skip to Main Content
29 de março de 2020 | 09:25 am

CASA DO PARTO NÃO SEGUIA NORMAS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE, DIZ PREFEITO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Moacyr aponta problemas na estrutura da Casa do Parto

Moacyr aponta problemas na estrutura da Casa do Parto

O prefeito Moacyr Leite assegurou a reforma da Casa de Parto (Promater) para que, segundo ele, o equipamento funcione em condições dignas. A decisão pelo fechamento temporário da Casa ocorreu ao constatar problemas como infiltrações, levando ao risco de infecção, e desrespeito a normas do Ministério da Saúde.

Segundo o prefeito, o equipamento foi inaugurado às vésperas das eleições. “Nosso objetivo é dotar a Casa do Parto de condições satisfatórias para atendimento digno às gestantes. Para isso, vamos fazer as intervenções necessárias”, disse o prefeito.

Com a reforma do espaço onde funciona a Casa do Parto, o município espera adequar-se às normas estabelecidas pelo Ministério da Saúde e oferecer parto humanizado. “Queremos evitar deslocamento [de gestantes] para Ilhéus e Itabuna, [com os partos sendo feitos no município]”, afirma a secretária de Saúde de Uruçuca, Domilene Borges.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Isso é conversa pra boi dormir, a Casa de Parto tem 6 meses de construída e Uruçuca é uma cidade muito úmida. Eu soube que foram realizados mais de 40 partos normais, sem nenhuma ocorrência grave ou efeito colateral. Observo que por falta de capacidade administrativa dessa gestão, tentam postergar a contratação de uma enfermeira obstetra, para não atender pacientes. Agora inventaram até de pedir titulo de eleitor para qualquer paciente ser atendido no Posto Central. Um verdadeiro absurdo, uma segregação. Já pensou se Ilhéus e Itabuna tomam essa decisão e só atenderem pacientes dessas cidades? Um cara que passou 8 anos e não deixou nada que prestasse na cidade está inventando procurar chifres em cabeça de cavalo.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top