skip to Main Content
27 de novembro de 2020 | 01:59 pm

RUI APOIA GREVE DOS CAMINHONEIROS, MAS APONTA RISCO A SERVIÇOS ESSENCIAIS

Tempo de leitura: 2 minutos

Rui: “a sociedade não pode entrar em colapso” || Reprodução

O governador Rui Costa se posicionou sobre a greve nacional dos caminhoneiros, por meio das redes sociais, na manhã deste sábado (26). No vídeo publicado integralmente no Facebook, Rui declarou apoio a manifestações por um Brasil melhor, mas pediu a cooperação de todos para que a oferta de serviços essenciais à população não sejam interrompidos.
“Como cidadão brasileiro, eu respeito, apoio e me solidarizo como todos os que se manifestam, legitimamente, por um país melhor. No entanto, como governador da Bahia, eu tenho que garantir que não haja um colapso dos serviços públicos. É meu dever garantir a segurança da população e outros serviços essenciais à vida”, afirmou Rui Costa.
GASOLINA A R$ 2,60 COM DILMA
Rui lembrou que no governo da ex-presidente Dilma Rousseff, a gasolina custava R$ 2,60. “Hoje, tá R$ 5,00”, observou. E também lembrou do preço do botijão de gás de cozinha de 13 quilos. Disse que no Governo Lula custava R$ 12,00. “Hoje, custa R$ 80,00. Muita gente passou a usar lenha ou mesmo álcool [para cozinhar]. Foi para isso que eles fizeram a retirada da Dilma e a prisão de Lula? Nós não podemos concordar com isso”.
Neste sábado, o governador cumpre agenda de trabalho no município de Chorrochó, onde entregará um sistema de abastecimento de água e vai autorizar a implantação de um sistema de esgotamento sanitário, além de participar da inauguração do novo prédio do Samu e do Calçadão da Saúde.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Governador demonstre que o senhor realmente está apoiando a greve dos caminhoneiros do brasil, agora abusiva, enviei projeto de lei alterando ICMS para combustível.

  2. Da desgraça que encontra o Brasil a culpa é do PT,embora a porcaria do governo que é uma extensão do PT,Dr. Michel Temer e seus cúmplices em nenhum momento acusou que era culpa da elite que quer desestabilizar o governo,acrescentando que “era nós contra eles” os miseráveis e os ricos,alavancando a divisão do povo brasileiro provocando ódio. Se fosse o PT no poder central do Brasil,as ideias do governador certamente era outra.
    Era assim: ” Esta elite atrasada quer destruir um governo progressista do Brasil,recebendo ordem dos Estados Unidos,mas não vamos permitir” as mesmas ideias que seus cúmplices alegam,Venezuela,Cuba,Coreia do Norte,o eixo do mau.

  3. Nunca vi tanta besteira junta como nessa opinião deste aprendiz de governador. Só ele não sabe que os preços dos derivados de petróleo, nos governos Lula e Dilma, foram mantidos “maquiados” para ganhar as eleições.
    Enganando assim os incautos.
    Ainda, para ele, pertence à elite o pobre diabo que conseguiu comprar uma casa financiada pela Caixa para pagamento em 20 anos e um Fiat-Uno financiado em 72 meses.
    Outrossim, não existe nada mais antigo atribuir aos EE.UU fatos que não agradam a ele; governador.
    Fernando
    Ilhéus\Ba.

  4. Esperar o que desses caras, que admitissem a culpa que tem da situação do país, por que ele não citou o preço da gasolina, do dólar e as dívidas da Petrobrás no final do governo do PT?

  5. Quem o governador acha que engana ? No final do governo Wagner com apoio do PT o icms passou para 30% . E de longecquemais ganha com o combustível caro. Tenha coragem para falar a verdade governador.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top