skip to Main Content
5 de abril de 2020 | 04:49 am

EMPRESÁRIO QUE CHAMOU PAULO SOUTO DE "BOM FILHO DA PUTA" É CONDENADO A PAGAR R$ 295 MIL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Cavalcanti xingou Paulo Souto || Foto Tiago Melo

R$ 295 mil. Este é o valor que o empresário baiano João Cavalcanti deverá pagar ao ex-governador e hoje secretário da Fazenda de Salvador, Paulo Souto (DEM), a título de indenização por danos morais. Cavalcanti, conhecido como Homem do Minério na Bahia, chamou Souto de “bom filho da puta” numa entrevista à Rádio Tudo FM, hoje extinta.
“[A declaração contra Souto] infligiu chancela de desmoralização quanto a sua condição de filho e referiu-se à genitora deste como uma mulher desqualificada, profissional do sexo, que obtém lucro através de serviços sexuais”, escreveu, na sentença, o juiz Paulo Albiani Alves, da 10ª Vara Cível e Comercial de Salvador. Com informações da Coluna Satélite, do Correio24h.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. O empresário deve recorrer imediatamente para o TJ-BA julgar e abaixar este valor que é muito alto, movimenta a Industria dos Danos Morais e causa Enriquecimento Ilícito, sabemos que Paulo Souto é um homem público, político e que não é santo.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top