skip to Main Content
29 de setembro de 2020 | 02:53 pm

ILHEENSE MORTA EM ACIDENTE DE CARRO É ENTERRADA

Tempo de leitura: 2 minutos

Professora ilheense (à esquerda) foi sepultada nesta sexta. À direita a motorista do carro|| Fotomontagem Correio

O corpo da professora Geovanna Alves Lemos, 41 anos, morta durante um acidente de trânsito, no bairro da Pituba, foi enterrado no Cemitério Campo Santo, na Federação, na tarde desta sexta-feira (16). Familiares, amigos, alunos e colegas de profissão da professora de balé lotaram a cerimônia para prestar as últimas homenagens à vítima de uma colisão na Avenida ACM – a motocicleta em que ela estava foi atingida pelo carro da médica Rute Nunes Oliveira Queiroz, 49.
Gigi, como era conhecida, era filha única e morava com a mãe, uma idosa de 73 anos, na Barra. Ela era de Ilhéus, no Sul do estado, e veio para a capital quando ainda era pequena. A vítima era formada em Dança pela Ebateca e pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), e atualmente cursava os últimos períodos da graduação de Pedagogia.
A familiar disse que não tinha muitas informações do acidente e que, agora, todos estavam preocupados com a situação da mãe de Geovanna, conhecidada como Vidinha, que foi ao velório, mas não conseguiu ficar no enterro.
Autuada em flagrante por homicídio pela morte da professora de balé Geovanna, a médica Rute Nunespagou R$ 4 mil pela liberdade no mesmo dia que foi conduzida à 16ª Delegacia (Pituba). Ela dirigia o veículo Kia Sportage envolvido no acidente que matou Geovanna na Avenida ACM, bairro da Pituba, na quinta-feira (15). Leia mais

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top