skip to Main Content
13 de maio de 2021 | 01:00 pm

COMISSÃO DE ÉTICA ANALISA DENÚNCIA CONTRA GEDDEL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Geddel foi denunciado por ex-ministro da Cultura (Foto Valter Campanário / ABr).

Geddel foi denunciado por ex-ministro da Cultura (Foto Valter Campanário / ABr).

A Comissão de Ética Pública da Presidência da República vai analisar nesta segunda-feira, 21, se abre ou não processo para investigar a conduta do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), no caso deflagrado por entrevista concedida pelo ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, na qual acusa secretário de Governo de pressioná-lo para liberar empreendimento imobiliário em Salvador.

As obras do empreendimento La Vue (Ladeira da Barra) estão suspensas desde sexta-feira por determinação do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). O órgão entende que as obras podem afetar a área do entorno, que é tombada. Geddel comprou um apartamento no edifício, na planta.

Órgão vinculado à Presidência, a Comissão de Ética Pública fiscaliza a aplicação do Código de Conduta da Alta Administração Federal. O colegiado não tem poder para punir nenhum servidor público, no entanto, como é um órgão consultivo do presidente da República, pode recomendar ao chefe do Executivo sanções a integrantes do governo.

As acusações de Calero contra Geddel também podem ser investigadas no Congresso Nacional. Parlamentares de oposição ao governo do presidente Michel Temer querem a demissão do ministro e prometem acionar o Ministério Público pedindo a investigação do caso. Governistas preferem aguardar os desdobramentos da situação e saem em defesa de Geddel. Leia matéria na íntegra n´A Tarde.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top