skip to Main Content
19 de fevereiro de 2020 | 07:43 pm

PROJETO SOCIAL DO MPT-BA FORMA A PRIMEIRA TURMA DE JOVENS EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Procurador destaca parceria para viabilidade de projeto social

O Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT-BA), em parceria com outros órgãos, entrega nesta quinta-feira (10) certificados de conclusão de curso profissionalizante para 40 adolescentes em situação de vulnerabilidade social em Ilhéus. Os menores são da primeira turma do Projeto Jovem Social. Os contemplados são jovens em cumprimento de medidas socioeducativas, que durante cinco meses receberam capacitação profissional, apoio financeiro, psicológico e social.
Os adolescentes participaram de aulas diárias, com quatro horas de duração, de fotografia, informática, ética, artesanato, corte de cabelo e escova, produção de cosméticos. Os participantes do curso receberam bolsa de R$400, condicionada à frequência às aulas. O dinheiro usado para o pagamento foi obtido em ações movidas pelo MPT-BA. Os alunos também tiveram acompanhamento semanal de psicólogo, além de beneficiados com transporte e lanche
o procurador do MPT-BA Ilan Fonseca, um dos autores da iniciativa, destaca a importância dos parceiros para viabilidade do projeto social. O Projeto Jovem Social é desenvolvido em parceria do Ministério Público do Estado da Bahia, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Ilhéus, Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), além de entidades como a Associação Padre Paulo Tonucci e o Abrigo Feminino.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top