skip to Main Content
26 de setembro de 2020 | 04:49 am

ESTUDANTES DA UFSB PARTICIPAM DE INTERCÂMBIO NO URUGUAI

Tempo de leitura: 2 minutos

Estudantes participam de intercâmbio no Uruguai|| Foto Divulgação

Estudantes das Licenciaturas Interdisciplinares (LIs) da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsb) estão participando, no Uruguai, do Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional – Projeto Paulo Freire.
De acordo com a Ufsb, o objetivo do programa é constituir uma rede formada por Instituições de Ensino Superior da Ibero-América para valorização social e intelectual da carreira docente no ensino básico, priorizando a educação pública em seus distintos aspectos e dimensões e o compromisso da universidade pública com todas as etapas de formação escolar.
O Assessor de Relações Internacionais da Ufsb, Guilherme Foscolo,  explica que o programa é pioneiro na integração acadêmica internacional da Ibero-América e que a instituição está buscando aumentar a parceria internacional.  “Tramitamos acordos não só com instituições do Uruguai, como também do Chile, da Argentina, da Colômbia, do México e do Peru”.
Ele explica que a “possibilidade futura de articulação do programa com outros programas de mobilidade acadêmica, como o PIMA e o Pablo Neruda, abre possibilidades de integração e intercâmbio também para aqueles que decidirem seguir com a carreira nos programas de pós-graduação”.
PROCESSO SELETIVO
São  39 estudantes da Ufsb contemplados com bolsas de estudos para suprir custos de deslocamentos, hospedagens e alimentação durante o período do intercâmbio. Os alunos foram escolhidos por meio de Processo Seletivo para estudantes das LIs nos campi de Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas, e para discentes da Área Básica de Ingresso (ABI).

Nas primeiras semanas, os alunos terão atividades gerais nos turnos matutino e vespertino, com conferências sobre educação e seus mais variados subtemas, como Projeto Ceibal, Rede Global de Aprendizagem, Teoria e Prática Docente e a Didática na Formação Docente Uruguaia.
Eles também vão participar de oficinas intensas de elaboração de projetos interdisciplinares. Nas semanas posteriores, as turmas entrarão em uma imersão em suas respectivas áreas, para maior aprofundamento dos estudos. O programa se encerra dia 21 de abril.
Cátia Santos Oliveira, estudante do campus Sosígenes Costa e bolsista do projeto, afirma que “a experiência de conhecer uma nova cultura, educação e uma sociedade diferente da nossa, para mim, que sou da área de humanas, tem muito conhecimento a agregar aos meus estudos”.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top