skip to Main Content
11 de julho de 2020 | 09:58 pm

BANDIDOS USAM WHATSAPP PARA ORDENAR MORTE DE RIVAL EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Caio e a arma apreendida por guarnição da Rondesp.

Caio e a arma apreendida por uma guarnição da Rondesp.

O WhatsApp foi usado por bandidos para ordenar a execução de um homem, ontem à noite (12), em Itabuna. A ordem não foi levada a cabo porque policiais da Rondesp Sul interceptaram a mensagem ao prender Caio Felipe Almeida, na praça do Bairro Santa Inês.

Ao revistar o bandido, policiais apreenderam uma pistola 9 milímetros carregada com 14 balas. A descoberta da “missão” ocorreu na checagem do telefone de Caio.

O atirador recebia mensagens com informações precisas de um alvo a ser abatido perto dali, no Antique. Aguardava a chegada de um segundo bandido para ir até o local onde o alvo se encontrava. E executá-lo.

No Complexo Policial, Caio negou estar cumprindo ordens. Usava a arma, segundo ele, para se defender de rival pertencente a uma facção criminosa que domina a região dos bairros Daniel Gomes, Maria Pinheiro e Pedro Jerônimo. O atirador já foi preso por tráfico de drogas e roubo em Itabuna e na zona rural de Arataca.

 

Este post tem um comentário
  1. Os soldados do tráfico de drogas e do crime,nem nos tempos de Taboca uma vez que os jagunços assassinavam de caju em caju uma vítima a mando de um coronel,hoje nos
    dias atuais,os assassinatos são institucionalizados e normais pelo instituto do crime ilegal. Eis ai o legado do PT em Itabuna,Bahia e 13 anos no Brasil.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top