skip to Main Content
20 de fevereiro de 2020 | 11:32 pm

CONSTRUÇÃO CIVIL E INDÚSTRIA FECHAM 755 VAGAS COM CARTEIRA ASSINADA EM ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos

Itabuna fecha mais um mês com saldo negativo de empregoS || Foto Vinícius Borges

Os dados do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho indicam que a indústria de transformação e a construção civil são os setores que mais eliminaram empregos formais em Itabuna neste ano. Os dois setores vêm registrando seguidos saldos negativos, conforme consulta feita pelo  PIMENTA nesta segunda-feira (20). O levantamento foi feito minutos depois da atualização das informações no Caged.

Os dados oficiais divulgados hoje mostram que, no período de janeiro a outubro, a construção civil em Itabuna eliminou 440 empregos com carteira assinada. Foram 728 contratações e 1.168 demissões de operários. Na indústria de transformação  o saldo ficou  negativo em 317 vagas, resultado de 836 admissões e 1.153 trabalhadores perdendo emprego.

O resultado só não é pior porque as empresas do setor de serviços contrataram mais que demitiram. Foram feitas 3.270 contratações contra 2.896 demissões, o que resultou em saldo de 374 postos de trabalho com carteira assinada. Outros setores da economia itabunense, juntos, somaram saldo de 70 empregos formais.  Por causa disso, o impacto negativo foi reduzido e, no geral, Itabuna acumula saldo negativo de 315 empregos neste ano, sendo que 22 dessas vagas foram eliminadas em outubro.

ILHÉUS

Ilhéus registra de empregos pelo terceiro mês consecutivo|| Foto José Nazal

O saldo de empregos com carteira assinada também é negativo em Ilhéus nos 10 meses do ano. No acumulado do período, são 5.648 demissões contra 5.4442 contratações, o que  significou a eliminação de 206 vagas. Os setores da economia ilheense que mais sofreram foram comércio (-165), construção civil (-82) e agropecuária (-89).

A boa notícia para os ilheenses é que, nos últimos três meses, ainda que no movimento positivo tímido, as empresas instaladas no município têm contratado mais que demitido. Em outubro, por exemplo, o saldo foi 34 postos de trabalho formais.  O município já tinha fechado setembro com abertura de 161 novas vagas e  outras 38 em agosto. Tanto em Ilhéus quanto em Itabuna, a esperança é o comércio, que no final do ano emprega mais que demite.

SESSÃO NA ALBA RECORDA 120 DA GUERRA DE CANUDOS

Tempo de leitura: 2 minutos

Imagem de Antônio Conselheiro no Memorial de Canudos

Acontece na próxima quinta-feira (23), no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, às 14h, a Sessão Especial que recorda os 120 anos do fim da Guerra de Canudos. A cerimônia foi proposta pelos deputados estaduais Rosemberg Pinto e Fátima Nunes, ambos do PT.

A Guerra de Canudos é tida como um dos mais importantes vultos da história do Brasil e ocorreu no interior da Bahia entre os anos de 1896 e 1897. “É uma iniciativa legítima. Canudos representa a luta do povo baiano por dias melhores, ao contrário do que se possa definir como guerra, entendemos que ali aconteceu um massacre”, afirmou Rosemberg.

Canudos, no sertão baiano, localizado a cerca de 400 km de Salvador, originou de uma pequena aldeia durante o século 18, às margens do Rio Vaza-Barris, mas só cresceu após a chegada do beato Antônio Conselheiro, no ano de 1893. Em pouco tempo, a localidade, que passou a receber desabrigados do sertão e vítimas da seca contava com uma população de cerca de 25 mil habitantes.

Antônio Vicente Mendes Maciel ou Antônio Conselheiro foi um líder religioso e social, nasceu em 13 de março de 1830 na cidade de Quixeramobim, no Ceará, e morreu em 22 de setembro de 1897, em Canudos, considerado como um fora da lei pelas autoridades locais.

Sob a liderança de Conselheiro, Canudos passou a incomodar as autoridades religiosas e políticas da região. Em novembro de 1896, uma tropa de soldados da polícia baiana atacou os seguidores do beato, mas acabaram derrotados. A guerra chega ao fim quando 12 mil soldados de 17 regiões do Brasil realizam o que é considerado por muitos como o maior massacre em território nacional, provocando a morte de pelo menos 25 mil pessoas e destruindo mais de 5 mil casebres a fogo.
O corpo de Antônio Conselheiro foi exumado e teve sua cabeça decapitada para estudos, mas acabou queimada em um incêndio na antiga Faculdade de Medicina, no Terreiro de Jesus, em Salvador, onde estava preservada.

METRÔ

Ainda em homenagem ao acontecimento, os parlamentares indicaram ao governador Rui Costa (PT) que a Estação do Metrô de Lauro de Freitas, prevista para ser inaugurada em março do próximo ano, seja batizada como Estação Antônio Conselheiro.

BRADESCO DERROTA SANTANDER E FICA COM A FOLHA DA PREFEITURA DE SALVADOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bradesco manterá conta da Prefeitura de Salvador || Foto Divulgação

O Bradesco derrotou o Santander no leilão para ser o banco de pagamentos a servidores e fornecedores da Prefeitura de Salvador. Levou a melhor com oferta de R$ 160,2 milhões pela renovação do contrato. O banco já é a instituição oficial da prefeitura soteropolitana desde 2013.

Segundo a prefeitura, o contingente global da folha de pagamento do município é formado por mais de 35 mil servidores ativos e inativos e abrange um montante mensal superior a R$ 200 milhões”.

A carteira de fornecedores ativos inclui um cadastro com 7.477 pessoas físicas e jurídicas e um total de 1.900 contratos vigentes. “O valor global dos pagamentos a fornecedores pelo município somou R$ 2,97 bilhões em 2016”, informa a prefeitura.

DEPUTADO APONTA CONQUISTAS E DESAFIOS DO NEGRO NO BRASIL

Tempo de leitura: 2 minutos

Bebeto aponta conquistas e desafios do negro no Brasil

Leis punitivas para discriminação racial, sistema de cotas, maior presença em universidades e no serviço público são apontadas como conquistas dos negros pelo deputado federal baiano Bebeto Galvão (PSB). Apesar de ter passado a desempenhar papéis de maior relevância, os negros ainda têm longo caminho para conseguir equiparar as condições gerais, avalia o parlamentar neste dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra.

“A população brasileira hoje é composta por cerca de 55% de negros, mas só 4,7% dos afrodescendentes estão em postos de direção e 6,3% em cargos de gerência nas empresas”, afirma o deputado, com base em levantamento do Instituto Ethos e do Banco Interamericano de Desenvolvimento publicado em 2016.

Ainda no mercado de trabalho, os negros enfrentam dificuldade na progressão de carreira, na igualdade de salários e são os mais vulneráveis ao assédio moral, segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT). “Esse cenário evidencia que os avanços impostos até aqui não foram suficientes para romper barreiras erguidas em séculos de escravidão, de segregação velada”, argumenta Bebeto.

Enquanto é minoria em postos de trabalho qualificados e nas universidades, a população negra brasileira é presença constante no noticiário policial. O Atlas da Violência 2017 aponta que, de cada 100 pessoas assassinadas no Brasil, 71 são negras. “É exatamente o inverso do que deveria ser. Temos cada vez mais negros mortos e cada vez menos negros com oportunidades de estudar, de se qualificar e conseguir uma boa qualificação no mercado, ainda mais nesse momento de severa crise econômica”, afirmou Bebeto.

Para o deputado, não há dúvidas de que há, sim, o que comemorar neste 20 de novembro, mas também é certo que os agentes públicos, privados e do terceiro setor devem levar a sério a questão da qualidade de vida, da oportunidade de estudo e trabalho visando melhorar as condições, principalmente, da nossa juventude negra”, finalizou o deputado.

ITABUNA REGISTRA ATÉ 30% DE AUMENTO NA ARRECADAÇÃO PRÓPRIA DE IMPOSTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna anuncia aumento na arrecadação de impostos próprios|| Foto Wilson Oliveira

A Prefeitura de Itabuna informou nesta segunda-feira (20) crescimento de 16% na arrecadação do Imposto sobre a Propriedade Predial Urbana (IPTU), 14% no Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e 30% no Imposto de Transmissão de Bens Imóveis Inter-Vivos (ITBI). Porém, não foi informado quanto exatamente entrou nos cofres municipais.

O município atribui o crescimento na arrecadação das receitas próprias ao Programa de Recuperação Fiscal (Refis), que foi prorrogado até dezembro e oferece descontos que variam de 20% a 80% nos juros de mora e multas de impostos devidos até 31 de dezembro do ano passado. O desconto é maior para quem parcelar a dívida por prazo menor.

Embora destaque o aumento na arrecadação própria, o secretário da Fazenda e Planejamento de Itabuna, Moacir Dantas Messias, reclama que nos dois últimos meses a transferência de verbas do Fundo de Participação dos Municípios e outros repasses constitucionais caíram de R$ 35 milhões para R$ 27 milhões mensais.

TEATRO POPULAR DE ILHÉUS APRESENTA PEÇA EM FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO EM RECIFE

Tempo de leitura: 2 minutos

Espetáculo será apresentado em festival nacional em Recife|| Foto Lucas Vitorino

O Teatro Popular de Ilhéus (TPI) participa, na quinta-feira (23), da 19ª edição do Festival Recife do Teatro Nacional. O grupo ilheense apresentará na capital pernambucana, às 19 horas de quinta, no Teatro Hermilo Borba Filho, o espetáculo Os fuzis da senhora Carrar, escrito por Bertolt Brecht. O TPI é um dos poucos grupos teatrais do mundo a possuir autorização para a montagem da obra do dramaturgo alemão, com tradução de Antônio Bulhões e direção de Romualdo Lisboa.

Lançado neste ano, e com pelo menos seis meses de pesquisa antes disso, “Os fuzis da senhora Carrar conta a história de uma mãe viúva que tenta proteger a integridade de seus filhos durante a guerra civil espanhola. A obra, escrita por Brecht durante Conflito real – ocorrido entre 1936 e 1939, ganhou com TPI elementos cênicos que contribuem ainda mais com a envolvente dramaticidade.

Um dos exemplos é o uso de projeções com cenas da guerra civil espanhola, coletadas junto a Filmoteca Española, e também de relatos de mães que tiveram seus filhos vitimados em conflitos ocorridos em zonas periféricas de Ilhéus. As entrevistas foram feitas com presença da atriz Tânia Barbosa, que dá vida à personagem principal, Teresa Carrar, e que pôde sentir de perto a angústia de muitos casos, como o de uma mulher do bairro Nossa Senhora da Vitória, que apesar da confirmação da execução da filha, até hoje não teve acesso ao corpo, para sepultá-lo.

Leia Mais

QUASE 3 MIL MICROEMPREENDEDORES DE ITABUNA E ILHÉUS PODEM TER INSCRIÇÕES CANCELADAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Microempreendedores de Itabuna e Ilhéus têm até quarta para evitar cancelamento de registro

Termina na quarta-feira (22), o prazo para que o Microempreendedor Individual (MEI) regularize o registro e evite o cancelamento definitivo do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).  Corre risco quem não pagou nenhuma contribuição mensal referente aos exercícios de 2015, 2016 e 2017 e, nesse período, também não entregou a Declaração Anual.

De acordo com o Sebrae, em Itabuna e Ilhéus quase 20% dos MEIs precisam correr para regularizar a situação e evitar o cancelamento. Nos dois municípios  do sul da Bahia são quase 3 mil empreendedores que correm o risco de ficar sem inscrição. Atualmente,  Itabuna possui 6.589 MEIs cadastrados e Ilhéus outros 8.985.

O gerente adjunto do Sebrae na região, Michel Lima, explica que a baixa definitiva do CNPJ não poderá ser revertida e os débitos migrarão automaticamente para o CPF vinculado. Ele destaca que, caso tenha o o registro cancelado, o MEI precisará tirar novo CNPJ, se quiser continuar a exercer alguma atividade econômica formalmente.

REGULARIZAÇÃO

Para regularizar sua situação, o empreendedor pode solicitar, via  Portal do Empreendedor, o parcelamento dos seus débitos em até 60 meses. Caso ele realize algum dos pagamentos pendentes ou entregue alguma das declarações atrasadas até o dia 22 de novembro, evitará o cancelamento.

Para mais informações, o MEI pode buscar atendimento gratuito na Central de Relacionamento Sebrae, pelo 0800 570 0800, ou ainda na agência do Sebrae em Itabuna, na rua Paulino Vieira, nº 175, Centro, ou pelo (73) 3613-9734. Já em Ilhéus, a unidade fica na Praça José Marcelino, 100, Centro,  o telefone é (73) 3634-4068.

“A BOFETADA” VOLTA AO TEATRO MUNICIPAL DE ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bofetada ficará em cartaz de sábado a domingo, no TMI || Foto Pimenta/Arquivo

A Companhia Baiana de Patifaria retorna ao palco do Teatro Municipal de Ilhéus com a comédia A Bofetada. O espetáculo teatral ficará em cartaz no teatro ilheense de sexta a domingo (dias 24, 25 e 26), com personagens inesquecíveis como Fanta Maria.

No primeiro dia da peça em Ilhéus, o espectador que levar um quilo de alimento não perecível terá direito a pagar meia entrada (R$ 25,00). Já nos dias 25 (sábado) e 26 (domingo), o ingresso terá valor normal.

A comédia A bofetada estreou em Salvador, em 1988, no Teatro Castro Alves. No ano seguinte, a peça teatral já era considerada um marco da história do teatro baiano, com lotação esgotada com antecedência e sessões extras para a demanda do público. Sua primeira versão gerou críticas positivas da imprensa nacional, ficando em cartaz por quase seis anos.

ÉRISTON NASCIMENTO É ELEITO PRESIDENTE DAS CDLs DO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Encontro definiu dirigente de Canes como presidente das CDLs sul-baianas

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Canavieiras, Ériston Nascimento, foi eleito o primeiro presidente da Associação das CDLs do Sul da Bahia. A escolha para o cargo foi realizada na manhã desta sexta-feira (17), durante reunião das entidades lojistas no Iate Clube de Ilhéus.

A entidade que representa as CDLs do sul da Bahia promove mensalmente um encontro em uma das cidades onde estão sediadas as Câmaras de Dirigentes Lojistas para debater e trocar informações sobre o segmento do comércio. Nessas reuniões surgiu a ideia de escolher um presidente para articular e coordenar as discussões e demandas.

Durante o encontro em Ilhéus, os temas abordados foram as campanhas de final de ano, com a finalidade de aquecer as vendas durante o Natal e Ano Novo, consideradas as datas mais significativas para o comércio. “Essa troca de informações é muito importante para o planejamento das promoções”, ressaltou Ériston Nascimento.

Para o presidente da CDL de Ilhéus e anfitrião do encontro, Clóvis Júnior, a troca de experiências permite que cada uma entidade possa promover uma campanha dentro das suas possibilidades, oferecendo mais atrativos aos clientes. “As parcerias que firmamos nos permitiu planejar uma promoção bastante atrativa”, informou Júnior.

Danilo Galvão, presidente da CDL de Coaraci, diz que a criatividade está sendo a marca da campanha de fim de ano em sua cidade, que conta com grande participação dos associados. “Os prêmios estão sendo oferecidos pelos lojistas e estamos inovando com o uso das redes sociais durante a campanha e a realização dos sorteios”, esclareceu Danilo.

Leia Mais
Back To Top