skip to Main Content
23 de outubro de 2020 | 03:05 am

JEQUIÉ E ITAPETINGA GANHAM AUXÍLIO DO SINESP NO COMBATE AO CRIME

Tempo de leitura: 2 minutos

Jequié e Itapetinga ganham aliado no combate ao crime

Jequié e Itapetinga estão entre os 247 municípios brasileiros que aderiram ao Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp, o antigo Infoseg).  De acordo com o Ministério da Justiça, a ferramenta possibilita, com mais rapidez, a identificação de traficantes de drogas, assaltantes, assassinos, e na localização de veículos roubados, por exemplo.

A possibilidade de encontrar o criminoso mais rápido em Jequié e Itapetinga ocorre porque as guardas municipais dos dois municípios do sudoeste da Bahia poderão consultar os registros policiais e judiciais em um banco de dados nacional. Para ter acesso às informações, os agentes municipais só precisam fazer uma rápida consulta via internet.

De acordo com o Ministério da Justiça, o Sinesp permite que agentes públicos consultem e pesquisem bases integradas de informações sobre pessoas, veículos e armas de fogo. Na Bahia, além de Jequié e Itapetinga,  estão cadastradas as guardas municipais de Feira de Santana, Jacobina, Juazeiro, Lauro de Freitas, Pindobaçu,  Salvador, Tucano e Alagoinhas.

O QUE É SINESP?

O Sinesp é uma nova versão do Infoseg (antiga Rede Nacional de Informações de Segurança Pública) e entrou em funcionamento em abril deste ano. Ele já conta com mais de 50 mil usuários em todo o Brasil. Para uma Guarda Municipal aderir à solução, basta a prefeitura do município interessado entrar em contato com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) para firmar um acordo de cooperação técnica, que tem duração de cinco anos, podendo ser renovado.

O acesso às informações é restrito aos agentes de segurança pública e órgãos conveniados da União, estados e municípios, que devem utilizá-las estritamente no desempenho de suas atribuições legais.

A ferramenta possibilita a consulta a informações seguras de diversos bancos de dados de interesse policial, como cadastros do Departamento Nacional de Trânsito, Sistema Nacional de Armas e Banco Nacional de Mandados de Prisão.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top