skip to Main Content
12 de abril de 2021 | 11:13 am

EVERALDO DEFENDE “DIRETAS-JÁ PARA RESTABELECER DEMOCRACIA”

Tempo de leitura: 2 minutos
Everaldo, de vermelho e ao lado de Waldir Pires, defende Diretas-Já!

Everaldo, de vermelho e ao lado de Waldir Pires, defende Diretas-Já!

O presidente do PT da Bahia, Everaldo Anunciação, defendeu realização de eleições diretas no Brasil, após as gravações nas quais foi apanhado o comandante da República, Michel Temer. “As denúncias contra o presidente Michel Temer autorizando a JBS a “pagar pelo silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha” mostram o mar de lama em que estão envolvidos o governo e seus aliados”, disse.

Para Everaldo, a única saída é a realização de eleições diretas para a Presidência da República e Congresso Nacional. “Michel Temer e a maioria dos congressistas não têm mais condições de continuar conduzindo a nação”, justifica.

Everaldo adianta que o momento de crise no país em que os golpistas estão sendo desmascarados será tema importante para os debates. “Está provado que eles deram o golpe para entregar o país aos grupos internacionais e destruir a previdência e os direitos trabalhistas”.

Everaldo criticou os políticos baianos, a exemplo de Antonio Imbassahy, ministro do Governo Temer, e o prefeito ACM Neto, “que vergonhosamente apoiaram o golpe e não têm humildade para reconhecer o erro”.

ENCONTRO ESTADUAL

O PT da Bahia abre o Congresso Estadual do partido nesta sexta (19), às 19h, no auditório da Faculdade de Arquitetura, no bairro da Federação em Salvador. O encontro será encerrado domingo (21) ao meio-dia com a eleição do novo Diretório Estadual.

Por meio de acordo entre a sua corrente, a CNB, e o grupo ligado ao deputado federal Valmir Assunção, Everaldo praticamente selou a continuidade no cargo de dirigente do partido. O encontro que define o comando da sigla na Bahia vai até o domingo (22).

Este post tem um comentário
  1. Graças a Deus! Tá todo mundo sendo jogado aonde já deveriam está há muito tempo: No lixo!

    Seja Temer, Aécio, Lula, Dilma etc. Enfim: todos os que a JBS até agora já citou e outros tantos que, certamente, ainda serão citados.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top