skip to Main Content
4 de dezembro de 2020 | 08:59 pm

COMISSÕES DA CÂMARA APROVAM PRAZO MAIOR PARA A TEL CONSTRUIR SEDE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Reunião das comissões técnicas ocorreu sob pressão de funcionários da Tel (Foto Pedro Augusto).

Reunião das comissões técnicas ocorreu sob pressão de funcionários da Tel (Foto Pedro Augusto).

Sob pressão de dezenas de funcionários da Tel Centro de Contatos, as Comissões Técnicas da Câmara de Itabuna aprovaram parecer ampliando de dois para três anos o prazo para que empresas construam em áreas doadas pelo município. A mudança atende a um pedido do call center. A Prefeitura de Itabuna doou à Tel a área da antiga feira livre do Conceição em 2014. O prazo para a construção venceu neste ano.

A empresa alegou dificuldades geradas pela economia nacional e entraves na obtenção de empréstimo para construir a sede definitiva. Atualmente, a Tel emprega 1,2 mil funcionários em unidades provisórias no São Caetano e na Avenida J.S. Pinheiro, no Lomanto.

Um dos financiamentos seria obtido na Desenbahia, do Governo do Estado, que, assim como a Tel, enfrenta dificuldades financeiras. A empresa sustenta que há financiamento engatilhado no Banco do Nordeste, precisando apenas da aprovação de mais tempo para a construção por parte da Câmara.

Após a análise nas Comissões Técnicas, o parecer precisa ser votado pelo plenário da Câmara. A discussão deve ocorrer ainda neste ano, sob pena de a empresa perder empréstimo e, até, deixar o município., de fato e de direito, registrado em nome da empresa.

Esta publicação possui 3 comentários
  1. Segundo eu soube essa empresa faz isso em todos lugares que se instala, dizem que não passam de pilantras , não demora muito eles demitem todo mundo e se picam da cidade devendo a todos . essa conversa de construir sede é papo furado só pra engabelar os bestas.

  2. Deixa ficar do jeito que esta 10 anos se for preciso, são 1,2 mil empregos gerados na nossa cidade, esses vereadores sanguessugas não pode fazer merda, mais do que já fazem.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top