skip to Main Content
11 de maio de 2021 | 07:05 am

SECRETÁRIO DEFENDE CONTRATO E DIZ QUE LIXO FICOU MAIS BARATO

Tempo de leitura: 2 minutos
Dinailson compara gastos e diz que haverá economia com novo contrato.

Dinailson compara gastos e diz que haverá economia de R$ 400 mil com novo contrato.

O secretário de Administração de Itabuna, Dinailson Oliveira, defendeu o contrato emergencial assinado pelo município com a Bio Sanear para os serviços de limpeza pública. De acordo com os dados fornecidos por ele, a economia em dois meses chegará a R$ 400 mil se comparado ao gasto do município no ano passado (entenda clicando aqui).

Dinailson cita que o pagamento feito pela coleta de lixo em dezembro foi R$ 875 mil e o valor subiu para quase R$ 1,7 milhão por incluírem, além da coleta, serviços de conservação e limpeza urbana.

Ainda segundo ele, a gestão passada gastava mais de R$ 1 milhão para 15 serviços de limpeza urbana, a exemplo de limpeza de bueiros, desinfecção de feiras livres, conservação de áreas verdes e pintura de meios-fios, além de custos com a contratação de 156 funcionários e contrato de locação de máquinas e caçambas.

Pelas contas do secretário, a gestão de Vane do Renascer gastava quase R$ 1,9 milhão com esses serviços e o valor, agora, teria caído para R$ 1,69 milhão. “O governo optou por contratar emergencialmente e unicamente a Biosanear, que passou a realizar, além da coleta de lixo, todos os demais serviços referentes à conservação e limpeza urbana pelo valor de R$ 1,6 milhão”, ressaltou.

LIXO GERA MAL-ESTAR NO GOVERNO

O contrato do lixo gerou mal-estar no governo. Fernando Gomes tirou da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) a gestão da limpeza pública, repassando-a para a Secretaria de Administração, comandada por Dinailson Oliveira, sobrinho do prefeito. A mudança levou o titular da Sedur, Francisco França, a emitir nota informando que nada tinha a ver com o contrato entre município e Bio Sanear.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Seja licitação,contração,compras,ou mesmo desmatamento no Brasil,ou assaltos,roubo
    e saquear os cofres públicos,enfim,neste caso da licitação da limpeza urbana da nossa cidade.

    Uma vez que,o indivíduo esteja como gestor público,sempre diz: que fizeste melhor,
    quando a coisa vem a público,é desvio de dinheiro público e a cidade sempre agonizantes. Es tu Itabuna,com extensão o Brasil,infelizmente é característica;
    roubar,saquear os cofres público,todos os políticos ligado ao PT.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top