skip to Main Content
18 de janeiro de 2021 | 06:00 pm

MP-BA DÁ 20 DIAS PARA COELBA ACABAR COM LONGAS FILAS PARA PAGAMENTO DE CONTAS

Tempo de leitura: 1 minuto

Clientes da Coelba enfrentam longas filas em todo o estado

O Ministério Público da Bahia solicitou, nesta quarta-feira (11), informações da Coelba sobre a interrupção do contrato da companhia elétrica com a Caixa Econômica Federal. O MP-BA que saber também quais os planos da concessionária de energia elétrica para melhorar o atendimento nos pontos de recebimento de conta e deu prazo de 20 dias para seja resolvidos os problemas das longas filas em quase todo o estado.
Desde o início do mês passado que os consumidores de municípios como Itabuna, Ilhéus, Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Lauro de Freitas, Santo Antônio de Jesus, Brumado, Porto Seguro, Eunápolis, Alagoinhas, Teixeira de Freitas, Jequié e Camaçari sofrem com as longas filas nos novos pontos de recebimento de conta de luz da Coelba.
Em Itabuna, por exemplo, os consumidores enfrentam longas filas, todas as manhãs, nos poucos pontos credenciados para o recebimento da conta de luz. O mesmo ocorre em cidades como Feira de Santana, Vitória da Conquista e Ilhéus, onde os clientes precisam esperar mais de duas horas para quitar a conta de consumo.
A Coelba alega que o recebimento das contas nas lotéricas foi interrompido porque a Caixa queria reajustar em 54% o valor cobrado por fatura arrecadada. De acordo com a concessionária de energia elétrica, esse aumento inviabilizou a manutenção do convênio e, que por isso, precisou montar uma nova rede para recebimento das contas.

Esta publicação possui 0 comentários
  1. Para uma quantidade pouquíssima é “privilégiada” pagar conta da Coelba via caixa eletrônico e internet sem passar pela agressão contra a cidadania da humilhação e
    constrangimento sob sol,chuva e frio e longas horas numa fila na Bahia,é Bahia dos
    baianos, é o lugar dos mesmos? Hospitais humilhação,Escolas e Segurança Idem!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top