skip to Main Content
4 de agosto de 2020 | 01:59 pm

PROFESSORES PEDEM SAÍDA DE ANORINA; CONFIRA EM VÍDEO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Professores pedem saída de Anorina Smith

Professores pedem saída de Anorina Smith

Professores da rede municipal em Itabuna fizeram paralisação contra o corte da Atividade Complementar (AC), determinada pelo prefeito Fernando Gomes. A medida foi também defendida pela secretária de Educação, Anorina Smith Lima. Na manifestação de hoje, os professores pediram a exoneração da secretária.

Para a categoria, Anorina traiu os professores (Confira, abaixo, vídeo da manifestação). Os educadores foram à Câmara Municipal nesta tarde de segunda. Lá, decidiram pela realização de assembleia na quarta (4), às 14h, no saguão do prédio onde funciona a Câmara, o Espaço Cultural Josué Brandão. Clique no play para assistir ao vídeo do protesto.

MILTON CERQUEIRA COBRA ASFALTAMENTO DO TRECHO ALMADINA-FLORESTA AZUL DA BA-262

Tempo de leitura: < 1 minuto
Milton Cerqueira é recebido por Josias Gomes na Serin || Foto Divulgação

Milton Cerqueira é recebido por Josias Gomes na Serin || Foto Divulgação

Durante audiência concedida pelo secretário de Relações Institucionais da Bahia (Serin), Josias Gomes, o prefeito de Almadina, Milton Cerqueira, pediu o asfaltamento do trecho da BA-262 que liga o município a Floresta Azul. O trecho da rodovia possui 18 quilômetros de extensão.

Cerqueira foi recebido por Josias Gomes, titular da Serin, em audiência na qual estava acompanhado do secretário de Administração de Almadina, Tarcísio Cardoso, e pelo assessor do deputado estadual Rosemberg Pinto, Vital Bento.

O prefeito sul-baiano solicitou a reforma do estádio municipal, uma ambulância – por meio de emenda parlamentar do deputado estadual Rosemberg Pinto –, um ônibus escolar e um trator com implementos agrícolas.

“Também pedi a perfuração de dois poços artesianos, um na Fazenda Pancadinha e o outro no Vale do Amaral. Nesse encontro produtivo com o secretário Josias Gomes – que reforça a nossa parceria com o governo do Estado -, também solicitei a visita do governador Rui Costa para inaugurar obras em nosso município”, afirmou Milton Cerqueira, prefeito de Almadina.

POLÍCIA PRENDE EM ILHÉUS ACUSADOS DE TRÁFICO E ASSASSINATOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Droga apreendida com o quinteto acusado de matar Gaguinho em Ilhéus || Fotos PC-BA

Droga apreendida com os acusados de várias mortes || Fotos PC-BA

Policiais do Núcleo de Homicídios da 7ª Coordenadoria em Ilhéus prenderam ontem, no bairro de Nossa Senhora da Vitória, cinco suspeitos de fazer parte de uma quadrilha de assassinos e traficantes de drogas. A Polícia Civil informou que os acusados foram detidos 11 horas após mais um homicídio.

Os acusados foram identificados como Adalberto Paraíso Júnior,  o Juninho, 28 anos; Jeverson dos Santos Santana, 21 anos, Mateus Santos Silva, 27 anos, Greice Kely Almeida dos Santos, 21 anos e Elismar Alves Souza, o Eli, 35.  Um menor também foi apreendido.

De acordo com a polícia, o grupo confessou o assassinato de Edvaldo Alves Santiago Júnior, o Gaguinho, 35, que foi morto com golpes de arma branca na madrugada de sábado (30).

Polícia prende suspeitos de matar Gaguinho ||

Polícia prendeu quatro envolvidos na morte de “Gaguinho” e apreendeu um menor.

A quadrilha foi localizada pelos policiais civis numa casa do Condomínio Vitória I, no mesmo bairro onde aconteceu o crime. Com o apoio de PMs da 69ª Companhia Independente da Polícia Militar, os policiais cercaram a área, entraram no imóvel e efetuaram a prisão. Com o grupo, foram encontrados 925 gramas de maconha, 808 gramas de cocaína, roupas com manchas de sangue e uma balança.

Pelo fato de ter se ferido no ato no crime, Elismar Alves Souza foi internado no hospital de Base de Itabuna, após o flagrante. “A polícia solucionou o crime rapidamente. Demos a resposta rápida e ainda estamos em campo para prender outros integrantes dessa quadrilha”, afirmou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis.

IFBA ABRE PROCESSO SELETIVO INTERNO; HÁ VAGAS PARA ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto
IFBA abre inscrição para processo seletivo

IFBA abre inscrição para processo seletivo interno

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) está com inscrições abertas para o Processo Seletivo para remoção de servidores técnicos-administrativos efetivos. O período vai até 15 de outubro.

O processo seletivo será realizado em duas etapas distintas, que são as fases de habilitação e de classificação. As inscrições deverão ser realizadas, exclusivamente, pela internet através da abertura de processo administrativo no Sistema Eletrônico de Informações (SEI).

As vagas abrangem os cargos de técnico de Tecnologia da Informação, nutricionista, assistente em Administração, auxiliar em Administração, técnico em Contabilidade, pedagogo, tradutor e intérprete de linguagem de sinais, médico – clínico geral, técnico de Enfermagem, assistente de aluno, bibliotecário – documentalista, nutricionista, contador, técnico em Audiovisual, técnico em assuntos educacionais, administrador e auxiliar de Enfermagem.

DISTRIBUIÇÃO DAS VAGAS

O processo vale para os campi de Ilhéus, Barreiras, Brumado, Camaçari, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Irecê, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Porto Seguro, Salvador, Santo Amaro, Santo Antonio de Jesus, Seabra, Simões Filho, Ubaitaba, Valença, Vitória da Conquista e a reitoria.

A divulgação do resultado final da etapa de classificação está prevista para o dia 31 de janeiro de 2018. O prazo de validade da seleção será de um ano, contado da data de publicação da homologação do resultado final.

AUMENTA O NÚMERO DE MORTES DE PESSOAS COM AIDS EM ILHÉUS E UNA

Tempo de leitura: 2 minutos
Ilhéus já notificou cinco mortes por Aids neste ano

Ilhéus já notificou cinco mortes por Aids neste ano

Ilhéus já notificou, neste ano, cinco mortes de pessoas que estavam com Aids. O número é bem superior ao registrado em 2016, quando houve um óbito em 12 meses, conforme dados da Superintendência de Vigilância de Proteção da Saúde.  Outro município com aumento no número de mortes de portadores da doença é Una, com três ocorrências, conforme apurou o PIMENTA.

De acordo com dados do órgão da Secretaria Estadual de Saúde, no ano a doença já matou 113 pessoas na Bahia, sendo que 49 eram moradores de Salvador.  No interior, além de Itabuna e Una, os municípios com quantidade significativa de óbitos são Teixeira de Freitas (9), Santo Antônio de Jesus (7), Jequié (6), Serrinha (6), Juazeiro (5) e Irecê (3).

Os números indicam que Itabuna fechará o ano com redução na quantidade de mortes causadas pela doença. O município notificou uma ocorrência em nove meses. No ano passado, Itabuna registrou uma média de dois óbitos por mês.

MAIS MORTES

Os dados mostram ainda que, nos últimos anos, a doença causou dezenas de mortes em localidades como Camacan, Una, Jequié, Porto Seguro, Eunápolis, Teixeira de Freitas e Santo Antônio de Jesus. No ano passado, por exemplo, esses municípios somaram 43 mortes das 208 registradas no estado.

Em 2015, foram 56 mortes de pessoas que lutavam contra a Aids nesses municípios, excluindo da lista Camacan, que não teve notificação. Naquele ano a doença causou 11 óbitos em Ilhéus e outros 10 em Itabuna. No estado foram 218 mortes de pessoas adultas

 

PROFESSORES MUNICIPAIS OCUPAM PREFEITURA DE ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos
Professores protestam contra corte de 20% na gratificação

Professores protestam contra corte de 20% na gratificação

Professores da rede municipal ocuparam, na manhã desta segunda-feira (2), o prédio do Centro Administrativo Firmino Alves, na Avenida Princesa Isabel, no bairro São Caetano.  Cerca de 500 profissionais da educação protestaram em frente à Secretaria de Educação do município, depois de assembleia realizada logo cedo.

Os professores cobram a saída da secretária de Educação, Anorina Smith Lima, e pedem a revogação do decreto em que o prefeito Fernando Gomes acabou com o pagamento do adicional de Atividade de Classe (AC), que representa redução de até R$ 700 nos salários. O decreto foi publicado na edição do Diário Oficial do Município de sexta-feira (29).

Para tentar justificar a retirada do AC de cerca de 500 profissionais, o prefeito alegou que o pagamento era ilegal e citou a Lei Municipal 1.913, de 2003, e Lei  Federal 11.738, de 2008. O corte no pagamento da gratificação é retroativo ao dia 1º de setembro,  o que significa que os professores de Itabuna já estão recebendo o salário do mês com desfalque de 20%.

DESCONTO JÁ FOI FEITO

 

Salário já foi pago sem AC, como mostra contracheque.

Salário já foi pago sem AC, como mostra contracheque

De acordo com a  presidente do Sindicato do Magistério de Itabuna (SIMPI), Maria do Carmo Oliveira, a Caminha Oliveira,  “ o adicional de atividade de classe está previsto no Plano de Carreira justamente para incentivar que o professor permaneça na docência. Na gestão passada, nós conseguimos estendê-lo a todos os profissionais, mas agora fomos surpreendidos com sua retirada arbitrária”, reclamou a sindicalista.

Com a retirada da gratificação, o professor que, por exemplo, até o mês passado recebeu R$ 2.066,72 líquidos, ficou com salário de R$ 1.629,59,00 em setembro, conforme contracheque que o PIMENTA teve acesso.  Os professores também ficaram revoltados porque não foram avisados pela secretária de Educação, Anorina Lima, que o desconto já seria feito no salário deste mês. Anorina assumiu o cargo com apoio do SIMPI.

Os professores deixaram o prédio da Prefeitura de Itabuna por volta das 12h30min. Ele prometem nova manifestação na tarde desta segunda-feira (2). Desta vez na Câmara de Vereadores.

DECISÃO DO STF SOBRE AFASTAMENTO DE AÉCIO DEVE PREVALECER, DIZ MINISTRO

Tempo de leitura: 2 minutos
Fux: decisão deve prevalecer || Foto Agência Brasil

Fux: decisão deve prevalecer || Foto Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux afirmou hoje (2) que “por força da Constituição, o único poder que pode proferir decisões finais é o Poder Judiciário”, em referência ao afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato e recolhimento noturno decidido na semana passada pela 1ª Turma do STF.

O senador Aécio Neves foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por corrupção passiva e obstrução de Justiça, com base nas delações premiadas dos administradores da J&F. Em pronunciamentos, vários senadores disseram que o afastamento é uma interferência entre os poderes.

O ministro Luiz Fux enfatizou que “a cultura do descumprimento da decisão judicial é condicente ao caos político e institucional e à destruição da ideia de um Estado de Direito”. Mas, segundo ele, o caso não deve gerar uma crise entre os poderes Legislativo e Judiciário no país.

“Eu acho que não surgirá uma crise, até porque surgirá, certamente, alguma solução institucionalmente legítima. As relações institucionais ficaram um pouco diferentes, porque nesse tempo o Judiciário atuou de acordo com interesses institucionais nacionais, em consonância com os demais poderes. A diferença agora é que, por força da Constituição Federal, o STF tem competência constitucional para julgar os membros de outros poderes, mas isso não deve ser uma regra que viole o princípio da harmonia e independência dos poderes”.

Ele disse que respeita a dialética e as opiniões divergentes sobre a questão e lembrou que “o STF vai votar no dia 11 de outubro [ação que questiona se é necessário submeter ao Congresso o afastamento de parlamentares], e a decisão colegiada será respeitada por todos”.

O plenário do Senado deve votar nesta terça-feira (3) o afastamento do senador do senador Aécio Neves.

O ministro Luiz Fux participou do seminário Questões de Gênero – Abordagem Social e Jurídica, organizado pela Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj), no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), onde falou sobe o tema Dignidade da Pessoa Humana e Cidadania. Proteção Jurídica à União Homoafetiva. Informações da Agência Brasil.

LICITAÇÃO É QUESTIONADA POR AGÊNCIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Mangalô Propaganda reagiu à decisão da Prefeitura de Itabuna de revogar o processo licitatório para contratação de agência. Ao esclarecer um ponto de nota publicada por este blog na última sexta (veja aqui), a direção da agência disse que ainda aguarda documentos, por parte da Comissão de Licitação, para entender se houve justificativa jurídica para a revogação do certame.

Eis a nota enviada a este blog pela agência:

– Assim como consta na matéria, não houve por parte da Mangalô Propaganda, a opção pela comissão de 1%. O que houve, na verdade, foi a opção de 1% sobre alguns honorários referentes a valores de serviços prestados por terceiros à Prefeitura de Itabuna, e não sobre comissões legais concedidas por veículos. Valores estes, que também foram pactuados e propostos pela Agência Ação Propaganda, na sua maioria iguais ou bem próximos dos valores propostos pela Mangalô Propaganda, conforme documentos em anexo.

– Quanto à revogação do certame, estamos aguardando o envio de documentos que já solicitamos à Comissão Permanente de Licitação municipal, para que possamos entender as reais justificativas e/ou razões que levaram ao cancelamento da licitação, tendo em vista que não reconhecemos, nem enxergamos nenhuma justificativa legal que levasse a tal desfecho, a não ser que tenha sido uma decisão monocrática municipal.

 

COMPLÔ CONTRA O PRESIDENTE DA FICC

Tempo de leitura: < 1 minuto
Leão é alvo de membros do governo

Leão é alvo de membros do governo

A edição desta semana do jornal A Região cita complô no governo municipal contra o presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc), Daniel Leão. Na coluna Malha Fina, a publicação reforça o já escrito por este blog.

Ainda de acordo com o jornal, o “castigo” contra Leão foi deflagrado porque ele colocou “um freio nos super contratos e pagamentos”. A freada levou o alto escalão do governo fernandista, cita o jornal, a “se aborrecer e começar a fritura, deixando Leão com a cuia na mão”.

Por causa da ação nefasta contra o dirigente, reforça o jornal, a Ficc acabou atrasando pagamento a fornecedores e, algo inédito, a árbitros do Campeonato Interbairros.

Leão já abriu o olho…

“ATIVIDADES [DA UFSB] PERMANECEM NORMALMENTE”, DIZ REITORA EM EXERCÍCIO

Tempo de leitura: 2 minutos
Vice-reitora assume comando da UFSB com saída de Naomar

Joana assume UFSB após a saída de Naomar

Reitora em exercício da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), a professora Joana Guimarães emitiu comunicado oficial no qual informa que “as atividades permanecem normalmente na instituição” após a saída do reitor Naomar Almeida do cargo.

A exoneração, a pedido, foi tornada pública na última sexta (29), como noticiou o PIMENTA. Naomar já havia encaminhado carta de exoneração ao ministro da Educação, Mendonça Filho, dias antes da reunião do Conselho Universitário (Consuni) da UFSB.

Durante reunião do Consuni, na última sexta (29), Naomar citou planejamento para que a UFSB não sofresse descontinuidade com troca no comando da instituição. Ele também tornou pública uma carta na qual enumera as razões para deixar o cargo (confira em post abaixo).

Abaixo, confira o comunicado da reitora em exercício.

À comunidade da UFSB

Na última reunião extraordinária do Conselho Universitário – CONSUNI, ocorrida em 29 de setembro de 2017, fomos informados sobre o pedido de exoneração do Reitor da nossa universidade. Diante desse fato, na condição de vice-reitora no exercício do cargo de reitora, comunico a todos e todas que as atividades permanecem normalmente na instituição. Todas as decisões tomadas pelo Conselho Universitário serão devidamente encaminhadas e aquelas que ainda não foram deliberadas serão objeto de discussão nas próximas reuniões. Entre as ações urgentes destacam-se;

1) Encaminhamento do processo de colação de grau dos formandos 2017.2

2) Encaminhamento do processo de migração para o segundo ciclo

3) Encaminhamento do cronograma de escolha de dirigentes cuja resolução foi aprovada no último dia 18 de setembro, processo esse iniciado em 2016.

É importante salientar que todos os esses encaminhamentos tem como base o princípio da legalidade e legitimidade, o primeiro seguindo o que tem sido feito até aqui, onde o CONSUNI, como instância deliberativa máxima da instituição, tem legislado sobre todas as questões acadêmicas e administrativas, através de resoluções que tem regulado uma série de ações da instituição a exemplo da criação de cursos de primeiro, segundo e terceiro ciclo, estabelecimento de Políticas de Ações Afirmativas, Políticas de Sustentabilidade, só para citar algumas. O segundo a partir da constituição de um Conselho onde a ampla maioria dos seus membros foram eleitos por seus pares, seguindo a legislação vigente, passando pelo crivo da comunidade. Continuaremos a trabalhar com a inclusão através da ampliação e aprimoramento dos Colégios Universitários, da política de cotas, que deve ser ampliada e aprimorada. Por fim continuamos a seguir o caminho da universidade inclusiva e inovadora sem mudanças significativas que não passem por uma ampla discussão com a comunidade.

Itabuna, 02 de Outubro de 2017

Joana Angélica Guimarães da Luz 
Vice-Reitora no exercício do cargo de Reitora

Back To Top