skip to Main Content
31 de outubro de 2020 | 01:28 pm

CODEBA AUTORIZA ESTUDO DE VIABILIDADE PARA MOINHO ILHEENSE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Moinho de Ilhéus foi desativado em 2004 (Foto Reprodução}.

Moinho de Ilhéus foi desativado em 2004 (Foto Reprodução}.

Um estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental do moinho de trigo instalado no Porto Internacional do Malhado, em Ilhéus, foi autorizado pela diretoria da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba). As informações colhidas servirão de subsídio para nova licitação de cessão onerosa do moinho, de acordo com a companhia. “Nosso objetivo é garantir que o moinho volte a exercer seu papel comercial local”, resumiu o presidente da Codeba, Pedro Dantas.

O moinho está localizado em uma área não afeta as operações portuárias de quase 11 mil metros quadrados pertencente ao Porto de Ilhéus. O moinho operou até 2004, quando processava cerca de 80 mil toneladas de trigo ao ano.

A licitação realizada neste ano resultou deserta. O vencedor teria que desembolsar R$ 1 milhão ao ano pelo uso da área instalada do moinho. “O estudo irá avaliar os investimentos necessários e assim a Codeba ter parâmetros mais condizentes com a realidade de mercado para estabelecer os valores”, enfatizou Élio Regis, da diretoria da companhia.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top