skip to Main Content
3 de agosto de 2020 | 05:54 pm

O FATOR LÍDICE E A PRESSÃO NA BASE ALIADA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Lídice é segundo nome em pesquisa para 2018 || Foto Tácio Moreira/Metropress

Bem posicionada nas pesquisas de opinião na corrida ao Senado Federal em 2018, Lídice da Mata (PSB) é apontada como o motivo para que o governador Rui Costa (PT) adie a reunião do conselho político do governo baiano, aponta a Coluna Satélite, do Correio24h. O conselho existe desde o Governo Wagner e foi criado para assessorar os governos petistas na Bahia em decisões políticas e para mediar conflitos na base aliada.
Na pesquisa P&A de abril, Lídice aparece em segundo lugar, com 26,1% das intenções de voto, apenas superada pelo ex-governador Wagner. O petista alcança 36%. Quando Lídice é substituída por Angelo Coronel,  o presidente da Assembleia Legislativa alcança 6,5%, ficando em quarto na disputa pela vaga na Câmara Alta. Sem Lídice, o segundo lugar é ocupado pelo deputado federal Jutahy Jr. (PSDB), com 17,5%.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top