skip to Main Content
3 de abril de 2020 | 05:36 am

CHEGOU O DIA!

Tempo de leitura: 2 minutos

Antonio Nunes de Souza

 

Vamos, mais um ano, ver acontecer essas mesmas coisas, mascarando um comportamento social vil e vergonhoso, mostrando ao Menino Jesus que seu aniversário é uma festa para quem pode!

 

Dia de Natal, expectativa da chegada da noite, espera de Papai Noel e, claro e evidentemente, curtir o evento com jantares nababescos, fora dos padrões cotidianos, vinhos especiais, músicas, danças, champanhe, bebidas finas e companhias de parentes, agregados e amigos!

Entre essas coisas, ainda existem aqueles que, com um bom presente, tentam conseguir os amores e encantos da mulher que perturba seu sono durante todo ano sem lhe dar “mole”!

Essa é, sem nenhuma dúvida, o que uma parte privilegiada do mundo, está de prontidão para desfrutar mais uma noite natalina!

Sendo hoje o dia “D”, vale, além de falar do brilho do evento, também sobre as famílias pobres e miseráveis, que, sem nenhuma dúvida, estarão amanhã nas latas de lixos e lixões, pegando os restos jogados fora para satisfazerem as suas fomes. E observem, pelas informações estatísticas, que são milhões de pessoas nessa pobre e vergonhosa situação.

Que a culpa é do governo? Nada disso, pois o governo é uma parte do erro, sendo o erro mais escabroso de uma sociedade mesquinha que somente aprendeu: Somar patrimônios, Diminuir solidariedades, Multiplicar seus numerários e, tristemente, não aprenderam e nem ensinam aos seus dependentes, a Divisão de amor, carinho, fraternidade e ternura!

Vamos, mais um ano, ver acontecer essas mesmas coisas, mascarando um comportamento social vil e vergonhoso, mostrando ao Menino Jesus que seu aniversário é uma festa para quem pode!

Lamento profundamente, não me canso de repetir, mesmo de formas diferentes, essas minhas palavras de desdenho as tais “sociedades organizadas” que cada vez estão mais fechadas!

Bato nessa tecla a dezenas de anos, chegando a ganhar títulos de Comunista, Petista, anarquista e outros mais pejorativos. Mas, na verdade, simplesmente, sou apenas humano!

Antonio Nunes é membro da Academia Grapiúna de Letras (Agral).

Esta publicação possui 4 comentários
  1. Nos tempos de crianças na doce Vila de Mutuns e suas doces e indeléveis lembranças de infâncias do Filho de Mutuns, receber um presente de Papai Noel; uma bicicleta o maior desejo nos doces tempos de infância.

    O natal passava e outro natal vinha mas nunca o bom velhinho lembrou desta então criança do doce Mutuns mas, o gostoso de tudo isso e a certeza que existia Papai Noel e essa doce lenda precisa ser mantida no imaginário da infância de cada um ser humano.

    Sobre o anunciado retratando a simbologia natalina têm tudo haver nos dias de hoje na visão do imortal, Antônio Nunes. Entretanto, nos nossos dias o pedido que este comentarista pedia de presente de Natal ao Papai Noel: que cada homem e
    mulher valorize a honestidade que vale a pena ser honesto. Que esta fábula se transforme em realidade e verdadeira em cada corações neste Natal.
    Aos leitores(as) do Pimenta um Feliz Natal!

  2. Menino Jesus, o menino cresceu , cumpriu o papel de salvador do mundo, mas a maioria das pessoas não querem ser salvas e nem se submeter aquilo que nós temos no novo testamento, amor ao próximo e a Deus sobre todas as coisas,se convertam e creiam no evangelho , se submetam aos mandamentos de Deus, que Jesus mudará sua história….

  3. exitem varias camadas sociais, a pobreza é uma delas.
    existem varias famílias que trabalham duro para dar um NATAL melhor para seus filhos.
    exitem pessoas que não querem trabalhar
    existem pessoas que trocam suas famílias para adotar o mundo das drogas, da marginalidade.
    existem pessoas que não valoriza suas proprias vidas, a maior pobreza é a mentalidade.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top