skip to Main Content
7 de maio de 2021 | 02:26 pm

LEILÃO DO HOSPITAL ESPANHOL SERÁ DIA 7; SÃO 82 LOTES AVALIADOS EM R$185 MILHÕES

Tempo de leitura: 2 minutos

Hospital Espanhol será leiloado no próximo dia 7

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) indeferiu liminar pedida pela Real Sociedade Espanhola de Beneficência que pleiteava a suspensão do leilão do Hospital Espanhol, em Salvador. Com a decisão, o imóvel e outros bens serão leiloados pelo Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5-BA), a partir das 8h30min do dia 7 de fevereiro, no Fórum juiz Antônio Carlos Araújo de Oliveira, no Comércio.
A juíza do Trabalho Rebeca Aguiar Pires Accioly, da Coordenadoria de Execução e Expropriação do TRT5, explica que o ministro Ricardo Villas Bôas Cueva, do STJ, indeferiu o pedido liminar e que, portanto, o leilão não se encontra sub judice: “Foi indeferida a liminar, logo não há, no presente momento, motivo a justificar a retirada dos bens penhorados desta entidade do leilão”, afirma.
A magistrada afirma que a penhora foi efetivada pela Justiça do Trabalho antes da declaração de insolvência da executada pela 8ª Vara Cível e Comercial de Salvador: “O TRT é competente para proceder a expropriação dos bens, por ter sido efetivada a penhora em 30/5/2015 e designada as primeiras hastas públicas do bem em março de 2017, muito antes da declaração de insolvência, que apenas ocorreu em setembro de 2017”.

DÍVIDAS TRABALHISTAS
O hospital foi fechado em 2014 e a Justiça do Trabalho determinou a sua venda para quitar dívidas trabalhistas. O valor de avaliação de todos os bens está em R$ 195.322.015,00. No dia 7 de fevereiro estará disponível para arrematação no leilão o lote 82, correspondente aos imóveis localizados na Avenida Sete de Setembro e avaliados em R$185.238.625,00.
O lance inicial para o lote é de 100% do seu valor avaliado, devendo ser acrescido a esse valor a comissão de 3% do leiloeiro. Trata-se de aquisição originária, sem transferência dos débitos da Real Sociedade Espanhola de Beneficência, ou seja, ao adquirir o imóvel em hasta pública, o arrematante fica livre e desembaraçado dos encargos tributários.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top