skip to Main Content
10 de abril de 2020 | 02:41 pm

DEPUTADO COBRA ABERTURA DO HOSPITAL MATERNO-INFANTIL EM ILHÉUS; SESAB NÃO SE PRONUNCIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Pedro Tavares cobra promessa feita pelo governo baiano

O deputado estadual Pedro Tavares (DEM) cobrou uma promessa feita ainda em dezembro de 2017 pelo governador Rui Costa e o secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas: a construção do Hospital Materno-Infantil de Ilhéus. A unidade médico-hospitalar funcionaria, conforme a promessa, na estrutura do antigo Hospital Regional Luiz Viana Filho, na Conquista, que foi desativado com a inauguração do Costa do Cacau, na BR-415, há mais de um ano.

Perspectiva da fachada do Hospital Materno-Infantil de Ilhéus

A estrutura do antigo Regional seria reformada e requalificada para dar espaço ao Hospital Materno-Infantil, com a promessa de inauguração ainda em 2018. Quase 15 meses depois, a unidade materno-infantil não saiu do papel.

– Ilhéus merecia ter não só o Hospital da Costa do Cacau, mas também o Hospital Regional. Já que isso não foi possível e que foi prometida a reforma para implementação do Hospital Materno-Infantil fica aqui a minha cobrança ao Governo do Estado para que seja informado a população, quando essa obra será entregue. O que eu quero é que a população não sofra por falta de assistência médica e por falta de saúde – discurso Tavares na Assembleia Legislativa.

OUTRO LADO

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia foi procurada pelo PIMENTA  no início da manhã desta quarta (13), por telefone e email. Até o fechamento desta nota, a Sesab, por meio de sua assessoria de comunicação, não deu retorno sobre o andamento do projeto do Hospital Materno-Infantil nem se existe prazo para início da obra.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top