skip to Main Content
11 de maio de 2021 | 04:32 pm

MANGABEIRA

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

 

Não sei por que tanto espanto com o secretariado de Fernando Gomes. Ora, FG desafiou e venceu a Lei da Ficha Limpa, pelo menos no TRE. Agora vai peitar o Ministério Público em relação ao nepotismo. Qual é a novidade?

 

Depois de uma campanha assentada na ética, sem a preocupação de ganhar de qualquer jeito, sendo referência do PDT em todo país, o médico Antônio França Mangabeira não quer disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado.

Membros do diretório municipal, na última reunião do partido, animados com a expressiva votação do então candidato a prefeito, defenderam o nome do doutor para concorrer a uma vaga no Parlamento estadual.

O pedetista, que não fez coligação com nenhum partido, teve quase 19 mil votos, dando poeira em figuras carimbadas da política de Itabuna, como Davidson Magalhães, Augusto Castro e os ex-prefeitos Geraldo Simões e José Nilton Azevedo.

Sem prometer nada, com um tempo de televisão de 23 segundos, com o slogan de campanha “Nossa Coligação é Com Você”, Mangabeira se transforma em uma grande liderança de Itabuna. Sem dúvida, o opositor-mor do governo FG. Antônio França Mangabeira faz parte da banda da política que ainda não apodreceu.

Para o militante Nilson Oliveira, mais conhecido como Nilson da Vendamax, a candidatura de Mangabeira “é uma boa opção para fortalecer a nossa desnutrida representação política”.

MESMA COISA

Francamente, como diria o saudoso e inesquecível Leonel Brizola, não sei por que tanto espanto com o secretariado de Fernando Gomes. Ora, FG desafiou e venceu a Lei da Ficha Limpa, pelo menos no TRE. Agora vai peitar o Ministério Público em relação ao nepotismo. Qual é a novidade? Fernando continua o Fernando de sempre, aquele Fernando de priscas eras. O seu eleitorado também.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. O colunista deveria se informar de modo mais adequado. Os cargos de secretario podem ser preenchidos por parentes sem configurar nepotismo conforme determinou o STF. Concordo porém que não se deve esperar nada de novo na gestão do prefeito. O mesmo estilo ultrapassado mas que foi chancelado pelo maior parte do eleitorado.

  2. a maior parte do eleitorado? a maior parte votou em branco nulo olu em outros candidatos pois se vc somar o voto contra fernando juntando todos os candidatos e brancos e nulo ultrapassa o de fernando entao pra mim fernando nao tem a maioria da populacao

  3. Caro Wense na verdade Mangabeira, com essa fome de poder passou de opositor-mor do governo FG, chacota mor da cidade. Deixou a chance de ser uma referência politica para se transformar em uma brincadeira politica. Hoje uma nova candidatura a prefeito o mesmo não teria 50% dos votos que teve. Isso é fato.

  4. Esse editorial de relação a Mangabeira tem que ser analisado, pois, hoje com essa loucura de ser Prefeito lhe trouxe um grande desgaste, não sei se teria mais a mesma votação. De relação ao eleitorado de FG, vc Wense como DEMocrata que é deveria respeitar o voto e povo. Por esses pensamentos é que seu candidato teve a oportunidade de virar um nome politico para ser um ilusionista…..

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top