skip to Main Content
6 de maio de 2021 | 04:32 am

PEDIDOS DE RECURSO E REVISÃO DO INSS PASSAM A SER FEITOS PELA INTERNET

Tempo de leitura: 2 minutos

Pedido de recurso e revisão agora somente pela internet no INSS || Foto Antonio Cruz/AB

Desde esta segunda-feira (13) os pedidos de revisão de valor do benefício, de recursos e de cópia de processos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderão ser feitos apenas pela internet, no Meu INSS, ou pelo telefone 135.

A estimativa do INSS é que atualmente esses serviços levem mais de 70 mil pessoas por mês às agências. Com as solicitações feitas pela internet ou telefone, o órgão espera melhorar o atendimento ao público e poupar trabalho e gastos aos cidadãos que precisam se descolar em busca de uma agência do órgão.

A mudança faz parte do projeto de transformação digital implantado pelo INSS para ampliar a oferta de serviços digitais.

COMO ACESSAR

Meu INSS é acessível por meio de computador ou celular. Para usar o serviço é preciso se cadastrar e obter uma senha no próprio site. Também é possível obter a senha no internet banking de instituições da rede credenciada que são Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, Itaú, Mercantil do Brasil, Santander, Sicoob e Sicredi. Em caso de dúvida, basta ligar para o 135.

Para acessar os serviços de cópia de processo, revisão e recurso basta ir em Agendamentos/Requerimentos, escolher o requerimento ou clicar em Novo Requerimento, atualizar os dados caso seja pedido e, em seguida, escolher a opção Recurso e Revisão ou Processos e Documentos. Este último é para aqueles que buscam uma cópia de processo.

Este post tem um comentário
  1. Essa coisa rotulada de virtual não adianta nada porque o que interessa, que é obter uma resposta do INSS, vai continuar demorando uma eternidade. Era assim presencialmente, vai continuar sendo pela internet. É como trocar seis por meia-dúzia. O autodenominado Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) tem um déficit de, no mínimo, 10 mil funcionários. É gente que se aposentou de 2018 para 2019 com medo de ser prejudicado pela chamada reforma da previdência (farinha pouca, meu pirão primeiro…). Tem gente de menos para analisar e processo demais para ser analisado. Essa demora, se prejudica a grande massa de contribuintes, pode beneficiar a elite de dirigentes públicos ávida para que essa massa caia nas garras das novas regras da previdência, usurpando milhões de reais do trabalhador em benefício do governo. Quem achar que isso é mentira ou exagero que procure quem está na fila de processos aguardando uma simples resposta para aposentadoria ou benefício. Vá!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top