skip to Main Content
3 de agosto de 2020 | 12:17 pm

TIROTEIO E MORTE NA SOARES LOPES

Tempo de leitura: 2 minutos

Samuel (à direita) é suspeito de atirar em Eric Souza

A festa de aniversário dos 484 anos de fundação de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, foi interrompida, há pouco, após registro de tiroteio na região próximo ao evento. As primeiras informações são de que, pelo menos, uma pessoa foi atingida gravemente e não resistiu. A suspeita é de que o crime tenha a ver com a disputa pelo tráfico de drogas.

Polícia Militar foi acionada e pelo menos uma pessoa ficou gravemente ferida

Equipes da polícia militar e da Secretaria de Saúde de Ilhéus foram acionadas. Um policial militar, de folga, levou um tiro no joelho durante o tiroteio. O soldado, de 28 anos, acabou encaminhado para o Hospital Regional Costa do Cacau. Uma jovem que estava na festa resumiu o cenário ao PIMENTA: “desesperador”.
O morto no tiroteio na Avenida Soares Lopes foi identificado como Eric Sousa e o autor dos disparos, rendido pela polícia militar, como Samuel Pólvora, além de Igor Jesus da Silva.
De acordo com o delegado regional da Polícia Civil em Ilhéus, Evy Paternostro, Eric é filho de Irineu Souza dos Santos, o Coroa Irineu, líder da facção criminosa Terceiro ou Tudo 3. Em fotos e vídeos ainda na festa, Eric aparece fazendo o símbolo do 3. Atualizada às 07h22min e 10h35min.

NÚMERO DE HOMICÍDIOS EM CONQUISTA CRESCE MAIS DE 30% EM 2018

Tempo de leitura: < 1 minuto

Tentativa de chacina em Conquista resultou em duas mortes e dois baleados em 13 de junho

Do Blog de Giorlando Lima
Na noite de quarta-feira (27) três homens foram mortos a tiros e um ficou ferido em um bar do bairro Cidade Maravilhosa, em Vitória da Conquista. Foi a segunda chacina ocorrida na cidade no mês de junho. A primeira aconteceu duas semanas antes, em pleno dia, na porta de uma escola, no bairro Ibirapuera. Também era uma quarta-feira (13) e dois adolescentes foram mortos e outros dois feridos em frente à Escola Municipal Professora Ridalva Correia Melo. Com as mortes dos dois adolescentes, Vitória da Conquista chegava a 100 homicídios em 2018. Desde então, o número aumentou e chegou a 109 com o triplo assassinato da quarta-feira.
A quantidade de homicídios nos últimos seis meses no município já é 34,5% maior que o mesmo período do ano passado, faltando ainda dois dias para terminar o mês e o primeiro semestre. Em 2017, segundo os dados oficiais disponibilizados no site da Secretaria de Segurança Pública (SSP), foram 81 mortes, incluindo homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, os tipos de crimes que se enquadram na sigla CVLI (crimes violentos letais intencionais). Clique e confira a íntegra da matéria do Blog de Giorlando Lima.

ILHÉUS – 137 ANOS DE CIDADANIA. O QUE COMEMORAR?

Tempo de leitura: 7 minutos

José Nazal Pacheco Soub | nazalsoub@gmail.com
 

Continuarei com a esperança de um dia ver a cidade ser governada por alguém que realmente pense nos interesses de Ilhéus e não do próprio ou de outrem. Como já estou no amiudar da vida, talvez não veja. Porém, vive em mim a certeza de que meus filhos verão e meus netos desfrutarão de uma Ilhéus melhor. 

 
Hoje Ilhéus completa 137 anos de Cidadania, conferida pela Lei Provincial nº 2187 de junho de 1881, tendo sido instalada somente a 14 de agosto, quarenta e sete dias depois da elevação à categoria de cidade. Cidade mãe deste chão sul-baiano, de lá para cá temos diminuído, tanto no aspecto territorial quanto no político. 
Participo formalmente da vida política da Cidade desde 1º de fevereiro de 1977, quando exerci o cargo de Oficial de Gabinete no primeiro mandato de Antônio Olímpio. Naquele tempo, todos tinham a Carteira Profissional assinada. Daí em diante exerci funções comissionadas nos governos seguintes, com exceção para o segundo mandato de Antônio Olímpio, o de Valderico Reis e o último de Jabes. Aprendi muito com todos e com as experiências vividas, aumentando a cada dia o meu amor pela terra onde nasci. 
Lancei pré-candidatura a prefeito no ano de 2016 e, como é do conhecimento de todos, compus uma aliança com Mário Alexandre, colocando-me como candidato a vice-prefeito com total apoio do meu partido, a Rede Sustentabilidade. Não me contentando em ser apenas vice, assumi uma secretaria no intuito de poder colaborar na administração, sobretudo para tentar implantar uma nova política, exigência dos tempos de hoje. Deixei o cargo de secretário há sessenta dias, afastando-me completamente dos processos decisórios do atual Governo, dos quais de minha parte acabaram por ser mais de natureza administrativa e quase nenhuma política. 
Minha última participação no governo foi a de materializar a lei que delimita o território ilheense, identificando os locais indicados legalmente, onde deverão ser colocados os marcos definitivos e eu espero que sejam colocados. Vou entregar o Termo de Referência e a solicitação para a execução, juntamente com o projeto de lei para atualização dos limites distritais e ajuste dos bairros. Entendo que essa ação resguarda nosso pertencimento territorial em relevância política e administrativa, tanto para o momento atual como para momentos futuros. 
Faço esse preâmbulo para questionar a grande festa do Dia da Cidade. O que comemorar? Em minha última conversa pessoal com Mário, há uns quarenta e cinco dias, ele me afirmou que não faria festividades em razão da situação financeira. “Ótimo! Parabéns pela decisão”, foi minha resposta. Na verdade, havia uma sinalização negativa do apoio estadual, face às mudanças no quadro político, permitindo que o governo estadual fizesse um esforço menor, ante ao pleito eleitoral que se aproxima. E fiquei surpreso com o anúncio da festa. 
Convém ressaltar que não sou contra comemorações e festas, porém só faz festa quem pode pagar a conta. A Bahiatursa está ajudando, no entanto, a conta que ficará para o município arcar é igual ou maior. Mesmo que seja um pouco menor, é muito para quem não está com as contas em dia. 
Como fazer festa com a maioria dos aluguéis dos imóveis locados em atraso? Como fazer festa com o setor de atendimento aos tuberculosos faltando “copinho para exame do escarro”? Esse problema foi resolvido com empréstimo por parte da administração do Hospital Regional Luís Viana Filho. 
Como fazer festa se a Escola Municipal de Tibina está sem telhado há cinco anos e meio? Quatro anos do governo passado e um e meio desse governo. E por dever de justiça, afirmo aqui que foi o pedido prioritário da secretária de Educação. Ninguém se importou! 
Como fazer festa sabendo que a Prefeitura de Uruçuca construiu (estou dizendo construiu) uma escola na região do Lajedão, no distrito de Banco Central? Como fazer festa com o município de Uruçuca administrando uma escola na fazenda vizinha à Vila de Castelo Novo? Como fazer festa com a escola Cecília Novaes, administrada por Uruçuca dentro do território de Ilhéus? Como fazer festa com a evasão escolar e a administração de uma escola dentro de Ilhéus sob a responsabilidade do município de Itajuípe? E a repetição desse fato em Buerarema, Itabuna, Coaraci e Una?  
Ninguém se importa! Os governantes em geral não têm noção alguma de quantos alunos de Ilhéus estão sendo contados nos Censos Escolares dos municípios vizinhos. É a comodidade?! Mais fácil o outro tomar conta? Resultado: na próxima revisão territorial perderemos mais chão e, com isso, cada vez mais recursos para cuidar de nossa população! Estive em Banco Central há dez dias e me surpreendi com a quantidade de pedidos para entregarmos o distrito para Uruçuca. Não é demagogia, basta ir e conferir. 
Como fazer festa sabendo que as estradas municipais estão sem receber manutenção e conservação? E não adianta culpar qualquer um dos secretários. Deve ser uma decisão conjunta do governo, com ampliação da frota e patrulha mecânica. A exemplo de optar por não fazer festa e comprar uma motoniveladora ou um caminhão ou um rolo compressor! Um de cada vez. Aí daríamos oportunidade para o morador do campo, para o produtor, evitando inclusive o êxodo rural, com o inchaço da cidade e seus problemas correlatos! 
Como fazer festa, se as estradas não permitem um transporte escolar decente, evitando inclusive a lei ser burlada com o uso de camionetes inadequadas ao transporte, principalmente para a segurança das crianças? É ruim a qualidade do serviço prestado pela empresa contratada. Quem quiser vá conferir. Ônibus velhos e da pior qualidade. 
Como fazer festa, se cheguei a Castelo Novo e as professoras afirmaram que a merenda era biscoito e suco artificial, porque não tem água potável para servir às crianças? Ninguém sequer discute o problema. E esse fato se repete em vários locais do interior. 
Como comemorar, se o atendimento da Atenção Básica à Saúde está deficiente e insuficiente, tanto na cidade como no interior? Houve melhora? Sim, porém, muito pouca face às demandas postas. Comemorar com reforma? Fazer reforma e manutenção é obrigação, não motivo para inauguração e festividade. É básico de um governo que se envergonhe! 
Nunca na história de Ilhéus tivemos o apoio por parte do Estado na área de Saúde. Causou ciúme em gestores passados. Sabe o que aconteceu? Perdemos esse apoio. O que está sendo feito e será feito é apenas o pactuado. O que era extra e espontâneo, nós perdemos. A Unidade de Pronto Atendimento que será “inaugurada” hoje, no prédio da antiga Policlínica Halil Medauar, que já tem quase duas décadas, era para ter iniciado as atividades desde abril, absorvendo os servidores do Hospital Geral Luís Vianna Filho, que encerrou as atividades no início de março deste ano. 
Como fazer festa, se não levamos a sério a questão da coleta e destinação dos resíduos sólidos, obrigando o município a uma despesa volumosa, que poderia ser aplicada em outros serviços essenciais e na melhoria da qualidade de vida da população? Não temos Plano de Saneamento Básico, não temos Plano de Resíduos Sólidos, instrumentos legais obrigatórios para o município. Ninguém se preocupa, ninguém discute. A discussão que se iniciará após a festa da cidade é decidir quantos milhares de pessoas serão anunciadas nos releases, seguido de como será o Réveillon? Depois, como será o Carnaval? A cidade precisa de uma discussão séria, analisando os problemas de fundo, inclusive com a absoluta participação da sociedade, que na maioria das vezes se omite. 
Como fazer festa, se nada se faz para que o município possa receber as pedras que serão retiradas da obra da ponte, para serem colocadas na Sapetinga, São Miguel e São Domingos? É imperativo que os locais estejam ambientalmente licenciados. Mas não se discute o projeto. 
Não fiz campanha e não andei pedindo voto para depois ver o governo deixar de lado os verdadeiros interesses de Ilhéus. Não fiz campanha para encher os cargos de confiança com pessoas de fora, sem compromisso com Ilhéus. Para não ser injusto e por ter sido testemunha do esforço dispensado, excluo dessa lista Gilson Nascimento, que tenho visto sua dedicação exclusiva, sem medir esforços para melhorar nossos problemas no trânsito e mobilidade. Não fiz campanha para ver pessoas ocuparem os mais altos cargos e manterem compromissos com empresas que continuam ligados.
Não fiz campanha para ver uma servidora que ocupava o cargo de Tesoureira ser substituída por um indicado do ex-prefeito de Itabuna, com a alegação de que será feito “um planejamento financeiro para Ilhéus”. Não fiz campanha para ver ex-candidato de outro município ocupar cargo importante sem conhecer os verdadeiros problemas de Ilhéus. Falo isso com conhecimento de causa, pois ocupei durante três anos e meio o cargo de secretário em Uruçuca, tendo dedicado todo tempo que passei por lá a estudar e trabalhar em benefício daquela comunidade. Tenho certeza, sem falsa modéstia, que sai de lá de cabeça erguida, respeitando e sendo respeitado. Quando vou lá sou muito bem recebido. Respeitei e conquistei o respeito até da oposição ao então governo. Aqui é diferente. Quem de Ilhéus conhece os que não são daqui? Quem os vê no dia a dia da cidade? 
Quando me afastei politicamente de Jabes, externei-lhe o que mais me incomodava: governar apenas ele e mais dois. Com Newton assisti ao mesmo filme no segundo governo. Agora, revendo novamente isso acontecer, não posso aceitar. 
Para finalizar, como poderia ir à festa da Cidade, depois de ouvir essa semana (por inconfidência involuntária de um secretário) que o prefeito ia dar ponto facultativo na sexta-feira (29), emendando os feriados de hoje até segunda-feira (2) para passar uns dias nos Estados Unidos com a família? Eu pensei que a cidade seria governada pelos dois homens fortes do governo na ausência do prefeito, porém, ao terminar de escrever esse texto, recebi a informação de que haveria transmissão do cargo. O ato de transmissão foi encerrado há pouco. Informei, de frente, que este artigo estava pronto e que faria esta alteração antes de publicar. Disse também que não procederia a nenhuma exoneração, ainda que desejasse. Meu pensamento é o de que apenas exonerar por três dias não terá o efeito que desejo; se assim fosse, procederia sem titubear. 
Continuarei com a esperança de um dia ver a cidade ser governada por alguém que realmente pense nos interesses de Ilhéus e não do próprio ou de outrem. Como já estou no amiudar da vida, talvez não veja. Porém, vive em mim a certeza de que meus filhos verão e meus netos desfrutarão de uma Ilhéus melhor. 
Saúdo a todos os ilheenses, a todas e todos os que votaram em Mário e em mim, acreditando em dias melhores, saúdo de forma especial àqueles que desejam e lutam para alcançarmos um patamar de governança, cidadania e participação social, comprometidos com o verdadeiro interesse público da cidade e seu povo. 
Salve São Jorge dos Ilhéus!
José Nazal Pacheco Soub é vice-prefeito de Ilhéus.

IFBA ABRE 5,1 MIL VAGAS EM ILHÉUS, EUNÁPOLIS, PORTO E OUTROS 16 CAMPI

Tempo de leitura: 2 minutos

IFBA abre inscrição para processo seletivo 2019.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) abre, no próximo dia 3, inscrições no processo seletivo 2019 para cursos técnicos nas formas integrada e subsequente. Para o campus de Ilhéus, as oportunidades são nos cursos de técnicos em edificações (30), informática (30) e segurança do trabalho (60), no período noturno, na modalidade subsequente. E outras 150 vagas nesses mesmos cursos, no turno da manhã, na modalidade integrada.
Em Eunápolis,  as vagas são para os cursos técnicos em meio ambiente (40), segurança do trabalho (40) e informática (40) na modalidade subsequente, no turno da noite, e outras 180 no período da manhã, na modalidade integrada. Ainda no extremo sul, na unidade de Porto Seguro, são 90 vagas nos cursos técnicos em alimentos, biocombustíveis e informática, na modalidade integrada.
No baixo sul, no campus de Valença, as vagas são para os cursos de aquicultura (70), guia de turismo (70) e informática (70). Ao todo, são ofertadas 5.185 vagas, sendo 2.715 para o integrado e 2.430 para o subseqüente, distribuídas no estado. Além de Ilhéus, Eunápolis, Porto e Valença, as vagas são para os campi de Barreiras, Brumado, Camaçari, Euclides da Cunha, Feira de Santana, Irecê, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Salvador, Santo Amaro, Seabra, Simões Filho e Vitória da Conquista.

Leia Mais

DIAGNÓSTICO DE DIABETES EM HOMENS AUMENTOU 54%

Tempo de leitura: 3 minutos

Aumenta o diagnóstico de diabetes em homens

O percentual de homens que apresentaram diagnóstico médico de diabetes aumentou 54%, entre os anos de 2006 e 2017. De acordo com o Ministério da Saúde, os dados, da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), servem para alertar a população no Dia Nacional de Controle do Diabetes, celebrado anualmente no dia 27 de junho.
Segundo o Ministério da Saúde, há 11 anos, o percentual de homens que tinham sido diagnosticados com a doença era de 4,6%, agora o índice passou para 7,1%. Apesar de apresentarem percentual mais elevado em 2017, as mulheres (8,1%) tiveram um crescimento de 28,5% no mesmo período.
“O diabetes é uma doença crônica que pode ser evitada, desde que  hábitos saudáveis, como uma alimentação adequada e a prática de atividade física, sejam adotados. O objetivo do Vigitel é monitorar anualmente esses fatores de risco e proteção para doenças crônicas e, com isso, acompanhar indicadores de saúde que dão subsídio a formulação e reformulaçao de políticas públicas”, declarou Marta Coelho.
A pesquisa trouxe, também, que o indicador de diabetes aumenta com a idade, principalmente entre idosos com mais de 65 anos (24%) e é maior entre os com menor escolaridade, que frequentaram a escola por até oito anos (14,8%). Já entre as capitais, a frequência do diagnóstico médico de diabetes variou entre 4,5% em Palmas e 8,8% no Rio de Janeiro.

Leia Mais

SEBRAE ANUNCIA MAIS DE 200 VAGAS PARA CAPACITAÇÃO EM ITABUNA E ILHÉUS

Tempo de leitura: 3 minutos

Ponto de Atendimento do Sebrae em Itabuna || Foto Maurício Maron

Viviane Cabral || Agência Sebrae
Já estão abertas as inscrições para 240 vagas de capacitação do Sebrae, em Itabuna e Ilhéus, nas áreas de atendimento ao cliente, mídias sociais, vendas, gestão de estoque, planejamento e liderança. As inscrições já podem ser feitas na Loja Virtual do Sebrae Bahia ou pelos telefones (73) 3634-4068 e (73) 99974-2263 (Ilhéus) ou (73) 3613-9734 e (73) 99974-2262 (Itabuna).
De acordo com o gerente adjunto do Sebrae, Michel Lima, as temáticas dos cursos são definidas de acordo com a necessidade dos empreendedores, que têm buscado investir na inovação dos seus negócios, para torná-los mais competitivos. “As demandas são identificadas a partir dos programas de atendimento às micro e pequenas empresas da região”, explica.
Na área de mídias sociais, os empreendedores terão a oportunidade de conhecer e aprimorar as técnicas sobre como utilizar as ferramentas digitais para impulsionar as vendas. A clínica tecnológica sobre o assunto é gratuita e está marcada para o dia 5 de julho, das 14h às 16h, no auditório do Sebrae, em Ilhéus.
Ainda em Ilhéus, será realizada a oficina Pratique Abordagem de Vendas para Microempresas, no dia 12, das 13h às 17h, com o foco na aplicação de um planejamento e de técnicas como sondagem, simulação e contorno a objeções para aumentar a eficiência e o resultado empresarial.
Já para aqueles que desejam planejar os seus negócios, o ideal é participar da Sexta da Oportunidade, que acontece na agência do Sebrae em Itabuna, no dia 13 de julho, e em Ilhéus, no dia 20. Os encontros são gratuitos e têm o objetivo de orientar aqueles que desejam abrir o próprio negócio, a partir de informações atualizadas de mercado.
No dia 24, os micro e pequenos empresários terão a oficina gratuita Pratique Atendimento, das 18h às 22h, na agência de Itabuna. A ideia é orientar os profissionais sobre atitudes e práticas de atendimento, além de procedimentos e estratégias, visando identificar as necessidades do cliente.
Na programação, ainda está prevista a clínica tecnológica sobre Boas Práticas de Gestão de Estoques, com soluções inovadoras sobre os processos logísticos e os modelos de gestão de estoques. O encontro também é gratuito. Será no dia 26, das 19h às 21h, no Sebrae Itabuna.
LIDERANÇA E ATENDIMENTO
Os empreendedores interessados em desenvolver liderança em alta performance podem se inscrever no Workshop de Líder Coach, que acontece nos dias 17, 18 e 31 de julho, e 1º de agosto, em Itabuna. O investimento é de R$ 500 à vista ou dividido em quatro vezes no cartão.
Já em Ilhéus, as inscrições estão abertas para o curso sobre “Como atender melhor o cliente”, que será realizado de 23 a 27 de julho. A capacitação visa desenvolver nos participantes competências para contribuir para a satisfação do cliente, refletir sobre ações e procedimentos de atendimento em uma empresa, e planejar ações que possam gerar impacto positivo nos resultados. O investimento é de R$ 80.
O Sebrae em Ilhéus fica localizado no Edifício Premier Business Center, Avenida Osvaldo Cruz, 74, Cidade Nova. Já em Itabuna, o ponto de atendimento fica na Rua Paulino Vieira, 175, Edifício Lizete Mendonça, Centro. Outras informações podem ser obtidas na Central de Relacionamento Sebrae, no 0800 570 0800, ou ainda pelos telefones (73) 3634-4068 e (73) 99974-2263 (Ilhéus), ou (73) 3613-9734 e (73) 99974-2262 (Itabuna).

PREFEITO DE EUNÁPOLIS PAGA MENOS DE UM SALÁRIO PARA CONSELHEIROS TUTELARES

Tempo de leitura: < 1 minuto

Prefeito terá que reajustar salário dos conselheiros tutelares

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) recomendou a Robério Oliveira (prefeito) e a Luiz Otávio Borges (secretário de Administração) que convoquem dois conselheiros tutelares suplentes e que revisem o salário pago aos conselheiros do município de Eunápolis. O salário não é corrigido desde 2009 e é menor que um mínimo. O Conselho Tutelar de Eunápolis, que deveria contar com cinco membros, está funcionando com apenas três, devido ao desligamento de uma conselheira e das férias de outra.
Na recomendação, o promotor de Justiça Dinalmari Mendonça Messias, explica que “a não convocação de suplente para desligamento, férias, licença ou qualquer outro afastamento de conselheiro tutelar caracteriza ato de improbidade”. Caso não atendam ao pedido feito pelo representante do MP-BA, o prefeito Robério Oliveira e secretário de administração serão acionados na justiça.
Com relação ao salário dos membros do Conselho Tutelar, que hoje é de R$ 900,00, a recomendação é que os gestores municipais procedam à correção, pela inflação oficial, desde 2009, pois “desde então não houve nenhuma correção”, contrariando a Constituição Federal, salientou Dinalmari Messias. Para alterar o valor, um projeto de lei precisa ser elaborado pelo Executivo e encaminhado para o Legislativo municipal.

PROGRAMA DO CÂNCER DE MAMA ATENDERÁ EM UBAITABA E OUTRAS 13 CIDADES DO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Programa itinerante chega a Ubaitaba na segunda-feira|| Foto Aleilton Oliveira

No próximo mês, moradoras de Camacan serão as primeiras atendidas por uma das equipes do programa itinerante Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama, da Secretaria de Saúde da Bahia. O atendimento no município de pouco mais de 33 mil habitantes será realizado de 2 (segunda-feira) a 18 de julho.
No dia seguinte, na terça-feira, outra equipe do programa itinerante inicia o trabalho em Ubaitaba. De acordo com o cronograma da Sesab, o atendimento às mulheres com idade de 50 a 69 anos será feito até o dia 13. Durante o mês de julho o programa passará ainda por Ibirapitanga, Aurelino Leal, Maraú, Itajuípe, Coaraci, Almadina, Jussari, Pau Brasil, Itapitanga, Ibicaraí, Floresta Azul e Itaju do Colônia.
Segundo a Sesab, a meta  é atender 14.740 mulheres na faixa de 50 a 69 anos, residentes nos 14 municípios do sul da Bahia. A diretora de Projetos Estratégicos (Dipro) e, coordenadora do Saúde sem Fronteiras, Jucélia Nascimento, destaca que mamografia é o exame que detecta precocemente o câncer de mama. Para ser atendida a mulher deve levar um documento de identidade, o Cartão do SUS e um comprovante de endereço.

Leia Mais

PRESOS NO SUL DA BAHIA SUSPEITOS DA MORTE DE EX-PREFEITO DE PAU BRASIL

Tempo de leitura: 2 minutos

Polícia prende acusados de matar ex-prefeito de Pau Brasil (foto)

Policiais civis prenderam, nesta quinta-feira (28), em Itabuna, Camacan e Pau Brasil três suspeitos de envolvimento no assassinato do ex-prefeito e comerciante Marcos Santos  Rocha, de 62 anos. Os detidos são Robélio Brito de Oliveira, Wellington Wadson Araújo de Oliveira, o “Binho”, de 29 anos, e Herwton Assis Santos, de 39 anos.
De acordo com a polícia, o mandante do crime é Robélio Brito, preso em Itabuna. As investigações apontam que o acusado tinha uma dívida com o ex-prefeito de Pau Brasil, por conta da compra de três carretas de gado. Sem condições financeiras para quitar o débito, segundo a polícia, Brito decidiu contratar Wellington Wadson e Herwton Assis para matar o político e comerciante. Wellington Wadson foi detido na zona rural de Pau Brasil e Herweton Assis localizado em Camacan.
A polícia informou que entre as provas contra os acusados estão escutas telefônicas autorizadas pela justiça, depoimentos de testemunhas e imagens de câmara de segurança. Os disparos contra Marcos Rocha teriam sido feitos por Wellington Wadson. O assassinato foi no dia 24 de janeiro do ano passado, em frente a casa da vítima, em Camacan. Os criminosos fugiram numa moto.
Marcos Rocha era dono de fazendas  e tinha um supermercados no centro de Camacan. Ele foi prefeito de Pau Brasil em 1992, ao substituir Acácio Chaves Cardoso, que era o titular do cargo e foi assassinado a tiros. Marcos Rocha chegou a ser apontado como mandante, mas a polícia não conseguiu provas para incriminá-lo.

BANHO DE LUZ NA SOARES LOPES

Tempo de leitura: < 1 minuto

Nova iluminação da Avenida Soares Lopes, em Ilhéus || Foto Clodoaldo Ribeiro

Um dos principais cartões postais de Ilhéus, a Avenida Soares Lopes ganhou um “banho de luz” com novo projeto de iluminação inaugurado ontem (27), véspera de aniversário do município. O novo sistema é composto de 60 postes e 120 luminárias de LED que torna ainda mais segura a movimentação noturna em um dos pontos de maior fluxo diário de pessoas do município sul-baiano. Ilhéus completa 484 anos de fundação nesta quinta (28).

Back To Top