skip to Main Content
21 de fevereiro de 2020 | 04:16 am

DATAFOLHA: MARINA E CIRO HERDAM VOTOS DE LULA; CANDIDATA DA REDE EMPATA COM BOLSONARO

Tempo de leitura: 2 minutos

Ciro e Marina são maiores herdeiros de votos de Lula, diz Datafolha

Pesquisa Datafolha feita na semana passada e divulgada pela Folha neste domingo (15) revela que Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) são os principais beneficiários de uma disputa presidencial sem Lula (PT) no páreo. Eles ganham até 5 pontos percentuais em cenários testados sem o ex-presidente, preso desde a noite de sábado (7) em Curitiba (PR). A mesma pesquisa mostra empate entre Bolsonaro (PSL) e Marina em cenário sem o petista – 17% a 15% em cinco dos cenários e 17% a 16% em um cenário sem PT nem Temer.
Na mesma pesquisa, Lula aparece com 30% a 31% das intenções de voto. Sem ele, Ciro varia de 5% para 9% e Marina chega a 7%. Jair Bolsonaro aparece com 15% das intenções de voto com Lula na disputa. E chega a 17% em cenários sem Lula.

Mesmo preso e com perda de votos, Lula continua imbatível || Foto Agência Brasil

LULA IMBATÍVEL
O levantamento também aponta perda de votos de Lula após a prisão do petista, que chegou a 37% e agora varia de 30% a 31% das intenções de voto. Mesmo preso, ele continua imbatível. É o único que pontua acima dos 30%.
Historicamente, o PT abocanha em torno de um terço do eleitorado. Quando Lula sai do páreo, os substitutos petistas aparecem com 1% (Jaques Wagner) e Fernando Haddad (2%).
Wagner foi governador da Bahia por dois mandatos e ministro no primeiro governo Lula e no segundo governo de Dilma Rousseff. Haddad foi ministro da Educação em governos petistas e prefeito de São Paulo. Sem Lula, outro beneficiado é Álvaro Dias, do Podemos, que sai de 3% e chega a até 5% das intenções de votos. Manuela D´Ávilla sai de 2% e chega a 3%.
LULA BATE TODOS NO 2º TURNO
Se perdeu votos no primeiro turno, Lula mantém-se imbatível no segundo turno, segundo a pesquisa. A vitória mais folgada seria contra o tucano Geraldo Alckmin (48% a 27%). Na sequência, derrotaria Bolsonaro (48% a 31%) e Marina Silva (46% a 32%).
Das candidaturas do espectro lulista, a que melhor figura em cenário de segundo turno sem o ex-presidente é a do pedetista Ciro Gomes. Ele empata com Bolsonaro (35% a 35%) e Alckmin (32% a 32%). Não foi testado cenário Ciro x Marina. Num embate Marina x Bolsonaro, a candidata da Rede bate por 44% a 31%. A vantagem é maior diante de Alckmin (44% a 27%). O tucano empata com Bolsonaro (33% a 32%).
A pesquisa Datafolha foi feita de quarta (11) a sexta (13) e ouviu 4.194 eleitores em 227 municípios.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Quanto o PT pagou ao Data Folha, para divulgar essa pesquisa enganosa? Bandido, chefe de quadrilha condenado e sentenciado a 12 anos e 01 mês em regime fechado e réu em mais de 06 processos, liderando pesquisa de intenção de votos! Provavelmente essas pesquisas só deve ter sido feitas com as melícias comandadas por Guilherme Boulos e João Stélide.

  2. Lula Lalau Rato Branco de Esgoto,vulgo Lula Da Silva,presidente do Brasil,só pode ser Brasil,um País de bandidos governados por uma corja de ladrões,graças a Deus que o País existe lei e este ladrão contumaz vive na cadeia.
    “Brasil,o maior patrimônio não é o povo,são as leis do Brasil” Autor desconhecido.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top