skip to Main Content
8 de agosto de 2020 | 11:37 am

PSL DE OLHO EM FERNANDO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Nilo quer atrair Fernando Gomes para o PSL.

Nilo quer atrair Fernando Gomes para o PSL.

Comandado na Bahia pelo presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, o PSL fez 15 prefeitos em outubro passado. O partido quer ampliar este número. O dirigente espera atrair para a sigla o candidato mais votado de Itabuna, Fernando Gomes.

O ex-prefeito do município sul-baiano concorreu ao cargo pelo DEM, mas contrariado com ACM Neto, que ficou neutro no processo e defendeu aliança do Democratas com Augusto Castro (PSDB), terceiro colocado na disputa.

Fernando ainda aguarda julgamento do seu registro de candidatura para saber se assumirá a Prefeitura de Itabuna pela quinta vez. O julgamento está marcado para as 9h desta terça (22), no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), em Salvador.

Após obter efeito suspensivo de condenações no Tribunal de Contas da União (TCU) e reverter condenação no Tribunal de Contas do Estado (TCE-BA), a defesa de Fernando acredita que não há mais empecilho para que ele seja liberado para ser diplomado e assumir a prefeitura. Do outro lado, há o grupo do segundo colocado na disputa, Antônio Mangabeira (PDT), que espera ver o TRE negando registro a Fernando e determinando a posse do pedetista (pela legislação, deverá haver, neste caso, nova eleição).

Nilo já acionou emissário para iniciar conversas com Fernando. O ex-prefeito é nome dado como certo no PSD, puxado pelo deputado federal Paulo Magalhães, que o apoiou na disputa eleitoral deste ano.

Esta publicação possui 2 comentários
  1. Antes destes últimos acontecimentos ocorrido no Rio de Janeiro,prisão de dois ex-governadores e um acusado de tentar subornar um magistrado,estes ventos sopraram pra Bahia,assim como soprou as “Bases Policias” invenção de um dos presos.

    Aqui na Bahia sentenças vendidas era uma regra,quantas vezes este réu já comprou as sentenças? Denuncias na mídia era igual as areias do mar,bem como presidente desta corte afastado por corrupções eram rotina,pra ser justo em todo Brasil.

    Este instituto de moralidade que popularmente caiu na graça do povo,a lava jato
    veio pra ficar,pra honra e gloria do povo brasileiro. O que o Brasil está sendo
    exorcizado, restaurado pra ser uma nação de respeito e orgulho, que honestidade seja sinônimo do povo do Brasil.

    Por tudo ocorrido e os ventos que sopraram no Rio,pode sim,ter atingido as entranhas deste Tribunal da Bahia e as condições do réu ficaram extremamente desfavoráveis neste julgamento.

    Antes deste vendaval era favorável ao réu,pelo princípio do julgamento de Dilma
    em ter garantido seus direitos político,foi um vento mau e favorecia o réu,mas tudo mudou.

    O que pensa este comentarista,pode ocorrer de tudo,menos a restauração dos direitos políticos do réu,o mesmo ficará inabilitado pra assumir cargo público,
    em nome dos bons ventos que sopraram do Rio de Janeiro.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top