skip to Main Content
30 de março de 2020 | 08:40 pm

ITABUNA REALIZA MAIOR MUTIRÃO DO DIABETES DO BRASIL

Tempo de leitura: 3 minutos

Cidade do Diabetes se tornou a maior em 13 anos || Imagem Senas Produções

O Mutirão do Diabetes se consolidou como o maior evento de prevenção e tratamento da doença no Brasil, e um dos maiores de mundo, reconhecido pela Federação Internacional do Diabetes. Foram cerca de 25 mil atendimentos, segundo os organizadores, entre procedimentos médicos como exames do olho, pé, rim e coração diabético, no Hospital de Olhos Beira Rio, e ações de prevenção, na Praça Rio Cachoeira.

Na Cidade do Diabetes, foram prestados serviços como exame de glicemia, saúde da mulher, educação física, avaliação auditiva, saúde bucal, psicologia, direitos dos diabéticos, fisioterapia, uso de insulina e orientação nutricional. No espaço Diabetes Kids, crianças realizaram exames de detecção precoce da doença e participaram de atividades lúdicas. “Esse é um momento de conscientização não apenas dos diabéticos, mas de toda família e da sociedade para os cuidados na prevenção, um trabalho que deve ser permanente”, destacou a presidente da Associação dos Diabéticos de Itabuna, Marluce Leão.

Mutirão prestou cerca de 25 mil atendimentos || Fotos Pedro Augusto

O médico Paulo Morales, diretor da Federação Nacional do Diabetes, lembrou que o projeto do Mutirão foi apresentado no Congresso Internacional, realizado no Canadá, como um exemplo a ser seguido em todo o mundo. “Itabuna é um exemplo de que quando se une em torno de uma causa, os resultados são positivos”.

Rafael Andrade (ao centro) e o vice-goverandor João Leão durante o evento || Foto Pedro Augusto

O vice-governador da Bahia, João Leão, representou o governador Rui Costa no evento. “A cidade está de parabéns, se mobilizando para um evento que melhora a qualidade de vida de milhares de pessoas e que deve ser levado para outras cidades da Bahia”.

MAIS AÇÕES E ATENDIMENTOS

Rafael Andrade é o idealizador de mutirão || Foto Pedro Augusto

A Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria de Saúde, ofereceu a estrutura e a logística do Mutirão, com cerca de 600 servidores atuando na Cidade do Diabetes. Além disso, todos os casos que exigem procedimentos e acompanhamento médico, serão tratados através do SUS. “As pessoas já saem do Mutirão com os exames marcados para atendimento na rede de saúde. É importante mostrar o envolvimento de todos os segmentos da sociedade num evento que é orgulho para Itabuna”, disse a secretária Lísias Miranda.

Idealizador e coordenador do Mutirão do Diabetes, que em 2017 envolveu cerca de 1.500 voluntários, incluindo médicos oftalmologistas de Salvador e São Paulo, o médico Rafael Andrade ressaltou o crescimento do projeto.

“A cada ano, o Mutirão vem ampliando as ações e o atendimento, através de parcerias com a Prefeitura, Santa Casa, Uesc, empresas e principalmente com a participação de centenas de pessoas dispostas a colaborar com esse projeto gratificante”.

O Mutirão do Diabetes de Itabuna, promovido pela ONG Unidos pelo Diabetes, Hospital de Olhos Beira Rio e Asdita, foi encerrado com o programa Balanço Geral, da TV Cabrália/Rede Record, com shows da Banda Lordão, Tays Reis e a Banda Vingadora e Raneychas.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top