skip to Main Content
4 de abril de 2020 | 09:10 am

BOLSONARO ANUNCIA GENERAL PARA DEFESA; EX-MINISTRO DE DILMA VAI PARA O BNDES

Tempo de leitura: < 1 minuto

Fernando Azevedo e Silva vai para a Defesa || Foto José Cruz/Agência Brasil

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, anunciou hoje (13), por meio das redes sociais, o nome do general de Exército Fernando Azevedo e Silva para o cargo de ministro da Defesa. A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno.
Há uma semana, no entanto, Bolsonaro confirmou o nome de Augusto Heleno para o Gabinete de Segurança Institucional. Azevedo e Silva foi chefe do Estado Maior do Exército e comandante da Brigada Paraquedista antes de ir para a reserva.
JOAQUIM LEVY
Ontem, o presidente eleito confirmou Joaquim Levy na presidência do BNDES. Levy foi ex-ministro da Fazenda no Governo Dilma Rousseff e também ocupou o cargo de secretário do Tesouro no primeiro Governo Lula.

Este post tem um comentário
  1. Qualquer homem e mulher honrada participar de um governo deste,é um grande feito à Nação brasileira ou o povo brasileiro(a).
    O que sempre falei e o que pensa este comentarista,quem se junta ao PT ou com ele
    participa de “governo” são gente mau caráter,de duas uma,ou já é um ladrão o tá querendo roubar.
    A diferença é muito simples,até os cegos,mudos e surdos sabem,infelizmente tantos que enxergam,ouve e falam,mas são excepcionais ou cometido por microcefalias que não sabe diferenciar o honesto e o ladrão, o bem e o mau,o mentiroso e aquele que não mente,até mesmo,o cocô do coco e come os dois.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top