skip to Main Content
21 de fevereiro de 2020 | 12:22 am

FUGITIVO DE AURELINO LEAL É RECAPTURADO EM BUERAREMA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bruno foi recapturado em Buerarema hoje

Policiais civis em Buerarema prenderam, nesta quinta-feira (7), Bruno Almeida Santana, que estava escondido em casa de parentes. Bruno é fugitivo da Delegacia de Polícia de Aurelino Leal, também no sul da Bahia.
Após ser recapturado, o criminoso foi conduzido para o Complexo Policial de Itabuna, de onde foi levado para a Delegacia de Aurelino Leal. Ele fugiu em 6 de maio deste ano, quando, junto com Rodrigo Bispo dos Santos, rendeu o carcereiro e ganharam a porta da rua. A dupla responde por assalto e tráfico de drogas.

JÁ ESTÁ COM A FAMÍLIA EM ILHÉUS MENINA QUE ESTAVA DESAPARECIDA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Menina já está com a família 

Retornou para casa da família, nesta quinta-feira (7), Evelin Gabriele da Silva de Andrade, de 13 anos. A menina estava desaparecida desde segunda-feira (4), quando saiu de casa, na Urbis, para ir à Escola Heitor Dias, na Avenida Canavieiras, no centro de Ilhéus. Os familiares não deram detalhes por onde a menina andou.
A adolescente ainda está muito assustada e disse que não quer voltar para a escola. No período em que estava sumida, a menina teria enviado um áudio com pedido de ajuda, mas não informou onde estava. A Polícia Civil deve continuar investigando o caso. Por enquanto, a família de Evelin Gabriele agradece a preocupação da comunidade regional que se mobilizou durante o período de buscas.

GRUPO DE TRABALHO APRESENTA 3 PROPOSTAS DE NOVO MODELO ORGANIZACIONAL DA CEPLAC

Tempo de leitura: 3 minutos

Propostas de modelo organizacional da Ceplac foram apresentadas em Brasília

Após entrevistas com produtores e especialistas do setor, um grupo de trabalho apresentou, na última terça (5), em Brasília, três propostas de novo modelo organizacional da Ceplac. As propostas adotam conceito de Ceplac oferecendo Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) e Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater).
Num dos modelos, a Ceplac seria um misto de Secretaria Especial, com status de secretaria ministerial, e Organização Social (OS). Noutro, Secretaria Especial ou órgão autônomo mais núcleo de inovação tecnológica. A terceira opção é reenquadramento como órgão federal, ente autônomo da administração direta ou indireta. O resultado do trabalho será apresentado ao secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Eumar Novacki, segundo o diretor geral da Ceplac, Juvenal Maynart, que participou da apresentação.

Diretor-geral, Juvenal Maynart explica propostas apresentadas em Brasília || Foto Divulgação

O Marco Setorial Jurídico, observa o diretor, se dá a partir da discussão de um país que já foi o segundo maior produtor de cacau do mundo e sofreu desarranjo em toda a sua cadeia com a chegada, há 30 anos, da vassoura de bruxa onde estava concentrada toda produção nacional. “Isso atingiu a Ceplac, que veio perdendo os quadros qualificados funcionais, diminuindo a sua capacidade de atuação num órgão que tem uma função de pesquisa e de extensão da cacauicultura”.
CIÊNCIA E TECNOLOGIA E EXTENSÃO
Juvenal ressaltou a sensibilidade do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, nas discussões. “Teve a sensibilidade em entender que a Ceplac precisava, antes de tudo, definir de que forma ela iria se colocar num modelo que se integrasse em articulação com todo mundo acadêmico, com todas as relações e com demais órgãos de pesquisa nacional com fim específico pela sua expertise em aumentar a produção de cacau”.

Leia Mais

SERIA SÃO BOAVENTURA UM SANTO PERALTA?

Tempo de leitura: 4 minutos

Walmir Rosário || wallaw2008@outlook.com
 
 

Pelo meu pensar, livre pensar, o líder desse padre de meia batina deveria ser o bispo e outras autoridades religiosas, de acordo com a hierarquia da Igreja Católica, merecedoras do nosso respeito, já que não tem o dele.

 
Não leve o título deste artigo como pejorativo. Pelo contrário. É enaltecedor das peripécias de que pode ser capaz, seja por inconformismo de sua nova casa ou pelo comportamento de seus seguidores. Há quem tenha levantado a tese de que seriam essas suas novas travessuras fruto da redução do número de devotos, haja vista o aumento geométrico dos protestantes, cada vez maior seguidores das velhas e novas denominações de igrejas.
Eu, com toda a sinceridade, não comungo esse estudo, se é que assim pode ser chamado, por não ter visto nenhuma base científica nesta pesquisa, que, de tão chula não pode, sequer, ser chamada de empírica. Acho que nem mesmo tenha saído de conversa de boteco, já quando os clientes se encontram fora do controle de suas faculdades mentais, devido aos efeitos do alto consumo das variadas bebidas alcoólicas.
Para não enrolar muito, explico nessas poucas linhas: É que me senti inconformado com o sumiço da placa de comemoração dos 300 anos de fundação da Paróquia de São Boaventura, há poucos recuados dias. E olha que não é todo dia que temos comemorações deste tipo, com a presença de altas autoridades civis e eclesiásticas, dada a importância do evento.
Acredito, mas longe de mim afirmar que o sumiço da placa tenha sido ação de oposicionistas religiosos intolerantes, do tipo do que estamos vendo todos os dias explodindo prédios e gente por esse mundo de meu Deus. Pelos meus cálculos, isso deve ser fruto de algum desses poucos ateus que habitam em Canavieiras e que agem com certa frequência conforme os ditames da anarquia.
E demonstro: Já no auge dos festejos, um painel que retratava os feitos e eventos históricos da Paróquia de São Boaventura apareceu com uma das fotos fora da ordem, ou seja, de cabeça pra baixo. Após a descoberta, não se discutiu muito o assunto, acho que por acreditarem sem importância, incapaz de levar qualquer mácula, ou pequena nódoa que seja. Tudo bem, passou em brancas nuvens, sem qualquer relevância.
Mas, com o sumiço da placa, os fiéis devotos de São Boaventura não se conformaram e passaram a questionar os pequenos atentados que devem ter a finalidade de desprestigiar tão brilhante homenagem. Mereceu até matéria jornalística investigativa do repórter Nei Amaral, da Costa Sul FM, que incomodaram setores da Igreja, e os motivaram a procurar tal profanada placa, finalmente encontrada num depósito no quintal da paróquia.
Se todos dão o caso por solucionado, volto a dizer que não comungo desse resultado. Mesmo sem ser historiador e não ter o conhecimento do mestre Durval Filho, nem dos memorialistas Raimundo Tedesco, Antônio Tolentino ou Beto Pescoço de Galinha, o que pouco passei as vistas dos acontecimentos pretéritos, a própria imagem de São Boaventura já fez algumas viagens sem a permissão dos dirigentes da Igreja.
Contam que trazida do Poxim para Canavieiras (sede), a imagem do seráfico doutor sumia da Igreja e voltava para o Poxim, caminhando pela praia, onde deixava seus passos impressos na areia. Lenda ou não, faz parte da h(e)istória e levanta a suspeita de que não estaria sendo tratado com a importância do “amável padroeiro”, daí voltando, vez em quando, para o local em que teria desembarcado do navio que o trouxe da Europa.
Ligando um ponto a outro, me lembrei da indignação de um católico fervoroso que não se conformava com o tratamento dispensado por um frade nascido em Canavieiras e que nem mesmo esperou a homilia e deixou a missa por acabar para embarcar num avião. O motivo alegado por esse padre de meia batina é que teria que embarcar para Curitiba, onde participaria de uma manifestação pro Lula, preso na Polícia Federal. Te desconjuro!
Até onde me remete os parcos conhecimentos sobre os votos e a ordenação sacerdotal, as obrigações religiosas estariam acima das mundanas, principalmente das políticas. Quem é que vai acreditar que um padre abandonou o altar para visitar um seu líder, preso por embolsar dinheiro de forma desonesta, como disse a Justiça? Mas me disseram: não ligue não, pois o Tribunal de Contas também não leva muita fé nas ações desse padre, quando na política. Tudo farinha do mesmo saco!
Pelo meu pensar, livre pensar, o líder desse padre de meia batina deveria ser o bispo e outras autoridades religiosas, de acordo com a hierarquia da Igreja Católica, merecedoras do nosso respeito, já que não tem o dele. Mas isso é assunto para o Direito Canônico e outros regulamentos religiosos resolverem se deverão ou não submeterem o dito cujo aos rigores da lei. Será que falta uma força tarefa do tipo Lava Jato na Igreja?
Para concluir, acredito piamente que esse sumiço da placa comemorativa e da colocação da foto de cabeça pra baixo no painel comemorativo foi um recado dado à população de Canavieiras pelo festejado arcebispo de Albano. Ainda mais quando ele é festejado nesta cidade em data antecipada, 14 de julho, quando a data correta é 15 de julho, que também deixou de ser comemorada por um bando de infiéis.
Castigo…na certa. Depois não reclamem das peraltices do Santo.
Walmir Rosário é advogado, radialista e jornalista, além de editor do Cia da Notícia.

SECULT-BA ABRE 50 VAGAS EM SELEÇÃO PÚBLICA COM ATÉ R$ 2,7 MIL DE SALÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Secult-BA abre seleção pública para contratar profissionais

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) anunciou novo Processo Seletivo com 50 vagas para os níveis médio/técnico e superior. A remuneração pode variar de R$ 1.569,17 a R$ 2.729,78 e os contratados deverão atuar em Salvador, de acordo com o edital, em jornada semanal de 40h, via Reda. Além da remuneração, são oferecidos auxílios alimentação e transporte.
As vagas para nível médio/técnico são para os cargos de Técnico de Edificações (1) e Eletricidade (1). As de nível superior são nas áreas de Administração (4), Economia (3), Jornalismo (2), Publicidade (2); Design Gráfico (1); Direito (8); Ciências Contábeis (9); Historiador/Sociólogo (4); Comunicação com Habilitação em Produção Cultural (13); e Administração com Habilitação em Recursos Humanos (2).
A inscrição deve ser feita no período das 6h do dia 11 até as 20h do dia 15 de junho, no site selecao.ba.gov.br. Aqueles que tiverem seus pedidos aceitos serão submetidos à avaliação curricular, conforme determina o edital disponível para consulta no site da SecultBA (www.cultura.ba.gov.br).

ROSEMBERG CONSEGUE R$ 1 MILHÃO PARA OBRAS EM IGUAÍ E NOVA CANAÃ

Tempo de leitura: 2 minutos

Prefeitos do Médio Sudoeste assinam convênio na Conder, com a intermediação de Rosemberg

O deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) conseguiu junto à Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), órgão do Governo do Estado, cerca de R$ 1 milhão para obras de pavimentação e drenagem de ruas dos municípios de Iguaí e Nova Canaã, ambos no médio sudoeste baiano. Os convênios foram assinados ontem (6), na Conder, pelo presidente da companhia, José Machado, pelo diretor de Equipamentos e Qualificação Urbanística (Diurb), Airton Maia, e pelos prefeitos de Iguaí, Rony Moitinho, e de Nova Canaã, Marival Fraga, acompanhado da vice-prefeita Eliana Almeida, com a presença de Rosemberg.
Em Iguaí, serão investidos R$ 524 mil em drenagem e pavimentação com paralelepípedo: as ruas Adalberto Figueiredo, Maciel dos Santos; a travessa e a rua Wanderley Lima, além da da rua da Praça Isabel Rocha. Já Nova Canaã receberá R$ 400 mil para requalificar a Rua Samuel Arcanjo, com drenagem e pavimentação a paralelepípedos, uma antiga demanda dos canaaenses.
“Tenho lutado muito para trazer benefícios à nossa região, e o resultado está aí para todos verem: diversas obras inauguradas e muitas outras anunciadas. Obrigado, governador Rui Costa pela atenção e dedicação ofertadas ao povo do Médio Sudoeste”, declarou o deputado.
Principal liderança política do Médio Sudoeste, o deputado Rosemberg também foi um dos responsáveis pela recuperação com uma nova pavimentação e cinco anos de manutenção dos 57 quilômetros da BA-262 (trecho entre Poções, Nova Canaã e Iguaí), na qual foram investidos R$ 27,6 milhões.
Na inauguração do trecho recuperado, realizada no dia 30 de maio em Nova Canaã, o governador lançou o edital de licitação para restauração da Rodovia BA-263, no intervalo entre Iguaí, Ibicuí e Ponto do Astério, no entroncamento da BA-130.

BREGA LIGHT E TICOMIA SÃO PROIBIDAS DE TOCAR MÚSICA POR CAUSA DE DÍVIDA COM O ECAD

Tempo de leitura: 2 minutos

Festas particulares são proibidas de tocar música por causa de dívida milionária

Três das grandes festas juninas promovidas pela iniciativa privada na Bahia, Brega Light e Ticomia – em Ibicuí – e São João do Allanbick – em Barreiras – estão proibidos, judicialmente, de tocar músicas. Segundo o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), as empresas promotoras destas festas devem quase R$ 3 milhões por não pagamento de direitos autorais.
A dívida foi revelada pelo Ecad ao Bocão News. “Existe uma decisão judicial a favor do pagamento dos direitos autorais aos compositores”, segundo o Ecad, que acusa as empresas de não cumprirem a decisão.
Segundo a reportagem do Bocão News, são R$ 1,6 milhão devidos pelo Brega Light, R$ 700 mil do Ticomia e R$ 690 mil do São João do Allanbick.  As empresas que promovem o Ticomia e o Brega Light não pagam direitos autorais desde 2012 e a festa de Barreiras desde 2005, segundo o Ecad.
FESTAS CONFIRMADAS
As festas estão confirmadas, apesar dos débitos. O Forró Ticomia anunciou, para 23 de junho, Dorgival Dantas, Gabriel Diniz, Mano Walter, Luan Estilizado, Lordão, Calcinha Preta e Mastruz com Leite.
Já o Brega Light, anunciado para os dias 22 e 24 de junho, terá shows de Aviões, Safadão, Gusttavo Lima, Parangolé, Trio da Huanna,  Donas do Bar, Jorge e Mateus, Léo Santna, Marcia Felipe, Jonas Esticado, Solange Almeida e Zé Neto e Cristiano. O Allanbick deve reunir Solange Almeida, Gusttavo Lima, Isaias Estilizado e Toinho & Cia.

CARRO USADO NO SEQUESTRO DO GERENTE DO BB DE IBIRAPITANGA FOI ROUBADO EM ITACARÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Agência do BB funcionou nesta quinta-feira

Um dos três veículos usados por criminosos no sequestro de funcionários para levar dinheiro da agência do Banco do Brasil de Ibirapitanga, por volta das 8h30min de quarta-feira (6), foi roubado na zona rural de Itacaré. O veículo GM Onix, placa QOE-3179, foi roubado por dois bandidos encapuzados, no dia 31 de maio.
O gerente e um outro funcionário do BB contaram à polícia que tiveram o veículo, um Peugeot 206, interceptado por volta das 8 horas, na BR-101, nas imediações do Posto Santo Antônio, em Uruçuca. Os bandidos assumiram o controle do veículo, que foi abandonado dois quilômetros depois do trevo de Ubatã, em um ramal. Em seguida, eles colocaram as vítimas no Onix roubado em Itacaré e um Fiesta ainda não identificado.
Os bandidos armaram artefatos, possivelmente explosivos, no corpo do gerente do banco e seguiram para Ibirapitanga, onde exigiram a retirada de valores que não foram revelados. Depois seguiram com gerente e o funcionário no sentido ao distrito de Itamarati. Os criminosos liberam as vítimas na zona rural.
Além dos dois bancários, outras duas pessoas estavam no Peugeot e ficaram o tempo todo em poder dos marginais. A agência do Banco do Brasil de Ibirapitanga  funcionou normalmente nesta quinta-feira.

ADOLESCENTES DESAPARECEM EM ITABUNA DEPOIS DE SAIR DE FAZENDA EM FERRADAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Adolescentes desaparecem em Itabuna

Dois adolescentes de Itabuna estão desaparecidos desde o dia 25 de maio. De acordo com familiares, Élber de Sena Aragão, 16 anos, e Israel Nascimento Sousa, 14, são amigos e cursam o sétimo ano do ensino fundamental na cidade.
No dia 21 de maio, Israel saiu da casa onde mora, no bairro Zizo, disse que ia encontrar o amigo, e que juntos iriam para uma fazenda onde o pai do Élber trabalha, no bairro Ferradas. Eles passaram uma semana por lá e quando disseram que iam retornar para casa, no dia 25, pegaram um ônibus por volta das 11h da manhã, e depois disso nunca mais foram vistos.
O caseiro José Márcio Aragão, pai de Élber, fez um apelo emocionado por notícias do filho e do amigo dele. “Já rodei Itabuna toda e ninguém dá notícia. Quem souber de alguma notícia, por favor, nos ligue, nos dê informações, pelo amor de Deus”, pediu.

Leia Mais

"SÃO JOÃO NOS BAIRROS" AGITARÁ O SANTO ANTÔNIO NESTE DOMINGO

Tempo de leitura: < 1 minuto

São João nos Bairros atrai milhares de pessoas e é vitrine para bandas regionais

Quadrilhas juninas também se apresentam nos bairros durante evento da TV Santa Cruz

Após atrair milhares de pessoas à Avenida Manoel Chaves (Kennedy), no São Caetano, o próximo destino do São João nos Bairros, da TV Santa Cruz, será o Santo Antônio. O arrasta-pé na Praça José Monstans começará às 16 horas deste domingo (10), com apresentações de quadrilhas juninas, teatro, grupos de dança, além das bandas Caxangá e Para Tudo.
O São João nos Bairros começou em grande estilo, no Fátima, e será encerrado no dia 16, um sábado, com muito forró e rala-bucho, na histórica Ferradas. O projeto conta, ainda, com um espaço para os patrocinadores, com as tradicionais brincadeiras juninas e sorteio de brindes para o público.
Promovido pela TV Santa Cruz, o São João nos Bairros conta com patrocínio do Shopping Jequitibá, Meira, Axé da Sorte e Plansul, além dos parceiros Prefeitura de Itabuna e Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC).

Back To Top