skip to Main Content
7 de julho de 2020 | 09:05 am

PREFEITO DE BUERAREMA IGNORA DECISÃO JUDICIAL E NÃO EXONERA PARENTES

Tempo de leitura: < 1 minuto

A prima, a esposa, o tio e a tia do prefeito de Buerarema. Só a esposa foi exonerada. A prima comanda a Saúde, a tia responde pelas Finanças e o tio é o titular da Educação

O prefeito de Buerarema, Vinícius de Orlando (PSDB), decidiu manter os parentes em cargos na gestão municipal, ignorando decisão do juiz Antônio Carlos Maldonado Bertacco. Ao acatar ação civil pública proposta pelo Ministério Público Estadual (MP-BA), o magistrado determinou, em 7 de fevereiro, a exoneração de tias, esposa, prima e demais parentes do governo. Porém, o prefeito exonerou apenas a esposa, que deixou a Secretaria de Assistência Social, no último dia 21.
A decisão judicial é do início de fevereiro, mas os  demais parentes continuam em seus respectivos cargos. Na sessão de reabertura dos trabalhos da Câmara, parte dos parentes do prefeito compareceu ao plenário, a exemplo da prima, Ivna Mororó (secretária de Saúde), da tia Rozilma Andrade (Finanças) e do tio Magnobaldo Santa´ana (Educação), que é pai da dentista Letícia Santa´ana, que ocupa cargo na Secretaria de Saúde.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Parabens ao Ministerio Publico, pelo cumprimento da lei, pois situações “permissivas” como estas, faz com que haja lavagem de dinheiro: tipo salários altos incompatíveis com o cargo, alem de outros crimes utilizando o erário publico.complementando o comentario anterior, o fato dos vereadores serem o representante do povo fiscalizando o prefeito, não exime a responsabilidade da população não, vereadores podem ser manipulados e comprados. A população que tem que ficar atenta para estas e outras situações. ” DE OLHO NELES”.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top