skip to Main Content
25 de fevereiro de 2021 | 04:46 am

PORTARIA PROVOCA CHIADEIRA EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Desvio de função e chiadeira de concursados em Ilhéus. Uma guarda municipal foi nomeada para o cargo de Assistente Administrativo da Secretaria de Administração, ontem (4). A portaria está publicada no Diário Oficial da última terça.

A guarda Magnólia Silva dos Santos foi nomeada para desempenhar outra função, o que acaba por desfalcar a própria Guarda Municipal. Por outro lado, o ato do município gerou reação de quem realizou concurso público em 2016 e está na expectativa de ser convocado.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Acorda Ministerio Publico os politicos estao deitando e rolando e vcs nao estao nem ai.Os candidatos do concurso estao esperando ser chamados e ate agora nada,Itabuna ja faz a decima quinta convocacao e ilheus nada

  2. “STF – SÚMULA 685

    É inconstitucional toda modalidade de provimento que propicie ao servidor investir-se, sem prévia aprovação em concurso público destinado ao seu provimento, em cargo que não integra a carreira na qual anteriormente investido”.

    Em vista da súmula supramencionada, a referida funcionária pública somente poderia ser nomeada para cargo ou função de confiança, os quais estão restritos à direção, chefia ou assessoramento, o que não é o caso do cargo de Assistente Administrativo da Secretaria de Administração.

    Com respeito ao princípio da Legalidade, Impessoalidade, Moralidade Pública e Autotutela, o chefe do Executivo deverá revogar o decreto. Aliás, nem deveria tê-lo publicado.

    Já fiquei com má impressão dessa nova gestão.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top