skip to Main Content
3 de dezembro de 2020 | 04:35 pm

ITABUNA REGISTRA PRIMEIRO CASO DA H1N1; A DOENÇA JÁ CAUSOU 15 MORTES NO ESTADO

Tempo de leitura: 2 minutos

Confirmado o primeiro caso da H1N1 em Itabuna|| Foto Vinícius Borges

Foi confirmado o primeiro resultado positivo para subtipo A H1N1 em Itabuna. Um homem de 58 anos está internado no Hospital Calixto Midlej Filho desde o dia 30 de abril. O paciente, que não teve o nome informado, está na unidade de terapia intensiva e seu quadro de saúde é considerado estável.
De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), até o dia 5 deste mês, foram notificados 687 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 54 óbitos no estado. Dentre esses casos, 116 foram confirmados para Influenza, sendo 100 pelo subtipo A H1N1, com 15 deles evoluindo para morte.
Segundo a Sesab, no mesmo período de 2017 foram notificados 200 casos de SRAG, com 18 mortes. No ano passado foram confirmados 19 casos de Influenza, mas não houve registro de óbitos.
MORTES NESTE ANO
Neste ano, foram confirmados casos de A H1N1 em 22 municípios e as mortes ocorreram em seis deles. Salvador é a localidade com maior quantidade de casos, com 10 óbitos ocorridos no período de janeiro a início deste mês. As demais mortes ocorreram em Camaçari (1); Lauro de Freitas (1); Retirolândia (1); Saúde (1) e Serrinha (1).
A Sesab informou que a faixa etária de maior ocorrência foi entre as crianças menores de cinco anos e adultos maiores de 60 anos. Os dados confirmam que 66,6% das mortes ocorreram nesse grupo de pessoas que apresentaram os sintomas da doença.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top