skip to Main Content
27 de outubro de 2020 | 11:06 pm

FACULDADE DE MEDICINA EM ITABUNA DEVERÁ SER INAUGURADA EM JULHO

Tempo de leitura: 2 minutos
Dirigente da Santo Agostinho explica termos de contrato (Foto Pedro Augusto).

Dirigente da Santo Agostinho explica termos de contrato (Foto Pedro Augusto).

A Faculdade Santo Agostinho (Fasa) estabeleceu o dia 28 de julho, aniversário da cidade, como data prevista para inaugurar a sua sede em Itabuna. Hoje, os diretores Mércio Coelho Antunes e Eunápio Ferreira assinaram protocolo que define as obrigações da Fasa para implantação do curso de Medicina no município sul-baiano. O vestibular deverá ser lançado ainda neste ano, conforme compromisso firmado em evento com o prefeito Fernando Gomes, nesta segunda (8).

A instituição venceu o edital do Programa Mais Médicos, em 2015, e foi aprovada pelos ministérios da Saúde e da Educação e pela Secretaria de Educação de Itabuna, à época gerida pela professora Dinalva Melo. A sede provisória da Fasa será construída na região da Nova Itabuna.

Os investimentos da Fasa no sul da Bahia têm o empresário Edmar Margotto como sócio. Segundo ele, a previsão é de que a Faculdade Santo Agostinho, nos próximos anos, chegue a 30 mil alunos. Hoje, são 15 mil nos campi instalados em Montes Claros e Sete Lagoas, ambos municípios mineiros, e Vitória da Conquista.

MENSALIDADE: R$ 5,5 MIL

No município do sudoeste baiano, a Fasa já oferece o curso de Medicina. A mensalidade é superior a R$ 5,5 mil em Conquista. O curso em Itabuna terá 85 vagas na primeira turma, sendo que 10% delas serão bolsas integrais.

A instalação do curso de Medicina em Itabuna deveria ocorrer no ano passado. O cronograma sofreu atraso, por causa do Tribunal de Contas da União (TCU), que suspendeu todos os editais das concorrências em todo o país. A liberação somente ocorreu em 2016.

Esta publicação possui 2 comentários
  1. Nada dá mais tesão num homem ou uma mulher do que estudar, este comentarista desde o tempo de menino em Mutuns que estudar era um gozo,mas gostoso era trabalhar na roça de cacau pela tarde.

    À noite no campo fazer as atividades à luz do cadeeiro ou mesmo do Luar,como após acordar às 5:OO hs, da manhã para terminar as tarefas de casa e às 7:OO hs, da manhã na Escola Zacarias Dantas,no meu doce Mutuns.

    Após concluir o primário na terra doce terra de Mutuns,vi estudar em Itabuna pela noite,acordava às 4:3O da madrugada e deslocava a pé andando pra Mutuns para na roça trabalhar,durou os dois anos.

    Após o proprietário da Fazenda construir residência no Bairro Góis Calmon.o mesmo pediu ao meu pai pra este comentarista ir trabalhar com o mesmo na sua nova residência no Góis Calmon,início da década de 71.

    Ficou legal,estava próximo da Escola e um grande amigo meu conseguiu uma bolsa pra este comentarista estudar no Colégio Santa Maria Goretti, Bairro Conceição e terminei o 2º grau e fiz um cursinho no Gama e passei no Vestibular da então FESP em 1983.

    Uma outra história,voltei estudar e a instituição já estadualizada com um novo nome,UESC. Universidade de Santa Crua este comentarista se graduou em História
    e o mesmo voltou estudar.

    Aqui pra nós,estudar é uma das coisas melhor do mundo,é um gozo aprender,tudo no
    corpo funciona melhor,até tesão aumenta é uma delícia e disposição pra trabalhar
    hummmmm!

    “Quem domina o mundo é quem detém conhecimento,imagine se alguém nenhum conhecimento tens e,o mesmo precisa sempre ser reciclado”

    Autor desconhecido.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top