skip to Main Content
18 de fevereiro de 2020 | 02:55 am

FÓRUM REÚNE PIB SUL-BAIANO EM COMANDATUBA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Fórum reuniu nomes do PIB sul-baiano em Comandatuba

Alguns dos principais nomes do PIB sul-baiano se reuniram, neste final de semana, no Fórum Empresarial da Bahia, no Resort Transamérica, em Comandatuba, Una, para discutir política, economia, gestão empresarial e responsabilidade social. Neste ano, o fórum discutiu o capitalismo consciente.
Palestrantes da área e grandes nomes empresariais da região apresentaram painéis ou abordaram temas diversos durante o fórum. Dentre os conferencistas, o médico oftalmologista Antônio Nogueira abordou a trajetória até decidir empreender fundando o Cenoe Hospital de Olhos em Ilhéus, que hoje também possui unidades em Porto Seguro e Jequié.
Antônio Nogueira fez uma palestra com o tema “Crescendo na crise”. O médico destacou os principais desafios para conseguir manter uma estrutura em tempos de recessão econômica. Antônio evidenciou a importância de se manter motivado e de buscar meios para poder driblar momentos difíceis.

PLÁGIO NO ENEM: QUESTÃO DE MATEMÁTICA JÁ HAVIA SIDO APLICADA EM VESTIBULAR DA UFPR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Questão já havia sido aplicada em vestibular da UFPR

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou hoje (12) que uma das questões da prova de Matemática e suas Tecnologias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 foi anulada por já ter sido usada em um vestibular da Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 2013, descumprindo os requisitos de ineditismo e sigilo do exame.
“A questão foi elaborada em 2012 para o Inep, por um professor que, à época, estava vinculado à UFPR. No entanto, posteriormente, em 2013, a questão foi utilizada no vestibular da própria Universidade, para ingresso em 2014, o que não deveria ter ocorrido”, informou o órgão por meio de comunicado à imprensa.
Segundo o Inep após constatar a repetição, o Ministério da Educação (MEC) instaurou uma sindicância para apurar responsabilidades, que pode resultar em processos administrativo, cível e até criminal.
O reitor da UFPR, Ricardo Fonseca, colocou a Instituição à disposição para colaborar com a apuração. A Universidade tem um Acordo de Cooperação Técnica assinado com o Inep para integrar o processo de elaboração e revisão de itens do Banco Nacional de Itens (BNI).
A questão anulada tem número diferente a depender do caderno de prova do Enem 2018. Nos cadernos amarelo, laranja e verde, é a número 150. No caderno Azul, 163, no Cinza, 170 e no Rosa, 180. Com informações da Agência Brasil.

ITABUNA E OUTROS 30 MUNICÍPIOS DEVEM FICAR EM ALERTA CONTRA FEBRE AMARELA

Tempo de leitura: 2 minutos

Municípios devem ficar em alerta contra a febre amarela

O Ministério da Saúde divulgou, nesta segunda-feira (12), uma série de recomendações aos estados e municípios para tentar evitar que ocorra o aumento de casos de febre amarela neste final de ano. As orientações são para que municípios como Itabuna, Ilhéus, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Coaraci, Canavieiras, Ibicaraí, Itacaré, Itajuípe e Floresta Azul vacinem as pessoas que vão viajar para áreas de risco.
O Ministério da Saúde recomenda que a rede de serviços de saúde de vigilância epidemiológica dos municípios antecipe a resposta e previna a ocorrência da febre amarela. As autoridades de saúde nos municípios da Área com recomendação de Vacina (ACRV) devem avaliar a cobertura de vacinação e imunizar as pessoas (com idade a partir de 9 meses) antes do período sazonal da doença.
As autoridades locais devem ainda orientar viajantes com destino à ACRV sobre a importância da vacinação preventiva (pelo menos 10 dias antes da viagem), sobretudo aqueles que pretendem realizar atividades em áreas silvestres ou rurais; sensibilizar instituições e profissionais dos setores de saúde e extra saúde (meio ambiente, agricultura/pecuária, entre outros) sobre a importância da notificação e investigação da morte em macacos.
De acordo com o Ministério da Saúde, no sul da Bahia, as medidas para prevenção da febre amarela devem ser adotadas por mais de 30 municípios classificados como da Área com recomendação de Vacina. Além de Itabuna, Ilhéus, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Coaraci, Canavieiras, Ibicaraí, Itacaré, Itajuípe, Floresta Azul, as orientações devem ser adotadas pelas autoridades em Almadina, Arataca, Aurelino Leal, Firmino Alves e Mascote.

Leia Mais

OPEN INSERE ILHÉUS EM CALENDÁRIO INTERNACIONAL DE TIRO PRÁTICO

Tempo de leitura: 2 minutos

Open consolida Ilhéus em competições internacionais de tiro prático || Foto Rodrigo Macedo

Ilhéus entrou para o calendário internacional de tiro prático com a realização do III Open Ilhéus de IPSC, em novembro, atraindo atiradores nacionais e internacionais à região norte do município. O evento foi organizado pelo Clube de Tiro Dragão das Águas (CTDA). Para o diretor do CTDA, Carlos Kanthack, o torneio consolida Ilhéus no calendário de competições desta categoria e atrai competidores de destaque no Brasil e exterior.
Sediado em um local estratégico, na Rodovia BA-001 (Ilhéus-Itacaré), em um espaço seguro e com padrões exigidos para formação de instrutores de armamento, o evento permite o aprimoramento para profissionais da área, como policiais, delegados e juízes, além de fornecer capacitação técnica para atletas e amantes de arma de fogo, permitindo mais segurança nas práticas de utilização de armas.

Leia Mais

MAIS DE 240 MIL TURISTAS DEVEM PASSAR PELOS PORTOS DE ILHÉUS E SALVADOR NO VERÃO

Tempo de leitura: 2 minutos

Turistas começam desembarcar em Ilhéus e Salvador na segunda quinzena|| Foto Tatiana Azeviche

A chegada do navio MSC Fantasia no Porto de Salvador, na próxima segunda-feira (19), marca o início da alta temporada de cruzeiros marítimos na Bahia. A estimativa é que 240.957 turistas passem pelos portos da capital e de Ilhéus até 21 de abril de 2019. O incremento médio é de 7% em relação à temporada anterior, segundo a Secretaria Estadual de Turismo.
O desembarque de passageiros aquece a economia local e movimenta pontos turísticos nas proximidades do porto de Salvador, como o Mercado Modelo, o Elevador Lacerda e o Pelourinho, no Centro Histórico. Comerciantes do Mercado Modelo, por exemplo, têm boa expectativa. “O volume de vendas cresce em até 60%, principalmente no mês de janeiro”, afirma Abdala Abib Neto, proprietário de loja no andar térreo.

Leia Mais

FECHAMENTO DO CISO MOBILIZA COMUNIDADE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Estudantes e professores participaram de manifestação nos 50 anos do Ciso

Professores e alunos do Colégio Ciso fizeram manifestação, na tarde desta segunda (12), para que o governo baiano reavalie a decisão de encerrar o contrato de aluguel de salas de aula de uma das mais tradicionais escolas de Itabuna.
O contrato anual de R$ 144 mil permite à Família Brandão manter o colégio em funcionamento. Já em 2017, a Secretaria Estadual de Educação (SEC-BA) refez o contrato e provocou o fechamento das salas de aula no período noturno.
Após o PIMENTA veicular matéria sobre o fechamento do Ciso, a SEC-BA emitiu nota lacônica na qual não cita nem fala da possibilidade de manutenção do contrato com a escola. O colégio possui estrutura com salas de aula, auditório, quadras poliesportivas e piscinas.
O Ciso completa 50 anos de fundação nesta segunda (12).

APÓS REJEIÇÃO A VETO, FERNANDO TERÁ QUE PROMULGAR REFIS COM EMENDA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Charliane: emenda beneficia micro e pequenas empresas no Simples

Após deliberação do Legislativo itabunense na última semana, o prefeito Fernando Gomes terá que promulgar o Programa de Recuperação Fiscal (Refis 2018) com a emenda da vereadora Charliane Sousa (PTB). A emenda estende o Refis às empresas optantes pelo Simples Nacional, regime tributário diferenciado nacional, mas que engloba imposto municipal, a exemplo do ISS. A promulgação deve ocorrer em até 48 horas após recebimento da redação final.
Em Plenário, vereadores questionaram a eficácia de apreciar o veto parcial já que o Refis vale até 13 de novembro. Eles ponderaram, no entanto, que a derrubada do veto beneficiaria empresas que tenham sido prejudicadas. A decisão da Casa também abre precedência dado que refinanciamentos de débitos exigem aprovação legislativa para cada Refis anual.
Ao justificar o veto parcial (a sanção sem a emenda foi em 16 de julho), o prefeito itabunense informou que o Programa “não alcança tributos federais”, mas que o Refis “é aplicável a todos os contribuintes, sem distinção, inclusive às micro e pequenas empresas”. Agora, caso FG se recuse a publicar a lei emendada, a promulgação ficará a cargo do Poder Legislativo itabunense.

APLICATIVO DO MINISTÉRIO PÚBLICO VAI MAPEAR CASOS DE RACISMO NA BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Aplicativo vai ajudar a combater o racismo na Bahia

Casos de racismo sofridos ou testemunhados na Bahia poderão ser denunciados ao Ministério Público Estadual com mais agilidade e segurança pelo cidadão por meio do celular. As informações podem ser repassadas por meio do aplicativo “Mapa do Racismo” que estará disponível para qualquer pessoa que queira baixá-lo no telefônico móvel, a partir do próximo dia 19.
O ‘Mapa’ é uma iniciativa do Grupo de Atuação Especial de Proteção dos Direitos Humanos e Combate à Discriminação (Gedhdis), coordenado pela promotora de Justiça Lívia Vaz, e do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (Caodh), coordenado pela promotora de Justiça Márcia Teixeira.
A ferramenta do MP-BA trará informações que vão ajudar as pessoas a identificar casos de racismo e possibilitará o registro de denúncias anônimas de discriminação racial, intolerância religiosa, injúria racial e racismo institucional.Será possível enviar fotos, áudios, textos, vídeos e digitalizar documentos. O lançamento do evento será realizado na sede do MP no CAB, em Salvador, a partir das 9h.

Leia Mais

LOJISTA ESTIMA EM R$ 1,2 MILHÃO PREJUÍZO CAUSADO POR INCÊNDIO EM ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos

Incêndio destruiu lojas na Cinquentenário e no Calçadão

O empresário Antônio Carlos estima que o prejuízo com comprometimento da estrutura da loja e a perda de mercadorias e máquinas destruídas durante um incêndio na tarde de domingo (11), no centro de Itabuna, pode chegar a R$ 1,2 milhão. O proprietário da loja de produtos infantis, no Calçadão da Ruy Barbosa, contou que perdeu quase toda a mercadoria, incluindo as peças compradas para reforçar o estoque neste final de ano.
Há suspeitas de que o fogo tenha começado no depósito de uma loja de materiais de construção e ferragens, na Avenida do Cinquentenário, e se espalhado para o Calçadão da Ruy Barbosa. Mas somente a perícia que será feita nesta segunda-feira pelo  Departamento de Polícia Técnica poderá indicar onde o fogo começou e quais as causas do incêndio, que também atingiu parcialmente outras duas lojas na Ruy Barbosa.
HIDRANTE NÃO FUNCIONOU
As equipes do 5º Grupamento do Corpo de Bombeiros chegaram aos imóveis 20 minutos depois do início do incêndio, mas tiveram o trabalho dificultado porque o hidrante mais próximo das ocorrências não funcionou. O problema teria ocorrido por falta de manutenção do equipamento de segurança. O incêndio foi controlado 3 horas depois do início, por volta das 17 horas.
A Emasa informou que vai iniciar ainda nesta semana a manutenção de todos os hidrantes instalados na Avenida do Cinquentenário. Disse ainda que assim que foi acionada enviou carros-pipa para abastecer os caminhões do Corpo de Bombeiros.

POR DECRETO, MARANHÃO GARANTE ESCOLA COM LIBERDADE E SEM CENSURA

Tempo de leitura: 2 minutos

Ex-juiz federal, Dino é governador reeleito do Maranhão || Foto Fábio Pozzebom/AB

Na véspera da votação do projeto Escola sem Partido na Câmara dos Deputados, o governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino, editou decreto garantindo Escolas com Liberdade e sem Censura no estado. O decreto faz oposição ao projeto, defendido pelo presidente eleito Jair Bolsonaro.
O texto assegura que todos os professores, estudantes e funcionários são livres para expressar os próprios pensamentos e opiniões na rede estadual do Maranhão.
O decreto estipula ainda que a secretaria estadual de Educação deve promover campanha de divulgação nas escolas sobre as garantias constitucionais e previstas em lei de “liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber”.
O governador maranhense usou o Twitter para divulgar a edição do decreto. “Falar em Escola Sem Partido tem servido para encobrir propósitos autoritários incompatíveis com a nossa Constituição e com uma educação digna”.
Pelo decreto fica proibido no ambiente escolar cercear opiniões por meio de violência ou ameaças; calúnia, difamação, injúrias e outros atos infracionais; e qualquer pressão ou coação que represente violação aos princípios constitucionais de liberdade no ambiente escolar.
Por fim, o texto estabelece que professores, estudantes ou funcionários somente poderão gravar vídeos ou áudios durante as aulas e demais atividades de ensino com a autorização de quem será filmado ou gravado.
ESCOLA SEM PARTIDO
Projetos de lei com conteúdos semelhantes tramitam tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado. Para amanhã (13) está agendada a votação do projeto na Câmara. A proposta é incluir entre os princípios do ensino o respeito às convicções do aluno, de seus pais ou responsáveis, dando precedência aos valores de ordem familiar sobre a educação escolar nos aspectos relacionados à educação moral, sexual e religiosa.
O projeto estabelece que as escolas tenham cartazes com deveres do professor, entre os quais está a proibição de usar sua posição para cooptar alunos para qualquer corrente política, ideológica ou partidária. Além disso, o professor não poderá incitar os alunos a participar de manifestações e deverá indicar as principais teorias sobre questões políticas, socioculturais e econômicas.
O Escola sem Partido é polêmico. Por um lado, os defensores dizem que professores e autores de materiais didáticos vêm se utilizando de suas aulas e de suas obras para tentar obter a adesão dos estudantes a determinadas correntes políticas e ideológicas.
Já os críticos dizem que as leis atuais já impedem qualquer tipo de abuso por parte dos professores e que um projeto como o Escola sem Partido vai gerar insegurança nas salas de aulas e perseguição aos docentes.
Após as eleições, a deputada estadual eleita pelo PSL, mesmo partido de Bolsonaro, Ana Caroline Campagnolo, fez uma publicação nas redes sociais incentivando que estudantes gravassem as aulas e denunciassem, por meio de um canal criado por ela, professores que fizessem manifestações contrárias ao presidente eleito. A Justiça determinou que ela retirasse a publicação das redes. Da Agência Brasil.

Back To Top