de três anos, dizem que a demora tem implicado em gastos pesados com sucessivos deslocamentos a Salvador, onde acontecem todos os procedimentos para a admissão.

VEREADOR CONSEGUE NOVOS POÇOS ARTESIANOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Aldenes e Vane fizeram pedido ao diretor-presidente da Cerb, Marcus Vinícius Bulhões

Aldenes e Vane fizeram pedido ao diretor-presidente da Cerb, Marcus Vinícius Bulhões

Sem expectativa de normalização do sistema de abastecimento, Itabuna continua a buscar alternativas. Nesta terça-feira (31), o vereador Aldenes Meira, do PCdoB, acompanhado pelo prefeito Claudevane Leite (PRB), solicitou a abertura de novos poços artesianos no município.

O pedido foi feito à Companhia de Engenharia e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb), que em abril já havia se comprometido com a perfuração de 13 poços artesianos nas zonas urbana e rural de Itabuna, o que já vem ocorrendo. Na ocasião, o requerimento também havia sido feito pelo vereador do PCdoB.

Dessa vez, a solicitação visa atender principalmente a zona rural, com a abertura de poços nos assentamentos Manoel Chinês, Alemita, Bela Flor, Agrafan, Horteiros de Nova Ferradas, além das comunidades do Serrado e do Ribeirão Seco.

Vereador e prefeito apresentaram o pleito ao diretor-presidente da Cerb, Marcus Vinícius Bulhões. Além da perfuração dos poços, a Cerb se comprometeu a fazer a análise da água e os testes de vazão.

LAVA JATO: TEMER DEFINE SUBSTITUTO DE MINISTRO FLAGRADO EM GRAVAÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Temer escolhe novo ministro para a Transparência.

Após quedas de Jucá e Silveira, Temer escolhe novos ministros.

O presidente interino da República, Michel Temer, anunciou o nome do ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Torquato Jardim, para comandar o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle.

Torquato substituirá Fabiano Silveira, que deixou o cargo após ser flagrado em gravações de um dos delatores do esquema de corrupção na Petrobras, Sérgio Machado, que é ex-presidente da Transpetro.

Fabiano Silveira pediu demissão na última segunda (30), após a divulgação de áudios em que ele orientava a defesa do senador Renan Calheiros, um dos investigados na Operação Lava Jato.

O ex-ministro resolveu pedir o boné depois de grande pressão de funcionários da antiga Controladoria-Geral da União (CGU), transformada em Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle no Governo Temer.

Michel Temer viu seu governo perder o segundo ministro em menos de 20 dias por causa de grampos feitos pelo ex-presidente da Transpetro. Além de Fabiano Silveira, também caiu o senador Romero Jucá (PMDB), flagrado em conversas nas quais falava de ações para barrar a Lava Jato.

Após o escândalo, Jucá deixou o ministério e reassumiu o mandato no Senado Federal. Opositores comparam a situação de Jucá à de Delcídio do Amaral, também flagrado em escutas em que orquestrava plano de fuga de um dos ex-dirigentes da Petrobras, o delator Nestor Cerveró. Por isso, pedem investigação contra Jucá e a cassação do seu mandato.

FISCAIS LIBERTAM 5 PESSOAS EM SITUAÇÃO ANÁLOGA À DE ESCRAVIDÃO

Tempo de leitura: 3 minutos
Trabalhadores dormiam ao lado de curral de cavalos, segundo auditores (Foto MPT).

Trabalhadores dormiam ao lado de curral de cavalos, segundo auditores (Foto MPT).

Cinco homens foram libertados nessa segunda-feira (30) de uma fazenda na zona rural do município de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, onde eram submetidas a condições de trabalho análogas à escravidão. Alojamentos sem as mínimas condições de saúde e higiene e a falta de registro dos contratos de trabalho foram algumas das irregularidades comprovadas no local.

Fiscais durante ação na fazenda acusada de escravidão (Foto MPT).

Fiscais durante ação na fazenda acusada de escravidão (Foto MPT).

Os empregados dormiam em um curral, ao lado de cavalos, em camas improvisadas, sem sanitários, sem condições mínimas de higiene, e com um fogareiro aceso ao lado dos colchonetes de espuma. Eles também não tiveram as carteiras de trabalho assinadas, nem realizaram exames médicos admissionais.

Além disso, trabalhavam sem qualquer tipo de equipamento de proteção individual e coletiva. Um dos trabalhadores sofreu um corte no dedo e mesmo assim foi obrigado a trabalhar. A carne que consumiam era conservada em sal e ficava dependurada em um varal dentro do curral, informou Jackson Brandão, auditor-fiscal do trabalho da Superintendência Regional do Trabalho da Bahia.

Os trabalhadores foram retirados do local pela Polícia Rodoviária Federal retornando a suas residências no município de Itambé. A PRF também prendeu em flagrante o dono da fazenda, que foi conduzido à Superintendência da Polícia Federal em Vitória da Conquista. O nome dele não foi revelado.

A Força-tarefa de combate ao trabalho escravo contou com a participação de representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT), do Ministério do Trabalho, do governo estadual e ainda da Polícia Rodoviária Federal. O grupo seguiu para o local para investigar denúncia que apontava a existência de condições degradantes de alojamento, alimentação e relação de trabalho irregular, sem formalização.

Os trabalhadores foram contratados havia dois meses pelo proprietário da Fazenda Rancho Fundo para realizar atividade de roçagem do pasto na propriedade situada a cerca de 20 km do centro de Vitória da Conquista. A forma de pagamento era diária (R$ 40,00 por dia trabalhado).

Com o resgate, os cinco trabalhadores receberam nesta terça-feira (31) carteiras de trabalho e as guias para dar entrada no seguro-desemprego. O procurador do MPT Ilan Fonseca, que participou da operação, disse que vai solicitar a assinatura da carteira de trabalho dos trabalhadores, bem como o pagamento das rescisões no valor aproximado de R$ 20 mil.

Leia Mais

LULA DISPUTARÁ PREFEITURA DE IBICARAÍ

Tempo de leitura: < 1 minuto
Lula Brandão (de azul) lança pré-candidatura a prefeito.

Lula Brandão (de azul) lança pré-candidatura a prefeito de Ibicaraí.

Lula Brandão lançará pré-candidatura a prefeito de Ibicaraí neste sábado (4), às 19h, na quadra da Faculdade Montenegro. O evento deverá reunir capas-pretas do seu partido, o PSDB, a exemplo dos deputados federais Jutahy Júnior e João Gualberto.

Ainda durante o evento, também serão lançadas pré-candidaturas a vereador pelo partido.

Lula foi candidato a vice-prefeito em 2012 na chapa encabeçada por Monaliza Tavares. Foram derrotados pelo petista Lenildo Santana, que saiu reeleito e, neste ano, indicou Valter da Farmácia para disputar a sucessão.

O candidato tucano está gastando sola de sapato para buscar a consolidação do seu nome e, também, convidar o eleitorado para o ato do próximo sábado. “Nossa comunidade está cansada de velhas promessas de velhos conhecidos e tem clamado por uma mudança de verdade”, afirma.

“ABUSIVO”: JUSTIÇA SUSPENDE REAJUSTE DE TARIFA DA EMBASA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Justiça suspende reajuste por considerá-lo abusivo.

Justiça suspende reajuste considerado abusivo.

A Justiça concedeu nesta terça-feira (31) uma liminar que suspende o reajuste de 9,95% na tarifa de água e esgoto da Embasa, autorizado pela Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), por meio da Resolução 002 de 2016, no final de abril. O aumento estava previsto para começar a vigorar em 6 de junho.

A decisão foi do juiz Ruy Eduardo Almeida Britto, da 6ª Vara da Fazenda Pública, atende a uma ação civil pública que considera o reajuste abusivo. A ação aponta que a inflação do período medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) foi de 9,83%.

Segundo dados da  ação civil, nos últimos cinco anos, os reajustes têm sido bem maior que a inflação. A assessoria da Embasa disse que aumento é definido pela Agência Reguladora do Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa). Já a Agersa disse que só vai se pronunciar depois de ser informada oficialmente sobre a decisão. Com informações da TV Bahia.

ESTADO ANUNCIA CONCESSÃO DE AEROPORTOS NO SUL E EXTREMO-SUL

Tempo de leitura: 2 minutos
Aeroporto de Caravelas está na lista de concessões do Estado (Foto Mateus Pereira).

Aeroporto de Caravelas está na lista de concessões do Estado (Foto Mateus Pereira).

Nesta quarta (1º), o governo baiano anunciou que passará à iniciativa privada, e por meio de concessão, os aeroportos de Teixeira de Freitas, Caravelas e Comandatuba (Una). O edital de licitação dos terminais localizados no extremo-sul baiano será lançado no segundo semestre, de acordo com o governador Rui Costa.

As autorizações para edital único para Teixeira de Freitas e Caravelas foi obtida ontem (31), durante audiência com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella. A gestão privada dos aeroportos, na opinião de Rui, “vai permitir que o aeroporto de Teixeira de Freitas, que já recebe voos comerciais, opere de maneira mais estruturada e que o equipamento de Caravelas fique apto a receber voos comerciais”.

Já o edital de concessão do terminal de Comandatuba, no sul da Bahia, uma das cerejas do bolo da aviação no interior do estado, foi publicado na edição de ontem do Diário Oficial do Estado. O aeroporto pode “roubar” voos do terminal de Ilhéus.

RUI: “QUEM QUER FAZER, BUSCA SAÍDA”

A audiência com o ministro dos Transportes, de acordo com a assessoria do governo, durou mais de duas horas e tratou de obras estruturantes no Estado, a exemplo das ferrovias Oeste Leste (Fiol) e a Centro-Atlântica, a duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna e o Porto Sul.

O governador apresentou ao ministro medidas adotadas em razão da queda dos repasses federais e a consequente redução do ritmo de obras, a exemplo da busca por investidores chineses para a finalização da Fiol e a construção do Porto Sul. “Quem quer fazer, busca uma saída. Quem não quer, apresenta uma desculpa”, resumiu o governador.

Back To Top