skip to Main Content
29 de março de 2020 | 09:41 pm

“PROVEM UMA CORRUPÇÃO MINHA E EU IREI A PÉ PARA SER PRESO”, DIZ LULA

Tempo de leitura: 2 minutos
Lula responde a denúncia oferecida contra ele pelo MPF (Foto Rovena Rosa/AB).

Lula responde a denúncia oferecida contra ele pelo MPF (Foto Rovena Rosa/AB).

Da Agência Brasil

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva fez críticas, em discurso, na tarde de hoje (15) aos procuradores que o denunciaram ontem (14) na Operação Lava Jato. Lula diz que a apresentação da denúncia foi “um espetáculo de pirotecnia” e que é vítima de perseguição “pelas coisas boas que fez pelo país”.

“Em respeito à lei, vou prestar quantos depoimentos forem necessários. Podem me chamar que estou lá. Se tem uma coisa que eles tem que aprender é que eles não estão habituados com o cidadão, que a única coisa que tenho orgulho é que conquistei o direito de andar de cabeça erguida. Provem uma corrupção minha e eu irei a pé para ser preso”, disse em discurso, durante evento organizado pelo PT no Novotel Jaraguá, na capital paulista.

Ontem (15), o ex-presidente foi denunciado, no âmbito da Lava Jato, por procuradores do Ministério Público Federal à Justiça pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção passiva e falsidade ideológica. Na denúncia, os procuradores dizem que o ex-presidente recebeu vantagens indevidas referentes à reforma de um triplex em Guarujá (SP) feita pela empreiteira OAS. A esposa de Lula, Marisa Letícia, também foi denunciada. De acordo com  procurador da República Deltan Dallagnol, o ex-presidente era o “comandante máximo do esquema de corrupção identificado na [Operação] Lava Jato”.

“Não conheço pessoalmente os meninos que fizeram o espetáculo de pirotecnia. Mas pela educação que eu tive de berço, eu respeitaria mais a família deles do que eles respeitaram a minha”, disse.

“Aprendi que não adianta ficar nervoso ou zangado. Se ficar, você sofre mais e faz o jogo do adversário. Ontem, eu não quis ficar zangado. Só não compreendia o porquê daquilo. Por que se convoca a coletiva, com dinheiro público e se diz ‘não tenho prova, mas tenho convicção’? Não posso dizer qual é a convicção que eu tenho deles. Eles tinham a prova do avião [em referência ao helicóptero da família do senador Zezé Perrella (PDT), apreendido em 2013, com cocaína], eles viram a cocaína, tinham a prova, mas eles não tinham convicção”, acrescentou, sendo aplaudido pelo público que acompanhava o discurso, entre eles parlamentares petistas e líderes de movimentos sociais.

MENTIRA

O ex-presidente negou que seja dono do apartamento citado pelos procuradores e que é vítima de uma mentira. “Me dedicaram um apartamento que não tenho, me dedicaram uma chácara que não é minha, me dedicaram até a ser comandante [do esquema de corrupção na Petrobras]. ‘Não tenho prova, mas tenho convicção’ [em referência a comentário dos procuradores durante detalhamento da denúncia] de que quem mentiu está em uma enrascada. Tenho convicção de que setores da imprensa que mentiram vão ter que construir uma versão para sair dessa enrascada. E não vou perder sono por causa disso. Quem vai perder o sono é quem acha que eu perderei o sono. A história mal começou. E eu ainda vou viver muito”, disse.

Esta publicação possui 6 comentários
  1. Quantos CANALHAS são necessários para denegrir a imagem de um ESTADISTA? LULA, o homem que retirou o POVO e o PAÍS da miséria, da insignificância, do anonimato, agora está sendo achincalhado! LULA, o Homem que elevou o nome do País e a economia do Brasil 6ª potência do Mundo.Este Senhor é objeto de denúncias vazias, como na literatura de KAFKA, nos filmes de Luís Bunuel ou do teatro de Ionesco. Farsa, teatro do absurdo e comédia da safadeza…

  2. QUANTA FILOSOFANGEM BARATA E AINDA TEM PESSOAS QUE TENTAM FAZER LAVAGEM CEREBRAL, RESPEITO PORÉM NÃO ACEITO DEMAGOGOS OU PSEUDOS DEMOCRATICOS QUE SÓ NÃO SE CONFORMA COM A AUTO EXTINÇÃO DO PT

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top