skip to Main Content
29 de março de 2020 | 09:49 pm

OPERAÇÃO DO MP-BA AFASTA CINCO VEREADORES DE ITAPÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Cidade foi despertada com operação na Câmara de Vereadores

O Ministério Público Estadual (MP-BA) e a Polícia Militar deflagraram operação, na manhã desta terça-feira (16), em Itapé, no sul da Bahia, que resultou no afastamento de cinco vereadores. O MP-BA investiga denúncias de desvios de dinheiro do legislativo para favorecer grupo de vereadores. O promotor público Inocêncio Carvalho comandou a operação.
A investigação começou no primeiro semestre deste ano, quando um dos vereadores afastados denunciou o presidente da Câmara, Nilton Rosa Pinto, o Neguinho de Maria Rosa (PP), acusado de falsificar assinatura de um dos membros da Mesa Diretora da Câmara em dois cheques.
O presidente já estava afastado desde julho. Agora, foram afastados mais quatro vereadores: Klebson de Jesus Santos, Cledson Gomes Alves, Agnaldo Santos Filho e Eduardo Coelho. Apurou-se que foram feitas transferências diretas de dinheiro da conta da Câmara de Vereadores para a conta do presidente da Casa, afastado por 120 dias, e dinheiro público foi usado para reforma de residência de vereadores, segundo a TV Santa Cruz. O município tem 9 vereadores, agora com cinco deles afastados.
Atualização às 15h40: O site errou ao citar o nome do vereador Daniel de Chaves entre os afastados pela Justiça. Ele não é investigado nem foi afastado do mandato. Pelo erro, lamentável, pedimos desculpas.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top