skip to Main Content
11 de julho de 2020 | 02:45 am

RECUPERAÇÃO DO FORTE SÃO LOURENÇO E CAPACITAÇÃO PARA PESCADORES SUL-BAIANOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Bebeto, ao centro, discutiu transformação de Forte e cursos no sul da Bahia

Bebeto, ao centro, discutiu transformação de Forte e cursos no sul da Bahia

Uma audiência no 2º Distro Naval discutiu avanços no projeto que transformará o Forte São Lourenço, em Itaparica, em centro de memória. O encontro do deputado federal Bebeto Galvão (PSB-BA) e o vice-almirante Almir Garnier discutiu, ainda, ações de capacitação para pescadores do sul da Bahia.

Para Bebeto, a transformação do Forte em Centro de Memória tem o objetivo de apresentar a independência da Bahia, a partir da contribuição dos heróis, a exemplo de João das Botas e Maria Filipa.

O projeto de transformação do Forte São Lourenço contará com emenda do deputado Bebeto, resultado de diálogo do parlamentar com a Marinha do Brasil, que coordenará o Centro, e a Prefeitura de Itaparica, além do apoio do IPAC e do Centro de Memória da Fundação Pedro Calmon. O Forte São Lourenço é considerada a única estação de desmagnetização da Marinha em todo o Brasil e na América Latina.

CAPACITAÇÃO NO SUL DA BAHIA

Durante audiência também foram abordadas demandas para os pescadores do sul da Bahia. Com a Capitania dos Portos da Bahia, a ideia é oferecer cursos de formação profissional de técnicas de navegação e segurança de tráfego aquaviário em Ilhéus, Itacaré, Una e Canavieiras, cidades de sua abrangência, chefiadas pela Delegacia da Marinha de Ilhéus.

Bebeto disse que conduzirá, juntamente com o Garnier, ações para fortalecer a Marinha do Brasil na Bahia, por meio de suas delegacias de Ilhéus, Valença, Juazeiro, o Hospital da Marinha localizado em Salvador, o Centro de Fuzileiros Navais e o próprio segundo Distrito Naval da Bahia.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top