skip to Main Content
8 de julho de 2020 | 08:22 pm

ASSASSINADO EX-CANDIDATO A PREFEITO DE CAMAMU

Tempo de leitura: < 1 minuto
Joilson foi assassinado dentro da distribuidora (Reprodução Facebook).

Joilson foi morto dentro da distribuidora (Reprodução Facebook).

Do G1 Bahia

Ex-candidato a prefeito de Camamu, no sul da Bahia, Joilson de Lima Oliveira (PV), de 44 anos, foi morto a tiros na manhã deste sábado (15), dentro da distribuidora de bebidas da qual era dono, segundo a Polícia Militar.

Familiares socorreram a vítima até o hospital municipal, mas Joilson não resistiu aos ferimentos. Ele concorreu ao cargo de prefeito nas eleições municipais deste ano, mas não foi eleito.

Segundo a Polícia Militar, testemunhas disseram que dois homens a bordo de uma motocicleta vermelha entraram no local do crime e atiraram contra a vítima.

Os suspeitos fugiram e foram perseguidos pela polícia até o distrito de Travessão, mas os criminosos conseguiram escapar. As buscas pelos suspeitos continuam. Ainda não há informações sobre a motivação do crime. A Polícia Civil vai investigar o caso.

De acordo com um amigo da vítima, o ex-candidato a prefeito faria aniversário no domingo (16) e viajaria na segunda-feira (17) para o sul do país com a mulher, para comemorar também o aniversário de casamento. Ainda segundo o amigo, ele deixa três filhos.

Camamu é uma das 12 cidades com candidatos a prefeito eleitos que tiveram o registro indeferido. A candidata Iona Magalhães, de 44 anos, foi mais votada, com 8.570 votos. A situação eleitoral na cidade está indefinida.

HORÁRIO DE VERÃO COMEÇA NESTE DOMINGO; BAHIA ESTÁ FORA

Tempo de leitura: < 1 minuto

horario_veraoO horário de verão entra em vigor neste domingo (16) nos estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. A partir de 0h, o relógio deve ser adiantado em uma hora em todos os estados destas regiões.

A Bahia, assim como todas as unidades da federação no Norte e Nordeste, está fora do horário de verão. A mudança  afetará estes Estados em relação a atendimento na rede bancária, programação de emissoras de rádio e televisão nacional e, ainda, os voos para áreas que aderiram ao horário de verão.

TRE-SP INDEFERE REGISTRO DE MAIS VOTADO E TAUBATÉ PODE TER NOVA ELEIÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Ortiz teve mais de 50% dos votos, mas concorreu como "indeferido com recurso".

Ortiz concorreu “indeferido com recurso”.

Agência Brasil

Candidato mais votado no primeiro turno da eleição para a prefeitura de Taubaté (SP), com mais dos 50% dos votos válidos, José Ortiz Junior (PSDB) teve o registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), ontem (14). A decisão, tomada por unanimidade, mantém a sentença de primeiro grau, que havia barrado o candidato pela Lei da Ficha Limpa.

José Ortiz Junior concorreu à prefeitura de Taubaté na condição de “indeferido com recurso” e obteve 74.589 votos no primeiro turno, mais do que a soma dos demais concorrentes, que tiveram 73.268 votos (42,71%). O município, localizado na região do Vale do Paraíba, registrou 51.229 abstenções ((23% do total de eleitores).

Ortiz ainda pode recorrer ao Superior Tribunal Eleitoral (TSE). Caso consiga reverter a decisão do TRE-SP, o tucano estará eleito. Contudo, se os ministros do TSE mantiveram a decisão do tribunal estadual, haverá uma nova eleição em Taubaté.

Antes mesmo da decisão do TRE-SP, a Justiça Eleitoral do município já havia suspendido a possibilidade de segundo turno entre o segundo e o terceiro colocados no pleito em virtude de o tucano ter obtido mais de 50% dos votos válidos.

CADÊ O MÉDICO?

Tempo de leitura: < 1 minuto
Pacientes dizem aguardar por atendimento desde a madrugada de hoje (Foto do leitor).

Pacientes dizem aguardar por atendimento desde a madrugada de hoje (Foto do leitor).

Pronto-socorro do Hospital de Base de Itabuna lotado desde as primeiras horas desta manhã de sábado (15), como todos os dias. De acordo com pacientes, o atendimento informa que a previsão de chegada de médico é lá para as 10 horas.

A previsão, informam, é apenas para início de atendimento médico. Como as unidades básicas não funcionam, assim como a UPA 24h, o quadro fica ainda pior nos finais de semana no Hospital de Base, ainda mais sobrecarregado. Casos para atendimento ambulatorial passam também pelos hospitais conveniados ao SUS.

Back To Top