skip to Main Content
12 de julho de 2020 | 01:46 pm

O “MACONHÓDROMO” NA BEIRA-RIO E O CLAMOR DE UM PAI

Tempo de leitura: < 1 minuto

“É muito ruim ter que levarmos os nossos filhos para a Praça Rio Cachoeira para brincar e ter que dividir o espaço com jovens usando droga ao ar livre e na frente das crianças. O pior é reclamar com autoridades e elas falarem que sempre foi assim e que controlar isso é difícil”.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. É uma tremenda falta de respeito usarem drogas e andar pela praça como se isso fosse normal. Em plena luz do dia.

    Sabe porque continuam fazendo? Porque ninguém nunca é levado.

  2. Vamos lá Pai,

    fazer movimento e nominar as falsas autoridades.

    Aquilo na Praça Rio Cachoeira é um escândalo, além das drogas é; mal cuidada e suja, pista de esqueite para adultos que põe em risco as crianças, som alto e sem nenhuma segurança. E por ironia, fica ainda ali parado, para exibição publica, um micro ônibus de combate ao uso de drogas da Prefeitura Municipal de Itabuna.

  3. Já faz um bom tempo que ali virou uma praça de maconheiros, e o mais interessante é que a menos de 200 metros tem uma base da guarda municipal que são incapazes de fazer alguma coisa.
    sempre levo minha filha aos domingos para andar de bicicleta nessa praça, mas na última vez que levei, aconteceu uma briga entres esses maconheiros, onde várias crianças ficaram em pânico chorando.
    Não sou contra que fuma sua maconha, cada um faz de sua vida o que quiser, agora no meio de uma praça publica, praticamente no centro da cidade, aí já é de mais.

  4. Se alguém da prefeitura ler isso, por favor tomem alguma providência ! Já não temos cultura nessa cidade para crianças, ao menos não as deixem perder uma área de lazer. Se separam um horário da manhã e tarde para que elas brinquem na pista, ao menos deem condicoes para que elas possam brincar em segurança!

  5. espaço otimo para levar minha ilha, que espera a semana toda pra andar de bicicleta ali, e ver umas caras de malucos ao tempo todo pra cima e pra baixo, sem contar que tem um onibus da guarda civil ali e não fazem nada pra inibir

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top