skip to Main Content
21 de junho de 2021 | 12:49 pm

MP APERTA O CERCO ÀS DIVISÕES DE BASE DE TIMES DA CAPITAL BAIANA

Tempo de leitura: < 1 minuto

MP baiano aperta o cerco em divisões de base de times baianos

Da Coluna Satélite, do Correio

As divisões de base dos quatro maiores times de futebol de Salvador viraram novamente alvos do cerco montado pelo Ministério Público do Estado (MP) para investigar as condições de adolescentes que atuam como atletas no Bahia, Vitória, Galícia e Ypiranga.

No último dia 30, o MP decidiu instaurar inquéritos civis com objetivo de dar seguimento às apurações sobre os níveis de segurança em espaços que abrigam jogadores dos clubes baianos com até 18 anos, distribuídos em quatro categorias: sub-14, sub-15, sub-17 e sub-20.

A ação coordenada pela 3ª Promotoria de Justiça da Infância e Adolescência da Capital foi iniciada em fevereiro, no rastro da tragédia no Ninho do Urubu,  onde um incêndio provocou a morte de dez atletas do Flamengo.

CARTÃO AMARELO

À época, o MP anunciou que iria vistoriar o Fazendão, a Toca do Leão e as instalações do Galícia e Ypiranga. Dos quatro, o Bahia foi o único a realizar obras completas de requalificação e segurança contra incêndio nos alojamentos da base, concluídas há quatro meses. Confira mais aqui.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top