skip to Main Content
4 de julho de 2020 | 04:46 am

CABEÇA ISIDORO LANÇA CAMPANHA PARA GRAVAÇÃO DE DVD

Tempo de leitura: 3 minutos

Cabeça lançará DVD dos 20 anos de carreira || Divulgação

Tacila Mendes
Admiradores da extensa e singular obra do cantor e compositor ilheense, Cabeça Isidoro, já podem garantir sua marca nos créditos contribuindo para a gravação do DVD “Amor, Política e Ozadia’, o mais novo espetáculo do artista. A campanha visa captar R$ 6 mil, segue até o dia 03 de setembro e está sendo realizada por meio de livro de ouro – diretamente com a produção (73 98221-3213) – e pela internet, onde pode ser usada a opção de cartão de crédito goo.gl/rfKrFg. Os colaboradores, além de fazer o show acontecer, ganharão brindes especiais.

O espetáculo musical ‘Amor, Política e Ozadia’, será realizado dia 06 de setembro, no Teatro Municipal de Ilhéus, quando o músico, cantor, compositor, multi-instrumentista, construtor de instrumentos sonoros alternativos, ator, produtor cultural e educador musical vai apresentar 20 músicas do seu repertório autoral para celebrar seus 20 anos de carreira. Músicas do artista podem ser ouvidas neste link.

Canções que marcaram sua obra, em projetos como as bandas Dr. Imbira, Improviso Nordestino, Crime Organizado, o espetáculo ‘Ensaio sobre uma tal democracia’, além de trilhas sonoras do grupo Teatro Popular de Ilhéus, são algumas das memoráveis execuções da noite do show. E ainda, o irrequieto artista guarda surpresas com canções inéditas que serão executadas com a banda Os Inflamáveis – composta por Mailton Figueredo (baixo), Pablo Lisboa e Guilherme Pessoa (guitarras) e Lula Soares Lopes (bateria).

Ao estilo trovador contemporâneo, Cabeça traz várias vertentes – como rock, cantoria, samba, jazz, baião, música clássica, marchinha e ijexá, propondo um conceito batizado por ele como MBP – Música Brasileira Progressiva. A direção artística do show é da diretora de teatro e atriz graduada pela UFBA, Iara Colina, com figurino de Roney George (que também assina o cenário) e Shicó do Mamulengo.

“Acho que é de extrema ousadia propor promover nossas músicas autorais nos dias de hoje. Às vésperas dessas ‘bodas’ encontrei um ambiente colaborativo, com gente de diferentes expertises que topou sonhar junto e trabalhar para fazer uma noite memorável. Neste show, quase literalmente, abro o peito e escancaro minhas criações para o público, celebrando por meio das 20 músicas, as mais de 400 que já criei”, comenta Cabeça.

Este será o seu primeiro DVD. O registro do show, além de celebrar as duas décadas de intensa criação musical, visa à promoção do artista e de sua obra. Além das mídias de DVD, o vídeo da apresentação e as músicas também estarão disponíveis em plataformas na internet, para ampla apreciação do público.

Sobre Cabeça Isidoro –  Músico, cantor, compositor, multi-instrumentista, ator, produtor cultural, diretor musical, educador musical e construtor de instrumentos sonoros alternativos. Integrou a banda Improviso Nordestino – que propunha um passeio pelo universo do Movimento Armorial e do Cancioneiro Popular, de 2008 a 2015. Participou da banda Mulheres em Domínio Público, em 2012, em proposta de releituras de músicas de domínio público típicas do Sul da Bahia. Integrou a banda Crime Organizado, no estilo Música Brasileira Progressiva, de 2013 a 2016. Participa da banda Dr. Imbira desde 1998, levando rock e blues autorais em diversas atuações na região. Desde 2016, se apresenta com o espetáculo musical autoral Ensaio Sobre uma Tal Democracia, que traz, como tema central, o uso, abuso e desuso da democracia no cenário político atual brasileiro, com circulação por diversas cidades do interior da Bahia. Participou em duas edições do Aleluia Ilhéus (2014 e 2016), bem como do Réveillon de Ilhéus organizado pela prefeitura, em 2017. Já tendo gravado CDs com as bandas Dr.Imbira e Improviso Nordestino.
Como compositor, foi cinco vezes premiado no Festival Multiarte Firmino Rocha (2009-2011). Compositor e diretor musical do grupo Teatro Popular de Ilhéus (BA) desde 2006, Cabeça Isidoro criou as trilhas sonoras dos espetáculos Lampiaço, o Rei do Cangão (2004), Os Fuzis da Senhora Carrar (2005 e 2017), Calix Bento (2005), O Auto do Boi da Cara Preta (2007), Teodorico Majestade, as ultimas Horas de um Prefeito(2009), Nazareno contra o dragão da maldade (2010), Vida de Galileu (2010), O Inspetor Geral (2011), Lendas da lagoa encantada (2012), 1789(2013) e Medida por Medida (2015). Compôs e executou ao vivo a trilha do espetáculo de dança Corpos dóceis, marionetes do sistema (2015), bem como do espetáculo Carranca (2018), da Cia. Mistura, ainda em cartaz. É criador do Cine Incidental, em cartaz desde (2010), proposta em que cria e executa novas trilhas sonoras para filmes mudos, a exemplo de Dia de Pagamento, de Charles Chaplin.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top